Tamanho do texto

Por usar um tamanho de roupa maior do que Mariana Rios, Preta Gil usou a oportunidade para falar sobre a necessidade de uma moda democrática

Para algumas pessoas, encontrar alguém que está usando a mesma roupa que elas pode ser um momento contrangedor. Entretanto, Preta Gil decidiu levar a discussão sobre  looks iguais para outro patamar quando encontrou Mariana Rios em uma festa na noite de quinta-feira (13), abrindo um debate sobre moda inclusiva e tamanho de roupa GG. 

Preta Gil abriu uma discussão sobre tamanhos de roupa GG x PP após usar look igual ao de Mariana Rios em evento
Reprodução/Instagram/pretagil
Preta Gil abriu uma discussão sobre tamanhos de roupa GG x PP após usar look igual ao de Mariana Rios em evento


A cantora compartilhou uma foto no Instagram em que ela e Mariana posaram juntas enquanto estavam usando conjuntos prateados idênticos. Nenhuma das duas se abalou com o clique, e Preta decidiu usar a situação a seu favor para falar sobre a obrigação que as marcas têm de pensar nas mulheres que usam tamanho de roupa GG.  "PP e GG, isso sim é democratização da moda!", escreveu na legenda da imagem. 


Diversos seguidores comentaram sobre a questão do tamanho das roupas, concordando que essa inclusividade é necessária na moda. "É tão difícil andar na moda vestindo uma numeração fora do padrão", escreveu uma internauta. "Tinha amado essa roupa na Mariana, mas achei que não combinaria comigo... Agora que vi a Preta usando, amei mais ainda e já quero usar", disse outra. "Muito bom ver a diversidade das marcas crescendo", comentou uma terceira. 

Discussão sobre a produção de roupas GG na moda

Katie não tem vergonha de usar tamanho de roupa GG e mostra que é possível estar na moda independente dessa questão
Reprodução/Instagram
Katie não tem vergonha de usar tamanho de roupa GG e mostra que é possível estar na moda independente dessa questão




discussão sobre tamanhos de roupa não é algo recente. A blogueira norte-americana Katie Sturino, por exemplo, já aborda o tema na internet há alguns anos. Ela, que usa peças tamanho 46, decidiu mostrar que é possível se vestir bem e estar na moda ao reproduzir os looks das famosas e adaptá-los para o próprio corpo. 

"Eu percebi que, com um tamanho 46, é difícil encontrar modelos de moda realistas. Sempre me senti sozinha quando fazia compras. Fazer compras com amigas nunca é tão divertido porque elas podem entrar em qualquer loja e escolher um monte de coisas que funcionam para elas. Para mim, as compras são uma mina terrestre do que não funciona para meu corpo, e geralmente é difícil encontrar os tesouros raros que funcionam", disse à revista "Glamour"

A experiência de escrever sobre moda e representatividade, porém, fez com que Katie não se sentisse tão sozinha. Assim, a dica dela para quem veste  tamanho de roupa GG , XG ou qualquer outro considerado "plus" é bem simples: use o que você ama e te faz se sentir bem. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.