Adele e Oprah
Reprodução/Instagram
Adele e Oprah

Adele lança hoje (19) seu novo álbum, "30".  Ao longo de sua agenda de divulgação,  sentar na poltrona de Oprah Winfrey para um bate-papo com a apresentadora estava na lista. Assim como diversos artistas, especialmente quando querem marcar um grande retorno, a cantora pensou em todos os aspectos da sua volta e na mensagem que quer passar -  força e liberdade pós-divórcio -, inclusive com suas roupas.

O look escolhido por Adele para conversar com Oprah é do jovem designer negro Christopher John Rogers. Pouco antes do show "One Night Only", ele foi eleito o designer de moda feminina de 2021 pelo Conselho de Designers de Moda da América. O look original era com saia e tinha o nome de 39, fazendo parte da coleção resort 2022 (ou Coleção 008). Era o único branco entre diversas cores brilhantes.

O terninho é um traje, por si só, ligado ao empoderamento das mulheres no palco do mundo. Entretanto, o mesmo traje em branco ganhou significados políticos nos Estados Unidos ao longo dos últimos anos: quando Hillary Clinton aceitou a nomeação de seu partido para presidente, a candidata democrata vestia um Ralph Lauren branco. De acordo com o The New York Times, foi traçada uma conexão direta com as sufragistas (uma das cores oficiais era o branco) e da luta para que mulheres sejam ouvidas.

Deste momento para o terninho branco se tornar um símbolo para que as pessoas votassem nas eleições presidenciais de 2016, onde Hillary Clinton enfrentou Donald Trump, foi rápido. Em seguida a hashtag #wearwhitetovote (use branco para votar) e, bom, Adele foi uma entusiasta das votações em suas redes sociais.

Para conversar com Oprah, Adele escolheu personalizar o look com uma calça ao invés da saia original. A cantora disse à apresentadora: "“nunca havia usado branco antes. Estou usando para você."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários