Inovar no segmento dos negócios é um dos maiores desafios para quem deseja empreender. No Brasil, um estudo do programa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) apontou um aumento do empreendedorismo por oportunidade no país. Entre os novos empreendedores brasileiros, 61,8% disseram que abriram o próprio negócio por ter identificado uma oportunidade de mercado. Outros transformaram sonhos em negócios, propósito de vida em uma filosofia.

Confira as histórias desses empresários e se inspire!

Tânia Zambon, a coach número 1 de equipes no Brasil e referência na área de estratégia de negócios, gestão empresarial e progresso de pessoas

Tânia trabalhou com reabilitação e em UTIs por 20 anos. Lidava com a morte diariamente, e sempre ouvia histórias de pacientes arrependidos por não terem levado a vida que queriam. Para lidar melhor com esses momentos difíceis, se especializou em Neurociência e Psicologia.

Mas não se sentia feliz. Estudou negócios e coaching fora do país, com nomes como Joseph O'Connor e Tony Robbins. “Fiquei três anos juntando tudo que eu ganhava em estudos. E o que aprendia lá fora, ensinava aqui.” Com a agenda em crescimento, Tânia fundou o Instituto que leva seu nome, para promover os cursos e treinamentos na área de desenvolvimento pessoal e profissional. A grande virada na carreira, aponta, foi em 2015: ela foi convidada a dar treinamento em equipe no Projac, onde ficam os Estúdios Globo, em Jacarepaguá, Zona Oeste no Rio.

E decidiu trocar o frio do Sul pelas praias cariocas. "As pessoas começaram a me olhar com respeito". Atualmente a especialista em estratégia empresarial que já levou mais de 300 empresários brasileiros para descobrir o segredo do sucesso de gigantes como Google, Apple, Facebook e Amazon no Vale do Silício, acrescenta: “Lá fazemos planejamento estratégico – um exercício que apenas 6% das empresas brasileiras praticam - planejamento financeiro e plano de marketing. Tudo de forma exponencial.

Acabou a época do amadorismo, os empreendedores precisam buscar conhecimento não só na academia, mas, também, junto aos melhores especialistas”. Ela ainda defende que é empreender é fácil, o problema é alcançar um crescimento sustentável em tempos de economia instável, que será um dos temas do Celebration Power Life 2019, maior evento de transformação de equipes da América Latina que acontece em outubro em Gramado, no Rio Grande do Sul, liderado por ela.

Leia também: Tome nota de 8 restaurantes para visitar no Valle Nevado

Tânia Zambon
Divulgação
Tânia Zambon


Giuliano Pilagallo, empresário e criador do Smart Moov 

Desde criança o executivo é um aficionado por descobrir como as coisas funcionam. Ex-piloto de kart, sempre teve uma queda por automóveis. Com os passar dos anos se tornou empreendedor e abriu um restaurante na Ópera de Arame, em Curitiba, sua terra natal.

Ele viu que a distância de 800 metros que separava a entrada de um dos principais pontos turísticos da cidade do seu estabelecimento, o impedia de atender esse grande público. Depois de pensar, planejar, rabiscar daqui e dali, nasceu o Smart Moov, único veículo de energia autônoma do mercado brasileiro capaz de gerar, acumular e distribuir energia durante 8 horas sem interrupções.

Trata-se de um carro elétrico movido a baterias ou placas solares, com controle de comando. Menor do que um foodtruck, o SmartMoov pode circular em ambientes abertos e fechados, além de rodar na rua ou calçada sem restrições. Por ser 100% elétrico, é um veículo sustentável e seu funcionamento ocorre através de energia limpa e renovável, não poluindo o meio ambiente.

Seu design foi inspirado nos mais modernos carros de formula Indy no mundo, o que o torna atrativo e um mini outdoor para o negócio. O espaço visual nas laterais do carro, além do frontlight e a iluminação led integrados ao veículo, oferecem uma melhor visualização e divulgação da marca. A ideia é que o formato possa funcionar como um quiosque em shoppings, em eventos, na rua ou em outros locais de grande fluxo de pessoas. “Unir a paixão por carros a uma inovação nos negócios era um sonho”, conta Pilagallo.

Leia também: Gastar pouco durante uma reforma é possível?

Giuliano Pilagallo
Divulgação
Giuliano Pilagallo


Guilherme Machado, criador do Instituto Quebre as Regras apresenta a reconstrução das vendas 

Guilherme Machado, CEO e fundador do Instituto Quebre as Regras, tem uma característica única que potencializa o melhor de cada um. Idealizador de uma metodologia específica para transformar empresários em empreendedores, sua proposta é que o lado humano seja aprofundado e, só a partir daí, a confiança vem.

O especialista acumula mais de 20 anos de experiência no mercado de vendas – passando por todas as etapas. Já foi corretor de imóveis, gestor, empresário do setor de imobiliário e há sete anos se dedica exclusivamente à capacitação dos profissionais de venda por meio de uma técnica inovadora.

É o fundador do Instituto Quebre As Regras - a única escola de empreendedorismo do mercado imobiliário da América Latina - que já impactou a vida de mais de 4 milhões de profissionais.

“Nesses anos de mercado pude ver que todos sonham em ser a nova empresa de 1 bilhão de dólares, o novo unicórnio. Pra mim, essa nova empresa não está no desenvolvimento do produto ou serviço mais inovador ou no uso da tecnologia mais moderna, mas sim na busca por tornarem os negócios mais humanos. Esse é o ponto chave da confiança e, consequemente, da alavancagem dos resultados em vendas”, afirma Machado.

O empreendedor e especialista em vendas, que tem gerado o caos no mercado, afirma que a confiança é fundamental para que a jornada de compra do cliente seja mais curta e com maior taxa de conversão

Leia também: Estilo Camp: YAY or NAY?

Guilherme Machado
Divulgação
Guilherme Machado



Felipe Passos e Alessandro Ribeiro, fundadores da Forte Florestal

A empresa surgiu do encontro entre o economista, Felipe Passos e do engenheiro florestal, Alessandro Ribeiro. Ambos sempre gostaram muito de natureza e também sempre tiveram o desejo de empreender.

E foi dessa união que nasceu a Forte Florestal, uma empresa especializada na produção e gestão de madeiras para serraria como Mogno Africano, Teca e Jequitibá Rosa. “Eu sempre fui um grande admirador de móveis de madeira, olhar a natureza e saber o que pode ser criado é encantador”, conta Passos que deixou um emprego de mais de uma década no mercado financeiro para ir atrás do seu sonho.

Já Ribeiro, cresceu em fazendas e não se via fazendo outra coisa fora desse universo “Buscava uma oportunidade para implantar meu sonho de produzir um polo de madeira”, explica. Fundada em 2012, a Forte Florestal já conta com mais de 40 investidores com um só propósito: ter um investimento rentável de longo prazo atrelado ao bem e à preservação da natureza. “Mais do que o retorno financeiro, nós buscamos atender a um propósito de vida dos investidores, criando um ciclo de vida que se renova sempre, por meio de um negócio que envolva toda a família, dando um exemplo de preservação ambiental para as futuras gerações, além de beneficiar a natureza por meio da preservação das matas nativas no projeto”, diz Passos. 

Leia também: 4 drinks exóticos para tomar em Miami e NY e 1 restaurante sazonal em Portugal

Felipe Passos e Alessandro Ribeiro
Divulgação
Felipe Passos e Alessandro Ribeiro


Alessandra Lippel – futurista e fundadora do canal Limão ou Limonada no YouTube

Alessandra Lippel é um exemplo de profissional com carreira multipotencial na intersecção entre as áreas de inovação, entretenimento e varejo. Fez a junção das profissões que mais amava e hoje consegue desempenhá-las à frente do seu canal no YouTube, plataforma de conteúdo e aprendizagem que explora temas ligados ao futuro do trabalho, empreendedorismo e inovação, utilizando o entretenimento como ferramenta educativa.

Empreendedora, diretora criativa, atriz e compositora, reúne em suas habilidades também o potencial de desenvolver palestras e workshops para pessoas e empresas. Paralelamente a carreira empreendedora, Alessandra já atuou como atriz de teatro infantil, se formou em canto para Teatro Musical com o Maestro Marconi Araújo, além de já ter criado e participado de iniciativas de conteúdo para a televisão no início dos anos 2000. Formou-se em Publicidade e Propaganda pela Universidade Católica de Campinas e durante o início de sua carreira atuou como executiva em grandes empresas de varejo.

