A televisão roubando o convívio do casal no quarto, o excesso de tempo nas redes sociais e WhatsApp e até uma alimentação inadequada podem prejudicar a libido sorrateiramente

Não é todo dia que um casal se sente disposto para trocar carícias e deixar o romance rolar, como se nada mais importasse. Contas para pagar, problemas no trabalho, desgaste emocional e outros fatores são desestimulantes. Outros detalhes bem mais banais também podem atrapalhar a vida sexual do casal, como a presença de uma simples televisão no quarto.

Muitas vezes, esses pequenos descontentamentos mascaram um problema mais profundo no relacionamento, como a falta de diálogo. Se o casal não conversa sobre as atitudes e comportamentos desagradáveis, qualquer coisa vira desculpa para deixar o sexo e as carícias de lado. Daí para se acostumar a uma relação morna e sem graça é um pulo.

Leia mais: Como conseguir que o homem faça o melhor sexo oral na mulher

Não tem como a libido acender quando os parceiros vão para o quarto e ficam o tempo todo no celular checando o WhatsApp e as redes sociais
Thinkstock/Getty Images
Não tem como a libido acender quando os parceiros vão para o quarto e ficam o tempo todo no celular checando o WhatsApp e as redes sociais


 “As pessoas têm que pensar que toda relação precisa ser prazerosa para ambos, mesmo que o orgasmo não surja. Então, se você vai se deitar com alguém, tem que fazer valer a pena. Ninguém tem que se contentar com uma relação mais ou menos.”, alerta Débora Pádua, educadora e fisioterapeuta sexual.

Por isso, vale prestar atenção a algumas atitudes rotineiras que se transformaram em obstáculos para uma vida sexual ativa e prazerosa, como você pode ver a seguir.

1 - NOITES MAL DORMIDAS      
Insônia e dificuldade para descansar à noite conseguem derrubar qualquer um. Se já fica complicado se concentrar no trabalho, que esperança pode restar para as relações sexuais, que demandam empenho e dedicação do casal? Não há quem aguente. Prova disso é que uma pesquisa da Universidade de Michigan apontou que as mulheres que dormem mais acabam tendo mais relações que as demais.

Segundo o estudo, cada hora adicional dormida aumenta em 14% as chances de ter uma relação no dia seguinte. Além disso, mulheres que têm uma boa noite de sono também apresentaram níveis mais altos de desejo e excitação sexual.

“Uma pessoa que não dorme não consegue ter uma boa disposição. O dia dela vai ser muito mais cansativo, e isso interfere muito na relação sexual, principalmente para a mulher. A disposição dela para o sexo é um pouco diferente do homem. Eles pensam em sexo várias vezes durante o dia. Nós nem sempre temos essa mesma atitude. A mulher precisa estar bem para fazer sexo, o homem é o contrário”, explica Débora Pádua.

2 – SEPARADOS PELO CELULAR      
Você passa o dia sem ver ou ter uma conversa de verdade com o parceiro. Então, ao chegar à casa, ambos acabam se distraindo e se divertindo mais com conversas no WhatsApp  com o feed das redes sociais, mesmo estando lado a lado. Se isso acontece com frequência, a conexão do casal vai ficando cada vez mais fraca – e o desejo sexual, naturalmente, segue o mesmo caminho.

Se a pessoa está ao lado, querendo conversar ou “apimentar” um pouco as coisas, imagine o balde de água fria que é ter que competir com os aparelhos eletrônicos. Como esperar que as relações sejam empolgantes e espontâneas deste jeito?

Mais: Iniciante, intermediário e avançado: veja as melhores posições para o sexo anal

“Um combinado que o casal pode fazer é de se encontrar e desligar os celulares, para deixar a coisa rolar. Só deixar os aparelhos por perto se for para colocar uma música de fundo, por exemplo”, sugere a psicóloga e sexóloga Márcia Mathias, consultora do Ashley Madison.

Apimente sua vida sexual com novas posições sexuais: 


3 – LUGAR DE TV NÃO É O QUARTO      
Falando ou não sobre sexo, a simples ideia de ter uma televisão no quarto já pode ser considerada inadequada, mesmo se for para ver um filme mais romântico. Isso atrapalha a intimidade do casal, o sono, as relações... Lugar de televisão é na sala, onde outras coisas podem ser discutidas – inclusive os problemas cotidianos, que não devem ser levados para o quarto de jeito nenhum.

“Televisão no quarto é péssima em todos os sentidos. A partir do momento que você está com esse aparelho ligado, você para de prestar atenção na pessoa que está ao lado. Computador também faz mal. Eles têm que ficar longe do quarto, porque a informática não é bem vinda na cama. Você perde o foco na pessoa e todo ser humano precisa de foco”, pontua Márcia.

Veja também: Você sabe o que é beijo-grego? Prática sexual exige cuidados

4 - A LIBIDO MORRE PELA BOCA           
A influência negativa de uma alimentação incorreta vai muito além do peso do prato no self-service. A libido também pode ser comprometida nessa brincadeira, principalmente se a dieta for combinada à baixa autoestima.

“A alimentação inadequada mexe com várias coisas, desde disposição até problemas emocionais. Se você come muito açúcar, por exemplo, você pode ter certo desânimo depois, porque é um alimento que dá uma agitação momentânea e depois te derruba. O chocolate dá uma sensação de bem estar, e a mulher pode achar que só precisar disso, perdendo a vontade de ter uma relação depois”, esclarece Débora. O álcool também entra na lista dos que devem ser evitados em excesso.

Detalhes bem mais banais podem atrapalhar a vida sexual do casal
Thinkstock/Getty Images
Detalhes bem mais banais podem atrapalhar a vida sexual do casal


5 - NEURAS SOBRE O CORPO
Será que ele vai reparar na barriguinha um pouco mais flácida? E nessas estrias da coxa? Pode parecer besteira, mas muitos desses questionamentos passam pela cabeça das mulheres antes e durante uma relação sexual. Com tantas preocupações, é natural que o desejo fique mais uma vez prejudicado.

 “Quando a mulher tem essa vergonha do próprio corpo, as neuras viram mais um obstáculo. Isso quer dizer que ela está com a autoestima baixa e, por isso, qualquer comentário pode ser encarado de um jeito negativo, piorando o relacionamento. Toda vez que temos um retorno negativo, principalmente no que diz respeito à sexualidade, a vontade e o desejo de realizar fantasias vão sendo minados”, atenta Márcia Mathias.

Saiba mais: 26 posições sexuais para enlouquecer um homem na cama

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.