Savannah Sharp, de 15 anos, foi punida pelo colégio St Peter's Academy, na cidade de Stoke-on-Trent, na Inglaterra, por pintar o cabelo de rosa. A adolescente ficou afastada dos seus colegas de classe por dois dias. Segundo a instituição, ela violou as políticas estabelecidas pela escola.

Leia também: Escola obriga aluna a cobrir as pernas com fita adesiva: "calça inapropriada"

menina com cabelo rosa
Reprodução/mirror.co.uk
Savannah Sharp, de 15 anos, foi punida por dois dias pela escola onde estuda por pintar o cabelo de rosa

Segundo o Mirror , a adolescente e a mãe alegam que a decisão do colégio é injusta, pois os professores sabem que a estudante sofre de ansiedade e depressão. “Ela pintou o cabelo para ficar mais animada. Duraria poucas lavagens, mas, assim que entrou na escola , ficou em isolamento por dois dias”, diz a mãe, Rachel Sharp, ao site Stoke-on-Trent Live .

De acordo com Rachel, o estabelecimento informou que ela precisaria voltar o cabelo da filha para a cor natural, mas afirma que isso é uma violação aos direitos humanos da menina de se expressar. Ela ainda destaca que a cor dos fios da menina não influencia em sua educação.

Leia também: Professora obriga menina a trocar de roupa por achar vestido “inadequado”

Agora, a mãe de Savannah está preocupada com a filha . “Ela está muito zangada com isso. Ela não sabe porque a cor do seu cabelo é tão importante quando ela está em época de exames para tirar os certificados gerais do Ensino Médio. A escola, basicamente, a impediu de aprender”, pontua.

“Desde que ela seja enviada para a escola com um uniforme limpo, ela está disposta a aprender. Além disso, é respeitosa com seus professores. Isso é tudo o que importa", diz Rachel. Ela também conta que que a escola está ciente da saúde mental de Savannah.

Leia também: Escola deixa menina de 12 anos isolada por usar "saia muito curta" e revolta mãe

“Estou decepcionada. A escola deveria garantir que o seu humor melhore. No lugar, a colocam em isolamento, deixando-a sozinha. Não ter ninguém com quem conversar afeta seu estado mental. Estou totalmente enojada com os funcionários”, finaliza. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários