Tamanho do texto

Confira também outras mulheres que já provaram que ter marcas é normal

A modelo plus size Diana Sirokai, de 22 anos, já chamou atenção de muita gente nas redes sociais ao denunciar as fotos editadas  que circulam na internet e ao reproduzir ensaios de mulheres dentro do padrão estético que costuma ser exigido pela sociedade. Já nesta semana, voltou a ganhar milhares de likes falando sobre uma característica bem comum nas mulheres: a celulite.

Com celulite, Diana Sirokai já chamou atenção de muita gente na web ao denunciar as fotos editadas que circulam
Reprodução/Instagram/dianasirokai
Com celulite, Diana Sirokai já chamou atenção de muita gente na web ao denunciar as fotos editadas que circulam

“Você já sentiu a necessidade de estar perfeita para as redes sociais, praias ou a vida no geral? O que aparentar bem significa exatamente? Quem nos disse o que é bonito e o que não é? Quem nos disse que celulite é nojento? Quem disse que precisamos mudar para sermos aceitas? NÃO HÁ NADA DE ERRADO SOBRE VOCÊ! Há algo de errado com a indústria da beleza. Pense bem, quantas empresas deixariam de fazer dinheiro se as mulheres, HOJE, decidissem amar sua aparência ? TODAS ELAS!”

Em apenas um dia, com uma foto que mostra seu bumbum antes e depois de edição para tirar as tão temidas marquinhas, Diana conseguiu mais de 42 mil likes e e centenas de comentários.

“Eu amo o natural, corpos REAIS! Não há nada de errado com celulite ou estrias. Amo corpos com essas marcas”, afirmou uma usuária da rede social. “Obrigada por isso! Como uma mulher plus size, eu amo ver nós, mulheres, sendo representadas cada vez mais. Porém, uma coisa com a qual eu ainda lutava era ‘essas mulheres são lindas e têm a pele perfeita. Eu não entendo’. Eu sinto que ainda não sou boa o bastante por conta das minhas estrias, celulite e espinhas. Precisamos ver a beleza sem filtros”, alertou outra.

O fato da internet, revistas e até as próprias modelos sentirem a necessidade de acabar com todas as marcas dos corpos, sejam eles de qualquer tamanho, faz com que diferentes seguidoras de Diana se sintam decepcionadas com os próprios corpos, por isso, a jovem foi muito elogiada por apresentar a realidade.

Por outro lado, como já é de costume no caso de fotos compartilhadas por modelos plus size, há também comentários criticando o posicionamento da modelo. “Entendo seu ponto de vista, mas estar acima do peso ou gorda não é saudável. Uma dieta ruim leva a diferentes tipos de doenças”, afirmou um homem.

Já sabendo que usuários da rede social poderiam dizer que pessoas magras também ficam doentes, ele adiantou que “pessoas magras também podem ser não saudáveis, mas que para obesos essa é uma certeza”. Mas, além de ninguém poder afirmar, apenas por uma foto ou aparência, que uma pessoa gorda é, necessariamente, doente , a celulite não é característica só de mulheres plus size, como já provaram várias outras influenciadoras. Confira:

Nienke Kampman: definida e com celulite

Nienke compartilha imagens de sua celulite para mostrar que nem tudo que está no Instagram é a realidade das mulheres
Reprodução/Instagram/nienkke
Nienke compartilha imagens de sua celulite para mostrar que nem tudo que está no Instagram é a realidade das mulheres

Há alguns meses, a influenciadora holandesa Nienke Kampman  também mostrou ter os furinhos no bumbum e coxas mesmo sendo magra e tendo um corpo bem definido. "Como o Instagram quer que eu me pareça. Como eu realmente sou“, escreveu embaixo das fotos que compartilhou.

Anitta: sim, até ela já mostrou celulite

Clipe da música
YouTube/Anitta/Reprodução
Clipe da música "Vai Malandra" começa com close em um bumbum que tem, sim, celulite, assim como qualquer mulher

No final do ano passado, a cantora Anitta chamou atenção  não só pela música “Vai Malandra”, mas também por exibir seus furinhos logo no início do clipe da música. Sem retoques, e com um foco bem no bumbum de Anitta, o vídeo mostra que ela também é “gente como a gente”.

Madalin Giorgetta: personal trainer e mulher com celulite

Na esquerda, a primeira foto que Madalin tirou em um dia na piscina, com celulite, na direita, a foto que acabou postando
Instagram/madalingiorgetta/Reprodução
Na esquerda, a primeira foto que Madalin tirou em um dia na piscina, com celulite, na direita, a foto que acabou postando

Indo bem contra a ideia de que para acabar com a celulite basta ter foco na academia e na dieta, a personal trainer australiana Madalin Giorgetta revelou suas marcas de uma forma completamente inesperada: expondo os furinhos bem na foto principal de uma entrevista para uma revista.

“Quando minha irmã originalmente tirou essa foto minha eu fiquei tipo ‘credo, que nojo, apaga isso’. Eu me esqueci de apagar e a mantive no computador por meses. Eu compartilhei outra foto daquele dia e nunca imaginei que poderia compartilhar a original um dia”, explicou Madalin em sua página no Instagram.

“Quando a revista me entrevistou para uma edição sobre corpos, eu enviei cinco fotos em que eu achava estar muito bem. Eu hesitei em enviar esta foto, já que não sabia como me sentiria com ela estando em todas as bancas da Austrália, mas em um momento ‘ah, que se dane’, eu também enviei.”

Tesia Kline: atlética e com celulite

Tesia compartilhou uma foto que tirou sem querer com uma foto posada, para mostrar que celulite é algo normal
Reprodução/Instagram/tk_line09
Tesia compartilhou uma foto que tirou sem querer com uma foto posada, para mostrar que celulite é algo normal

A blogueira Tesia Kline segue uma rotina de exercícios e uma dieta balanceada, mesmo assim, os furinhos não a abandonam. E as marcas ficaram ainda mais em evidência em uma foto dela, de biquíni, por conta da luz do sol. Pensa que ela apagou rapidamente a foto? Não, ao invés disso, compartilhou em sua rede social  para mostrar com a sombra também pode “brincar” com nossos olhos.

Sophie Turner: o melhor é aceitar a celulite

Modelo Sophie Turner, de 22 anos, explica que tem celulite desde os doze anos e que as marcas já se tornaram parte dela
Instagram/sophieeturner/Reprodução
Modelo Sophie Turner, de 22 anos, explica que tem celulite desde os doze anos e que as marcas já se tornaram parte dela

A modelo Sophie Turner, de 22 anos, estava em uma sessão de foto quando a luz do sol bateu bem nas suas coxas e bumbum, evidenciando os furinhos que tem nessa região. Ela foi outra influenciadora a não apagar a foto, mas, sim, compartilhar com seus seguidores . “É natural para nós, mulheres, ter celulite , e devemos parar de ver isso como algo nojento ou feio”, afirmou no post em sua página no Instagram, que já tem mais de 20 mil likes na rede social.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.