Tamanho do texto

Jess Evans só percebeu que não tinha comprado um produto para crianças depois de 11 dias, pois a menina de 9 anos estava se recusando a comer

A britânica Jess Evans, de 26 anos, decidiu comprar um calendário do personagem Garfield para a filha. Em que cada dia do calendário havia um “ chocolate ” escondido, o problema é que a mãe de Alissa, de nove anos, não se atentou que aquele era um produto para gatos e não para crianças. Somente depois de 11 dias ela percebeu que não estava dando chocolate para a filha, mas sim comida de gato.

Leia também: Bolo de aniversário não sai como esperado e viraliza: "Fiz uma vagina brilhante"

Jess comprou um calendário com comida de gato e deu para a filha achando que era chocolate
Reprodução/Facebook
Jess comprou um calendário com comida de gato e deu para a filha achando que era chocolate


De acordo com informações do portal britânico “Metro”, Alissa comeu a guloseima por quatro dias, depois passou a se recusar a comer o “doce”. Jess, que tem mais duas filhas, achou que a menina estava apenas sendo muito exigente. Porém, ela ficou em estado de choque quando virou a caixa do produto e viu que os “chocolates” que ela jurava ser de sabor de maça era, na verdade, uma comida de gato sabor iogurte e catnip (uma erva).

“Eu fiquei horrorizada e me  senti como a pior mãe de todos os tempos quando percebi que tinha comprado para ela um calendário para gatos”, conta Jess. Alissa chegou a diz a mãe que o doce parecia um pouco verde, mas a britânica pensou era algo normal por achar que era sabor maçã.

“Ela [Alissa] disse que era um pouco estranho, mas não disse que os doces eram horríveis, então eu esqueci deles. Como Alissa parou de comer por alguns dias eu perguntei por que ela não queria mais e ela trouxe a caixa para mim”, conta a mãe. Quando ela virou a embalagem e leu o que estava escrito se sentiu culpada por passar 11 dias insistindo para a filha comer um petisco de gato.

 Comida de gato ou chocolate?

Depois de saber que a filha ficaria bem mesmo tendo comido a comida de gato, Jess conseguiu rir da situação
Reprodução/Facebook
Depois de saber que a filha ficaria bem mesmo tendo comido a comida de gato, Jess conseguiu rir da situação


Jess se defende dizendo que pegou o calendário enquanto fazia compras com Alissa e suas irmãs mais novas, uma de três anos e outra de 11 meses. Supondo que era um produto para crianças, ela rapidamente olhou as opções nas prateleiras, pegou o do Garfield e jogou no carrinho. “Quando olhei para a caixa, não pude acreditar. Eu tenho uma licenciatura em literatura inglesa e escrita criativa, mas ainda não consegui ler um calendário.”

Depois que ela superou o choque e pesquisou para saber se a filha ficaria bem, Jess conseguiu dar risada da situação. “Vou dar o calendário a uma amiga que tem um gato”, afirma. Ela também diz que vai comprar outro calendário com chocolates de verdade para Alissa e levará Sean Davies, seu noivo, junto para garantir que está comprando certo.

Leia também: Mãe impressiona com lista de exigências para encontrar babá

“Eu definitivamente vou levar Sean comigo para comprar um calendário novo, porque sabendo da minha sorte, vou acabar comprando um petisco para cães desta vez”, brinca a mãe que deu comida de gato para a filha.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.