Tamanho do texto

A bailarina da cantora Anitta passou por diversas situações desagradáveis pelas ruas do Rio e compartilhou os casos com seus seguidores do Instagram

Thais Carla é adepta do movimento body positive e, por ser bem resolvida em relação ao seu corpo, ainda é vítima de pessoas que não aceitam que não está dentro dos padrões de beleza impostos pela sociedade. No último domingo (3), a bailarina, que trabalha com a cantora Anitta, usou seu Instagram para falar sobre vários episódios de gordofobia que vivenciou pelas ruas do Rio de Janeiro.

Leia também: Thais Carla expõe episódio de gordofobia: “Você namoraria aquela menina gorda?”

Thais Carla usou os stories do Instagram para desabafar sobre os casos de gordofobia que vivenciou pelas ruas do Rio
Reprodução/Instagram/thaiiscarlaoficial
Thais Carla usou os stories do Instagram para desabafar sobre os casos de gordofobia que vivenciou pelas ruas do Rio

"Hoje, como qualquer outro dia, fui bem violentada no meio da rua. Mas parecia que estava pior, sabe? Não sei. Não entendi muito bem o que aconteceu, de fato", diz em vídeo nos stories. Em seguida, ela relata o primeiro caso. Um cara que estava vendendo abacaxi disse, no microfone, que pode comer a fruta à vontade, pois emagrece e perguntou: “Escutou, senhora?”. Thais Carla afirma que só havia ela na rua.

Após passar por essa situação, a bailarina ficou sem reação e decidiu continuar andando. Depois, quando foi sacar dinheiro, passou por mais um ataque gordofóbico. “Uma senhora virou para mim e falou assim: ‘Você não gostaria de emagrecer? Está abrindo vaga no SUS.’ Eu disse: ‘Não, moça, eu estou muito bem’. E ela: 'É impossível ser feliz gorda, meu amor. É impossível’. Assim mesmo, com um ódio”, expõe.

Leia também: Thais Carla posta foto nua e dá lição de autoestima: "Todas as gordas no topo"

Thais ainda explicou o terceiro caso do dia. Segundo relata, ela foi pegar um ônibus e um senhor, que estava sentado ao seu lado no banco, começou a apertá-la. Ela questionou se ele estava incomodado e ouviu como resposta que, se fosse mais magra, não estaria sendo apertada. A dançarina levantou-se de onde estava e achou melhor não discutir.

Mais desabafos de Thais Carla

Além dos episódios de gordofobia vivenciados por Thais Carla, a bailarina ainda relata um caso de um casal gay
Thais Carla
Além dos episódios de gordofobia vivenciados por Thais Carla, a bailarina ainda relata um caso de um casal gay

Ela ainda relata que, por estar vestindo uma calça branca e um top, em um shopping, percebeu que umm grupo estava passando, rindo e questionando como ela tinha coragem de se vestir assim. Nos vídeos, Thais afirma que passou o dia rindo e que todos esses casos de gordofobia não a atingem.

A bailarina ainda detalha um caso que a deixou ainda mais chateada, mas que não aconteceu com ela. Um casal gay estava passeando com uma criança e algumas pessoas, que estavam por perto, começaram a falar alto e perguntar se os homens tinham roubado a criança. “Onde vamos parar com esse preconceito?", questiona.

Leia também: Tem dificuldade para aceitar o corpo? Thais Carla inspira com post sobre amizade

Por fim, Thais Carla faz um pedido. “Aceitem as pessoas como elas são. Por que a gente não pode ser mais amor? Por que as pessoas se intrometem tanto na vida das outras? Fiquei me sentindo tão mal por aquele casal. Cada um é feliz do jeito que quiser. Viva o amor. O que nosso mundo precisa é de amor. Viva quem você é”, finaliza.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.