Thais Carla relatou espécie de perseguição de Danilo Gentili
Reprodução/Redes sociais
Thais Carla relatou espécie de perseguição de Danilo Gentili

A dançarina e influenciadora Thais Carla ganhou mais uma ação na Justiça da Bahia, agora contra o apresentador Danillo Gentilli, do programa The Noite (SBT). O humorista terá que indenizar a bailarina em R$ 3 mil após utilizar fotos de Thais sem autorização em quatro publicações do Twitter, ridicularizando-a com frases preconceituosas e gordofóbicas.

Gentilli já tinha sido obrigado a deletar as publicações gordofóbicas contra a influenciadora  após concessão de medida liminar e, para completar, não compareceu à audiência de conciliação que aconteceu por videoconferência no dia 18 de maio, sendo considerado revel.

"O réu, em diversas situações, utiliza postagens da parte autora ou de notícias que tenham relação com a mesma para proferir insultos a mesma. Dessa forma, conforme provas produzidas nos autos, resta patente a utilização do réu do seu perfil das redes sociais para injuriar e insultar a parte autora", diz na sentença o juiz titular João Batista Perez Garcia Moreno Neto, da 2ª Vara dos Sistemas Juizados Especiais de Causas Comuns (VSJE), em Salvador.

Perseguição
Thais relatou no processo uma espécie de perseguição do comediante há pelo menos três anos, dano reconhecido pelo magistrado. "A liberdade de expressão não pode se tornar subterfúgio e ensejar por consequência em agressões e insultos direcionados a outra pessoa de maneira deliberada e constante", diz outro trecho da decisão que o iG teve acesso com exclusividade.

Em 2019, Danillo Gentilli recortou uma notícia em que a dançarina, que soma cerca de 15 milhões de seguidores nas redes sociais, reclama do tamanho da poltrona de um avião e escreveu: "Eu nunca vi essas pessoas reclamarem que a cadeira do McDonalds é pequena". Em outra postagem, o comunicador ironizou a "boa forma" atribuída à modelo plus size escrita em uma reportagem sobre ela.

No processo, feito pelos advogados Janaína Abreu e Ives Bittencourt, da Abreu e Bittencourt Advocacia e Consultoria Jurídica, a influenciadora acusou o apresentador de gordofobia, danos morais e uso indevido das imagens nas postagens. Também mostrou diversos ataques e comentários de ódio de internautas gerados após as publicações de Danilo. 

Comentários ofensivos
Em 9 de março, a Justiça da Bahia já tinha obrigado Gentilli a deletar as publicações contra Thais Carla. O juiz afirmou que os posts de Gentili eram gordofóbicos e ridicularizavam a bailarina. Na decisão, ele ressaltou que as frases preconceituosas podiam encorajar outras pessoas a publicarem comentários ofensivos contra a dançarina.

"De forma desumana, cruel, perseguidora e insensível, utilizando de maneira irresponsável o debate sobre a liberdade do humor e de maneira falaciosa o direito à expressar-se livremente, o Réu expõe e ridiculariza a Autora em seu trabalho, incitando ódio, perseguições virtuais e discursos discriminatórios que, na medida em que atingem diretamente a pessoa exposta, causa uma série de danos morais, psicológicos e existenciais", diz trecho da liminar.

Vale ressaltar que o apresentador é conhecido por fazer comédia degradante e pejorativa contra populações minoritárias, socialmente vulneráveis, como pessoas gordas, pessoas com deficiência, negros, mulheres e LGBTQIA+, para promover seu trabalho de stand-up comedy.

Ao iG, Thais Carla disse que se sentiu ofendida com os ataques de Gentili, mas o processou principalmente porque os comentários feitos por ele ofendiam todas as pessoas gordas. "Ele usou da minha imagem indevidamente e foi super gordofóbico. Falou um monte de coisa. Foi um ataque contra a minha pessoa e contra todas as pessoas gordas. Gordofobia não é piada", afirma a gordoativista.

Com mais de dez anos de carreira, Thais Carla se destaca nas redes sociais pelos vídeos divertidos, coreografias animadas e pela forte luta antigordofobia. Em outubro de 2021, ela comemorou a  condenação do humorista Léo Lins em um processo movido por ela contra ele também por gordofobia.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários