Tamanho do texto

Os pais não conseguiram fazer um backup e perderam quase todas as fotos da filha; agora, oferecem uma recompensa para quem encontrar o celular

Amiyah Windross morreu quando tinha 11 meses de vida em um hospital de Melbourne, na Austrália, poucos dias depois o celular de seus pais – cheio de memórias e fotos do bebê – foi roubado.

Leia também: Fotógrafa registra a morte de bebê gêmeo e foto emociona

Bebê no hospital
Reprodução/Facebook
Bebê de 11 meses morre poucos dias após o celular dos seus pais ser roubado, o que os fez perder quase todas as fotos dela

Na quarta-feira (24), Jay Windross, pai de Amiyah, publicou em seu Facebook um relato emocionante sobre a morte do bebê . Segundo ele, as últimas horas da menina foram de paz e calma, onde ela esteve aconchegada nos braços da mãe e do pai.

Jay conta que Amiyah lutou muito contra problemas neurológicos não diagnosticados desde o dia em que nasceu. “Sua força, coragem e sua luta implacável mostraram-se desde a sua primeira respiração”, escreve.

“Foram 11 meses extremamente desafiadores para nós três, mas nesses 11 meses Amiyah nos inspirou muito e emocionou todos que ela conheceu”, diz. Jay ainda fala que a pequena deu a ele e à esposa uma força e coragem que eles jamais imaginaram que seria possível.

Leia também: Menina morre no dia do aniversário da mãe e história emociona

Bebê nos braços do pai
Reprodução/Facebook
Amiyah nasceu com problemas neurológicos que não foram diagnosticados e lutou todos os dias para conseguir viver

“Amiyah transformou o nosso relacionamento em uma família e seremos sempre gratos por ela ter nos escolhido como pais”, continua. “Você sempre estará em nossos corações e somos muito orgulhosos por você”, fala Jay.

O relato do pai sobre a morte da filha rapidamente viralizou e emocionou os usuários do Facebook. Em menos de 24 horas, foram mais de 1,4 mil compartilhamentos e 11 mil reações na publicação.

Celular com as fotos do bebê foi roubado

Bebê e pais na maternidade
Reprodução/Facebook
Celular com quase todas as fotos de Amiyah foi roubado e os pais oferecem uma recompensa para quem o encontrar

Além de a história de Amiyah ser triste por si só, Jay e sua esposa tiveram um agravante. O celular com centenas de fotos dos 11 meses de vida da pequena foi roubado e eles perderam quase todos os registros que tinham dela.

Para piorar, eles não conseguiram fazer um backup das imagens. Em outra publicação no Facebook, Jay fala sobre o valor sentimental que as fotos que estão no celular têm para a família e pede ajuda para encontrar o dispositivo.

Leia também: Pais de bebê com câncer terminal antecipam casamento para filho entrar na igreja

“Entendemos que agora você tem um celular novo para usar ou talvez para vender e ganhar dinheiro, mas, por favor, entenda que isso significa mais do que dinheiro para nós. Se é dinheiro que você precisa, teremos o prazer de oferecer a você uma recompensa pela devolução do celular. Não haverá rancor”, diz o apelo do pai.

Jay finaliza dizendo que se alguém encontrar o celular, deve contatar ele, a esposa ou o Hospital Infantil Monash, em Melbourne, Austrália. Nos comentários da publicação, os usuários estão mobilizados para encontrar o dispositivo e ajudar os pais a recuperar as fotos e lembranças do bebê .