Basta uma busca rápida pela internet para encontrar inúmeras  receitas caseiras e dicas para cuidar dos cabelos. Mas será que você está fazendo certo? Além de investir naquela hidratação , está se lembrando de lavar os cabelos com a frequência certa? Ou nessa quarentena já se deixou levar e dormiu com os fios molhados?

cabelo
FreePik
Mudando alguns hábitos você mantém a saúde capilar


Leia também: Spa na quarentena: aprenda 7 receitas de beleza caseiras

Segundo a tricologista Viviane Coutinho, tem muita gente cometendo erros que podem até parecer bobos, mas que resultam em fios quebradiços, quedas e outros problemas capilares, e um deles é a baixa frequência nas lavagens do cabelo. 

"O cabelo é um dos nossos marcadores de saúde, mantê -los saudáveis é primordial. E uma ação super importante é mantê-los limpos. Lembrando que couro cabeludo é pele e  retém sujidade e quando desequilibrado pode gerar disfunções na saúde e futuras quedas", alerta a tricologista. 

A frequência de lavagens depende do tipo de cabelo, de a pessoa faz atividade física ou não e outros fatores. Também vale escolher bem os produtos que vai usar nas lavagens. Já falamos sobre isso por aqui - veja dicas de como não errar ao lavar os cabelos .

Na dúvida, não deixe de lavar. "Um conselho que sempre dou é higienizar mais neste período pois ele [o cabelo] também é um condutor de contaminação ", comenta Viviane.

Também não substitua lavagens por shampoo a seco. "A lavagem é o melhor para remover sujidade e oleosidade", afirma a tricologista. 

Outros erros que podem ser simples, mas que prejudicam os fios


A pedido do Delas , a tricologista montou essa lista de outros erros e atitudes que podem parecer inofensivas, mas que acabam com a saúde dos cabelos. Veja cada hábito que vale a pena ser mudado e como melhorar a rotina de cuidados com os fios:                    

Lavar os cabelos com água quente

cabelo
Pexels
Oleosidade e coceira podem ocorrer se lavar o cabelo com água quente


Não basta se atentar a frequência das lavagens, é preciso cuidado na hora do banho também. "Quando a água é muito quente, as glândulas sebáceas são estimuladas a produzir ainda mais oleosidade e seborria. Isso também influencia na queda dos cabelos", alerta a tricologista.

Alimentação pobre em nutrientes

alimentos
shutterstock
A nutrição do corpo deve ser alta para chegar aos cabelos


A tricologista aponta que os níveis de nutrientes devem estar altos para chegarem aos cabelos. "A maior parte dos cabelos é feita de proteínas, portanto, uma alimentação rica em proteínas, além de evitar gorduras e açúcares é super importante para saúde capilar", indica Viviane.                

 Usar cosméticos que não são ideais para seu tipo de cabelo

máscara-capilar
shutterstock
Usar o produto que não é ideal pode prejudicar os cabelos


Viviane afirma que isto pode prejudicar a saúde capilar, já que pode não remover a sujeira, oleosidade ou até mesmo não entregar nenhum resultado ou propriedade que seu cabelo precise, influenciando a saúde capilar.

Muito secador ou chapinha

secador de cabelo
shutterstock
O secador pode agredir o couro cabeludo, evite o uso contínuo durante o isolamento


Se não há necessidade, não use secadores e chapinhas. "Aproveite este período de isolamento para deixar seu cabelo descansar de agressões físicas", indica a tricologista.

Dormir de cabelo molhado ou de prendê-lo úmido

cabelo
shutterstock
Os cabelos molhados aumentam o risco de proliferação de fungos e bactérias


Há momentos que o secador é bem-vindo, como para as mulheres que lavam os cabelos à noite. "Dormir com o cabelo molhado ou úmido aumenta o risco de fungos e as bactérias se proliferarem", diz a especialista. Seque os fios antes de deitar.

E prender os cabelos úmidos ou molhados também trazem os mesmos riscos, além de favorecer a queda dos cabelos. "Manter os cabelos presos gera uma tensão aumentada, tracionando esses cabelos que já estão caindo", afirma Viviane.

Tintura sem atenção

tintura
Getty Images
Antes de qualquer química, prepare os cabelos para não agredi-los


Muitas pessoas fazem a coloração em casa, mas não deixe de preparar o cabelo antes de fazer qualquer procedimento químico. "Fazer uma reconstrução é uma boa pedida, pois o cabelo poderá estar fragilizado, o que favorece ainda mais chances de quebra e após o procedimento é aconselhável hidratar para devolver brilho e maciez", indica Viviane.

Leia também: Passo a passo para pintar o cabelo em casa

Ela também alerta para não deixar resíduos de química nos cabelos. "O acúmulo de produtos podem gerar descamações e coceiras, o que pode aumentar a queda", aponta a tricologista.

Ter dias e noites estressantes

sono
Pixabay
Ter uma boa noite de sono ajuda a melhorar a saúde capilar


A tricologista reafirma que cuidados durante o sono e exercícios auxiliam na saúde capilar. "Tente se desligar um pouco de notícias tristes o tempo todo, principalmente um pouco antes de dormir. Produzir uma qualidade de sono e se exercitar mesmo em casa já ajuda na oxigenação, nutrição e desestresse. O que ajuda e muito na sua saúde capilar", afirma Viviane.

    Veja Também

      Mostrar mais