A norte-americana Natalie Irish desenvolveu uma técnica de pintura que utiliza batom e os lábios para fazer arte, e retratou a mulher brasileira pintando em público

"Eu tenho caixas, toneladas de batom. Muito mais do que qualquer mulher deveria ter", diz Natalie Irish. Mas, para esta norte-americana de 30 anos, o batom não serve apenas para enfeitar a boca. É instrumento de trabalho, matéria-prima para os retratos que ela pinta com os lábios, beijando a tela. 

Contratada por uma marca de cosméticos, Natalie passou um dia inteiro executando um retrato da mulher brasileira na estação do Metrô Paraíso, na zona sul de São Paulo. Curiosos paravam para entender o que acontecia: "Eu passei aqui bem cedo e vi que ela estava pintando. Agora voltei para ver como o quadro estava", disse a representante de vendas Márcia Couto ao meio-dia. Ela ainda pretendia voltar à estação no início da noite para conferir o resultado final.  


A ideia de pintar usando beijos e batom surgiu em 2001, antes de um encontro. Natalie passou o batom e, ao limpar o excesso, achou interessante a marca que seus lábios deixaram no lenço de papel. "Antes disso eu pintava com outras técnicas, e fazia retratos usando meu dedo polegar", conta. Como não conhecia ninguém que pintasse com os lábios, a artista teve de experimentar e testar diferentes técnicas e materiais para chegar ao resultado desejado. 

A primeira retratada de Natalie foi a atriz Marilyn Monroe: "Achei que ela combinava com batom vermelho", diverte-se. Para conseguir as nuances de tom necessárias para dar graça ao quadro, Natalie varia a pressão com que beija a tela. Às vezes usa apenas o lábio superior, às vezes apenas o inferior, e às vezes beija o quadro com toda a boca, criando marquinhas bem características. 

Cada quadro leva de duas a três semanas para ficar pronto. O retrato pintado na estação do Metrô foi iniciado nos EUA, onde a artista mora, e finalizado em frente ao público. "Faço várias pequenas sessões de pintura, porque com o atrito dos lábios na tela minha boca fica inchada. Além disso, por ficar muito perto da tela eu não consigo ver a totalidade do que estou pintando, preciso me afastar o tempo todo, é um processo lento", explica. 

Cuidados de beleza
Os lábios são o instrumento de trabalho de Natalie, e para mantê-los em forma a artista toma uma série de cuidados. A pele da região é bastante delicada, e o contato constante com a tela funciona como um esfoliante. "Eu aplico gelo nos lábios quando eles ficam inchados, e sempre passo hidratante próprio para a boca", conta.

Quando não está trabalhando, Natalie deixa a maquiagem para momentos especiais, como festas e grandes eventos. "Eu tenho tanto batom, já trabalho com eles... às vezes eu me maquio, às vezes não. Mas eu adoro maquiagem, me divirto com ela. É um bom jeito de se expressar e adicionar algo ao seu visual", encerra. 

ASSISTA À NATALIE IRISH PINTANDO O QUADRO COM BEIJOS



Leia também
Cuide da beleza e da saúde de seus lábios
Os batons vermelhos queridinhos das famosas
O batom vermelho ideal para cada tom de pele


>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @iGBeleza no Twitter <<<

    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.