Tamanho do texto

Katie veste tamanho 46 e, para ela, isso não é um problema; confira as fotos

Seja nas capas de revista e desfilando pelas passarelas, modelos e atrizes magérrimas são vistas e fotografadas, perpetuando a crença do "corpo perfeito" e criando um  estereótipo quase inalcançável. Nas lojas também não é tão fácil encontrar roupas que fiquem boas tanto nas mulheres que usam tamanho 36, como nas que usam 48. Porém, a blogueira plus size Katie Sturino está tentando acabar com esse padrão. 

Leia também: Marca de produtos esportivos usa modelo plus size em campanha e é criticada

Katie não tem vergonha em ser plus size e mostra autoconfiança ao reproduzir looks de celebridades
Reprodução/Instagram
Katie não tem vergonha em ser plus size e mostra autoconfiança ao reproduzir looks de celebridades


Além de blogueira, Katie é publicitária de moda e autora do site "The 12ish" e, a partir de postagens no Instagram, decidiu mostrar que moda e autoestima podem andar de mãos dadas, especialmente se você tiver curvas ou vestir roupas plus size . O nome do site é uma referência ao tamanho 12 do manequim dos Estados Unidos, o que no Brasil é equivalente ao número 46.

Nas fotos, a nova-iorquina faz uma composição de peças semelhantes a roupas usadas por celebridades hollywoodianas e compara as fotos, adaptando-as para a forma que ela se sente mais confortável e provando que sim, é possível estar na moda sem obrigatoriamente ter um corpo de modelo.  Veja as fotos:

Leia também: Plus size também pode ser angel - modelo refaz fotos da Victoria’s Secret


Vestindo 46

Em entrevista à revista americana "Glamour", Katie conta que a ideia do site e das fotos surgiram depois de uma entrevista sobre vestir tamanho 46, ou 12 nos Estados Unidos.  "Eu percebi que, como um tamanho 12, é difícil encontrar modelos de moda realistas."

Ela conta que a maior dificuldade sempre foi fazer compras. "Eu sempre me senti sozinha quando fazia compras. Comprar com amigas geralmente nunca é tão divertido porque minhas amigas podem entrar em qualquer loja e escolher um monte de coisas que funcionam para elas. Para mim, as compras são uma mina terrestre do que não funciona para meu corpo e geralmente é difícil encontrar os tesouros raros que funcionam."

Leia também: Modelos plus size mostram a realidade sobre fotos editadas e viram inspiração

Entretanto, depois da experiência de escrever sobre moda e representatividade, Katie diz que foi "incrível" saber que ela não estava sozinha e ouvir histórias de mulheres do munto inteiro que compartilharam muitas opiniões sobre tamanho e estilo das roupas.

"Trabalhando com moda em Nova York por tantos anos, eu tinha começado a assumir que eu deveria estar entre os maiores tamanhos, então foi realmente emocionante poder me conectar com o grande número de mulheres que compartilham as mesmas experiências." Por isso, a dica que ela dá para quem veste plus size é simples: vista o que você ama e o que te faz feliz. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.