Foi fundadora da Vitamina Group empresa com mais de 15 anos de atuação e cofundadora da Fotossíntese Lab de Inovação em comunicação. Hoje, Alessandra reúne suas multipotencialidades para transformar limões em limonadas e para contribuir com reflexões acerca do futuro.

Leia também: 4 lugares próximos a São Paulo para passar as férias com as crianças

Alessandra Lippel
Divulgação
Alessandra Lippel








Shane Young – cofundador do Studio Velocity

O Studio Velocity é primeiro e maior estúdio especializado em bike indoor do Brasil. O neozelandês e residente no Brasil há mais de 8 anos, veio em busca de agregar e revolucionar positivamente a vida das pessoas através de experiências únicas dentro do mundo fitness.

Sempre muito visionário, lançou o studio em 2014 já com o objetivo de revolucionar o segmento, e foi responsável pelo pioneirismo em studios boutique voltados para bike indoor, no Brasil. O movimento Velocity, também conhecido como indoor cycling, traduz os conceitos de meditação em cima de uma bike, com ambiente especial trabalhado em músicas, focado no resgate da autoestima e sobretudo no bem estar mental dos alunos.

Shane destaca uma atenção especial aos alunos que encontram no studio uma verdadeira terapia para curarem os seus problemas, por identificarem melhora dos resultados físicos, emocionais e produtivos do indivíduo. O empresário também é multidisciplinar, já atuou como gerente de projetos e analista de investimentos em um fundo imobiliário no Brasil durante dois anos. Envolveu-se em um grande projeto de investimento em hotéis, composto por investidores institucionais brasileiros e americanos, onde teve como objetivo levar hotéis de médio porte e voltados para negócios para grandes cidades satélites em todo o Brasil.

Antes dessa posição, Shane trabalhou como analista de investimentos para a BDO em Brisbane, na Austrália, por quatro anos. Em 2017 lançou o Kore, marca pertencente ao grupo Velocity, que se resume a treinamento funcional focado, permitindo aos usuários obter resultados significativos no menor tempo possível. Suas habilidades giram em torno de estratégias de crescimento, de marca e marketing, sempre buscando inovação e a baixos custos.

Leia também: 10 maneiras de gastar menos nas férias

Shane Young
Divulgação
Shane Young



Tarcisio Maia, Felipe Pugliesi e João Brandão – fundadores do Amani Restaurante

A frente do Amani Restaurante, os sócios e amigos Tarcísio Maia, Felipe Pugliesi e João Brandão atuam na casa especializada na culinária árabe, fundada em 2016, e que oferece receitas saborosas em um ambiente sofisticado, com mesas e sofás distribuídos em quase 800 metros quadrados, e uma vista privilegiada. Futebol e gastronomia é a paixão de muitos brasileiros, e os amigos não fogem a regra. Sendo assim, uniram esses dois amores em um só! Além de abrirem o próprio negócio, sonho em comum desde que eram crianças.

Localizado na área dos camarotes do Estádio Cícero Pompeu de Toledo, do São Paulo Futebol Clube, na capital paulista, o restaurante oferece uma experiência sensorial completa, já que os clientes têm a oportunidade de se deliciarem com o menu e, ao mesmo tempo, terem uma vista panorâmica do campo de futebol do Morumbi, um icônico estabelecimento da cidade, palco de partidas históricas e shows de celebridades, como das bandas Queen, Kiss e U2, Clara Nunes e da lenda do pop, Michael Jackson.

Em dias sem jogos, o restaurante fica aberto ao público, e não precisa ser associado para entrar no estabelecimento, que conta com estacionamento gratuito. Nos dias de jogos, o Amani Restaurante se transforma em um camarote, com pacotes fechados que inclui o ingresso, comida e bebidas. O local oferece espaço kids que aos finais de semana contam com monitores, e um menu executivo durante a semana no horário do almoço. “Sempre atuei na área esportiva e gerir um restaurante dentro de um estádio é algo surreal, a realização de um sonho”, explica Maia.


    Veja Também

      Mostrar mais