Tamanho do texto

A mãe diz que será ruim criar quatro crianças e que seu corpo apresentará dificuldades em gerar quadrigêmeos; ela deseja abortar só os meninos

Assuntos relacionados ao aborto costumam gerar debates na internet, e com essa mulher não foi diferente. A moça de 27 anos, que não foi identificada, está grávida de quadrigêmeos e fez um desabafo na rede social Reddit expondo o desejo de abortar dois dos quatro bebês.

Leia também: Mãe se recusa a fazer aborto após médicos acharem que bebê tem síndrome de Down

abortar
shutterstock
Grávida de quadrigêmeos diz que deseja abortar dois bebês: "Nós conseguimos bancar dois filhos, mas quatro não dá"


A mulher, que está grávida de dois meninos e duas meninas, manifestou no texto a vontade de dar à luz apenas as garotas e não descartou a hipótese de abortar os demais. Na publicação, ela também comenta a dificuldade que ela e o marido tiveram em engravidar.

“Tentamos engravidar  por alguns anos e não conseguimos. Nós acabamos precisando realizar uma fertilização in vitro e, com o tratamento, finalmente conseguimos”, inicia ela, destacando também a alegria que os dois sentiram ao ver que o procedimento foi bem-sucedido.

Um exame de ultrassom revelou, para a surpresa do casal, que eles esperavam quatro filhos, e a mulher confessa o motivo de considerar abortar alguns bebês. “Ocorre que eu sou uma mulher pequena, e os médicos sugeriram que eu considerasse o aborto de dois dos bebês pelo bem do meu corpo”, explica.

Além disso, para a moça, a condição financeira da família também é um empecilho. “Eu estou considerando isso por causa dos gastos para se criar quatro crianças. Nós conseguimos bancar dois filhos, mas quatro não dá”, ressalta a mulher.

Leia também: Após sofrer 10 abortos, mulher consegue dar à luz primeiro filho

O ultrassom também apontou que as duas meninas são gêmeas idênticas e os dois meninos são gêmeos fraternos, ou seja, não são idênticos. “Se nós seguirmos com isso – o que nós provavelmente vamos fazer –, eu já falei para meu marido que quero manter as duas meninas porque sempre quis ter meninas”, escreve a mãe.

A mulher enfatiza que recebeu apoio do marido, mas que a mãe e a irmã dela não são favoráveis a essa decisão. “Disseram que estávamos sendo egoístas e que queríamos filhos feitos sob encomenda”, comenta.

A mulher finaliza a publicação pedindo a opinião de outros internautas sobre o assunto. “Esta é a coisa mais difícil que já fiz na vida. Eu estou sendo uma babaca por querer selecionar qual sexo eu vou abortar?”, questiona ela.

Leia também: Após sofrer aborto espontâneo, mulher tem seis filhos gêmeos e realiza sonho

O texto sobre abortar ou não os bebês gerou reflexão na rede social. “Por favor, não se sinta culpada por isso. Quatro bebês não são apenas uma questão monetária, vai destruir você. Além disso, considere se vocês serão bons pais para os quatro”, responde um internauta.

Outros comentários também apoiam a decisão da mulher e afirmam que há mais dificuldades em gerar quatro filhos do que dois.