Tamanho do texto

Carole Horlock procura família ou mãe solteira para poder ser mais uma vez barriga de aluguel, mesmo sabendo dos riscos de uma gravidez nessa idade

Carole Horlock, do condado inglês de Essex, é uma mulher que adora a sensação de estar grávida. Tanto que ela já gerou 15 crianças e é considerada a maior barriga de aluguel do Reino Unido. Aos 52 anos, ela diz que sonha com o 16º bebê. 

Carole Horlock é considerada a maior barriga de aluguel do Reino Unido e gerou a primeira criança aos 27 anos
Reprodução/Daily Mail
Carole Horlock é considerada a maior barriga de aluguel do Reino Unido e gerou a primeira criança aos 27 anos


A britânica, segundo informações do jornal "Daily Mail", foi barriga de aluguel pela primeira vez aos 27 anos. Depois disso, não parou mais. Além de suas filhas, atualmente com 28 e 24 anos, ela já deu à luz 13 bebês para oito casais. As gestações incluiram um par de gêmeos e uma gravidez de triplos. 

Carola fala ao jornal que pretende se casar com Paul, seu parceiro há 21 anos, em junho do ano que vem e, mesmo assim, ainda quer ficar grávida mais uma vez. "Pode ser meio estranho eu caminhar até o altar com um barrigão de nove meses, mas vamos saber lidar com isso se tudo acontecer", comenta a britânica. 

Ela ainda completa: "No começo, Paul não ficou muito empolgado com a ideia de eu ter outro bebê , mas ele concordou depois de eu dizer que queria muito isso."

Leia também: Mulher aceita ser barriga de aluguel para evitar que amiga fique paraplégica

Barriga de aluguel depois dos 50 anos

Aos 52 anos, Carole quer engravidar e ser barriga de aluguel pela última vez
Reprodução/Facebook
Aos 52 anos, Carole quer engravidar e ser barriga de aluguel pela última vez

Carole, entretanto, sabe que corre riscos com uma gravidez aos 52 ou 53 anos . "Sim, a idade está contra mim, mas ainda sou fértil e capaz de carregar um bebê já que meu corpo ainda funciona como um relógio", afirma a mulher. 

Segundo o jornal, Megan, uma das filhas de Carole, está furiosa com essa ideia da mãe justamente por causa dos riscos de uma gravidez tardia. "Ela está preocupada comigo, mas espero fazê-la me apoiar nisso", fala a britânica.

O bebê mais recente que Carole gerou nasceu em abril de 2013. Depois disso, ela tentou engravidar outra vez, mas não teve sucesso. Por causa de um problema com o óvulo da mãe em seu útero, ela acabou sofrendo um aborto espontâneo. 

Parece que nada disso a desanima. "Estou determinada a ficar grávida uma última vez como barriga de aluguel e estou procurando ativamente por um casal ou uma mulher solteira que eu possa ajudar", resume Carole. 

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.