Tamanho do texto

Após brinquedo quebrar, criança engole 13 pedaços de imã e sofre com infecção no estômago; veja os riscos que a ingestão do objeto pode causar

Nas férias as crianças passam mais tempo em casa e o cuidado deve ser redobrado para evitar acidentes. Na cidade de Milwaukee, nos Estados Unidos, o pequeno Beck White viu seus dias de folga se tornarem algo trágico após um brinquedo quebrar e ele engolir 13 irmãs que faziam parte do objeto. A mãe do garoto, Jennifer White, compartilhou a história no Facebook na tentativa de alertar outros pais sobre esse perigo.

Leia também: Bebê contrai herpes e mulher faz desabafo na web após morte da recém-nascida

Brinquedo quebra, criança engole 13 pedaços de imã e mãe faz relato com alerta a outros pais no Facebook
Reprodução/Facebook
Brinquedo quebra, criança engole 13 pedaços de imã e mãe faz relato com alerta a outros pais no Facebook

A mãe fala que o filho estava se divertindo quando o brinquedo quebrou e ele acabou engolindo os pedaços de  imã . “Eu me sinto culpada. É horrível publicar isso, mas eu não quero que outra criança passe por essa situação. Se você tem filhos pequenos, isso é perigoso e nós estamos eliminando de nossa casa. Cães também podem quebrar o objeto”, alerta.

Jennifer conta que levou o filho ao hospital e lá os médicos removeram as peças do intestino do garoto. Porém, agora Beck está lutando contra uma infecção no estômago. “Beck está ficando bem e tem dormido muito, o que é bom, já que assim será mais fácil se livrar dessa infecção”, escreve no Facebook.

Leia também: Mãe posta foto da filha com perna quebrada e alerta sobre cuidados com crianças

Alerta de mãe chama a atenção para problema sério

Mãe fala que o filho teve uma infecção no estômago após ingerir 13 pedaços de imã que se soltaram de brinquedo quebrado
Reprodução/Facebook
Mãe fala que o filho teve uma infecção no estômago após ingerir 13 pedaços de imã que se soltaram de brinquedo quebrado

O alerta de Jennifer é extremamente importante aos pais, já que a ingestão de imãs representa um risco enorme às crianças. Por serem objetos magnéticos, se alojam em diferentes lugares do corpo e começam a “puxar” um o outro. E é aí que as complicações começam.

“O impulso da força magnética através da parede do intestino ou do estômago pode prejudicar o intestino ou o estômago, causando uma infecção”, explica Jennifer Hoekstra, especialista em prevenção de lesões no Hospital Infantil Helen DeVos (Estados Unidos), ao site “Today”. De acordo com a especialista, os imãs podem se juntar e criar uma obstrução, causando uma série de complicações.

Leia também: Cadeirinha de bebê: mulher faz alerta sobre uso do acessório

Nesse sentido, é cada vez mais necessário atentar-se aos brinquedos e objetos que as crianças entram em contato. Esse cuidado é fundamental para evitar problemas mais sérios, como alerta a mãe em seu relato.