Tamanho do texto

Especialista fala que a fadiga acaba sendo maior porque as capacidades de força, resistência e flexibilidade adquiridas com os exercícios são perdidas

Um dia após realizar um treino pesado é comum sentir muitas dores no corpo. Por conta disso, muitas pessoas tomam a seguinte decisão: “Não vou treinar hoje para poder me recuperar”. Isso pode parecer coerente, entretanto, mesmo batendo aquela preguiça que tira a motivação para malhar, pular um dia de treino pode te deixar (acredite) mais fadigada.

As dores musculares podem tirar a motivação para malhar, mas ficam sem se exercitar pode te deixar mais cansada
shutterstock
As dores musculares podem tirar a motivação para malhar, mas ficam sem se exercitar pode te deixar mais cansada


Pode parecer estranho, mas acontece que quanto mais o corpo não se mexe, menos energia ele produz e aquele descanso, que era para ser benéfico, acaba causando um efeito totalmente contrário. Fora isso, não persistir faz a pessoa perder cada vez mais a motivação para malhar .

“Pular o treino significa perder capacidade de força, resistência e flexibilidade adquiridas com os exercícios físicos e, consequentemente, a fadiga será maior”, explica Michel Garcia, profissional de educação física da rede Just Fit de academias. O profissional também afirma que, muitas vezes, o cansaço é resultado de uma exaustão mental e não apenas de dores musculares causadas pelo treino do dia anterior.

Ao começar uma atividade física , o cérebro entende que o corpo não está mais em repouso e manda um sinal para o coração para que ele comece a bater com uma frequência maior e, assim, bombear sangue e oxigênio suficientes para o corpo em movimento.

Isso significa que durante a prática da atividade física o fluxo sanguíneo e a pressão arterial aumentam.  Depois, o corpo entra em um estado de relaxamento e isso traz resultados positivos, sendo um deles na hora de dormir. Com o gasto de energia, o corpo consegue relaxar mais durante o sono e isso torna a noite mais reparadora.

Como ter motivação para treinar com dores?

É preciso ter motivação para malhar para sentir os benefícios no corpo que superar as dores musculares
shutterstock
É preciso ter motivação para malhar para sentir os benefícios no corpo que superar as dores musculares


É normal sentir dores horas depois do treino , e o especialista explica que isso acontece porque durante os exercícios é gerado um estresse no tecido muscular, também conhecido como micro lesões. “Essas micro lesões demoram um tempo para cicatrizar – 72 horas para os músculos grandes e 48 horas para os músculos menores. Uma boa alimentação, descanso e tempo adequado de sono podem ajudar.”

Caso as dores musculares persistam, Michel recomenda treinar em uma intensidade moderada para que esses músculos se recuperem, mas é importante não deixar de treinar. O corpo precisa, sim, de descanso, mas ele deve acontecer durante o horário de sono, sendo recomentado dormir no mínimo de sete a oito horas por noite.

Fora isso, uma alimentação equilibrada e saudável é bem-vinda, pois as propriedades encontradas nos alimentos podem ajudar na recuperação muscular.

Leia também: Alimentação e exercícios - como obter todos os nutrientes necessários

O profissional também alerta que dores musculares são normais , mas dores articulares não. “Sentir dores articulares significa que tem algo errado com você, então, nesse caso, é indicado procurar um médico da área para entender por que isso está acontecendo e o que você pode fazer para melhorar”, fala.

Chamar amigas para treinar com você pode ser uma forma de afastar a preguiça e manter a motivação para malhar
shutterstock
Chamar amigas para treinar com você pode ser uma forma de afastar a preguiça e manter a motivação para malhar


As dicas que ele dá para evitar lesões sérias durante os exercícios é sempre ficar atento a postura, ordem dos exercícios, sobrecargas e amplitude que alguns exercícios são executados, por isso, é importante ter sempre o auxílio de um especialista.

Caso as dores sejam apenas musculares, não deixe de colocar o corpo para trabalhar. “Manter uma vida sempre ativa é essencial para se manter disposto, além disso, atividades aeróbias ajudam no aumento da resistência cardiovascular deixando seu corpo mais resistente”, enfatiza Michel.

Treinar regularmente pode trazer algumas dores musculares, mas também garante vários benefícios para o seu dia a dia, e o especialista destaca os principais deles:

  • aumento de força;
  • aumento da resistência;
  • aumento da flexibilidade;
  • ganho de massa muscular;
  • diminuição da gordura corporal;
  • prevenção de doenças;
  • melhora da autoestima.

Por fim, Michel deixa claro que a motivação para malhar  está dentro de cada um e, antes de pensar em pular um dia de atividade física, avalie e veja se realmente isso é necessário ou se você está apenas se auto sabotando.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.