Emocionada, Rosana Ferreira chora ao receber a faixa de campeã e conta que agachamento é o segredo para ter curvas perfeitas

Signo, virgem. Filme preferido, “O Rei Leão”. A ficha de inscrição diz pouco sobre Rosana Ferreira, 25 anos, representante do Ceará. Não faz mal, ela conta mais. Eleita Miss Bumbum Brasil 2011 na noite de quarta-feira, 30, em São Paulo, a dançarina recebeu a faixa de campeã aos prantos. “É muita emoção, pedi muito a Deus, ele me ouviu”, disse.

Feliz da vida e ainda com a maquiagem borrada pelas lágrimas, Rosana revela que mantém o bumbum em ordem com malhação – e a idade também ajuda, claro. “Meu segredo é o agachamento, faço muito. E levanto 80 quilos no aparelho em cada lado da perna, são quatro séries de 15 repetições, todos os dias”. Além disso, gosta de dançar. “Axé, house... minha mãe diz que eu já dançava na barriga dela”.

Rosana, a Miss Bumbum Brasil, emocionada na premiação
Bruno Zanardo/Fotoarena
Rosana, a Miss Bumbum Brasil, emocionada na premiação

A vencedora de costas, bumbum é motivo de orgulho
Bruno Zanardo/Fotoarena
A vencedora de costas, bumbum é motivo de orgulho
O prêmio de R$5 mil não resolve muita coisa, mas as portas para o sucesso foram abertas, ela acredita. “Atriz, apresentadora, qualquer coisa eu vou”, brinca. Mas desejo mesmo é posar nua para uma revista masculina importante. “Realizaria um sonho”.

Rosana é natural do Espírito Santo, resolveu representar o Ceará por conta das belas praias da região, adora. Não sabe o tamanho do quadril, mas acredita no seu valor. “Por ser natural, o seguro do meu bumbum ficaria muito caro, nem imagino quanto”, diz. George Rossato, autointitulado admirador da beleza feminina, também acha o exemplar precioso. “É a anatomia que impressiona”, reflete o espectador enquanto seca a vencedora e procura a sua candidata preferida, Andressa Urach, do Rio Grande do Sul.

As 14 finalistas mostram suas qualidades
Bruno Zanardo/Fotoarena
As 14 finalistas mostram suas qualidades
Um pouquinho de estria disfarçada com bronzeamente artificial, uma celulite persistente não exterminada pela drenagem linfática, sim, era possível achar defeitinhos em algumas das 14 candidatas; mas quem se importa? “É difícil não ter nada de estria e nada de celulite, alguma coisinha sempre tem se a gente procurar. Mas se o bumbum estiver suculento não tem problema, a gente vota”, pondera Cátia Paganote, ex-paquita e jurada do concurso. Mais exigente, a modelo Sabrina Boing Boing não perdoa: “Para ganhar, o bumbum tem que ser redondo, empinado e sem celulite”. Cruel.

Anunciadas pela ex-modelo Nubia Oliver, segunda e terceira colocadas também fizeram bonito: simpatia, tudo no lugar e muito “rebolation". Mariana Freitas, do Acre, recebeu R$2 mil, e a vice-campeã, Graciella Carvalho, do Maranhão, levou R$3 mil.

Leia também:
Pernas e bumbum esculpidos com massagem
Celulite de Britney é usada para melhorar autoestima de alunos
“Perdi dez centímetros de quadril”, conta Ellen Roche
Bumbuns “consagrados” pela preferência nacional
Bumbum masculino em cena na televisão


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.