Tamanho do texto

“Eu senti como se tivesse sido atropelada por dois tratores de reboque. Foi bem violento. Ela ficou presa embaixo das minhas costelas”, relembra a mãe

A norte-americana Joy Buckley e a sua filha bateram um recorde do estado de Nova York, nos Estados Unidos, por conta do tamanho da recém-nascida. Joy deu à luz um bebê grande que veio ao mundo pensando 6,8 kg.

Leia também: Bebê gigante nasce com mais de 6 kg e usa roupas de criança de 9 meses

Harper Buckley é um bebê grande de 6,8 kg que quebrou um recorde do estado de Nova York nos Estados Unidos
Reprodução/Facebook
Harper Buckley é um bebê grande de 6,8 kg que quebrou um recorde do estado de Nova York nos Estados Unidos

Com 58 centímetros, a recém-nascida recebeu o home de Harper e é a terceira filha da norte-americana. Para Joy, o nascimento do bebê grande foi um milagre. Isso porque a mãe foi diagnosticada como infértil ao longo dos últimos sete anos. Ela e seu marido, Norman, tinham menos de 15% de chance de engravidar.

Leia também: “Bebê gigante” nasce com mais de 6 kg no Texas, EUA, e surpreende

Como é a gravidez e o parto de um bebê grande

A mãe conta que  nascimento de um bebê grande como Harper não é fácil, já que ela precisou da ajuda de três médicos
Reprodução/Facebook
A mãe conta que nascimento de um bebê grande como Harper não é fácil, já que ela precisou da ajuda de três médicos

Em entrevista ao “WTM”, Joy fala que já tinha um filho por anos tentou engravidar do segundo, mas nunca conseguiu. Após tantas tentativas, ela e o marido resolveram adotar uma criança. Por isso, a gravidez e o nascimento de Harper foi uma verdadeira reviravolta na vida da família.

“Ser mãe é algo que eu sempre quis na minha vida e quando eu descobri que estava grávida do meu primeiro filho fiquei muito feliz. Agora foi algo como: ‘meu Deus, eu vou ser mãe de três crianças!’”, fala.

Depois da surpresa, a gravidez correu bem e Harper nasceu de cesariana. No entanto, o parto exigiu uma ajudinha extra e três médicos foram necessários para trazê-la ao mundo. “Eu senti como se tivesse sido atropelada por dois tratores de reboque. Foi bem violento. Ela ficou presa embaixo das minhas costelas”, relembra.

Leia também: Gravidez surpresa: adolescente acorda de coma e descobre que é mãe

A mãe ainda conta que a filha precisou ficar no hospital, onde está sendo monitorada pela equipe médica. “É difícil, mas em breve ela vai estar em casa. Agora está em boas mãos”, fala.

Assim como a filha, a mãe também está se recuperando após o parto do bebê grande . “Estou me movimentando e já posso andar. Estou tão aliviada por ter acabado com essa pressão física que estava sentindo”, diz.