Tamanho do texto

Mulher diz que gerente de restaurante tentou impedi-la de amamentar alegando que reclamações de outros clientes e pedindo que ela se cobrisse

Sadie Durbin, uma mãe norte-americana de 30 anos, está processando um restaurante na cidade de Louisville, no Texas, após o gerente do estabelecimento tentar cobri-la com um guardanapo enquanto ela amamentava sua filha recém-nascida.

Leia também: Manequins aparecem amamentando em shopping e projeto faz sucesso

Gerente de restaurante norte-americano tenta cobrir rosto de bebê com guardanapo e impedir que mãe amamente
Reprodução/Facebook
Gerente de restaurante norte-americano tenta cobrir rosto de bebê com guardanapo e impedir que mãe amamente

Sadie conta que estava jantando com a família quando percebeu que a filha de sete semanas começou a ficar irritada. “Ela ficou com fome e precisava mamar”, fala a mãe de dois em entrevista ao site People . Ela conta que assim que percebeu que a filha estava faminta, a pegou para amamentar.

Porém, em pouco mais de cinco minutos depois, o gerente do estabelecimento apareceu andando em direção a ela com um guardanapo em mãos e balançando a cabeça. O funcionário pediu que ela cobrisse a criança e tentou colocar o guardanapo no rosto do bebê.

Leia também: Mulher é impedida de amamentar em restaurante e mulheres se manifestam

“Ele disse: ‘Senhora, estamos recebendo muitas reclamações, vamos precisar que você se cubra”, lembra. “Eu disse: ‘Não, eu estou alimentando o meu bebê e estou no meu direito de fazer isso. Não vou me cobrir’. O funcionário respondeu: ‘Sim, eu sei, eu tenho seis filhos, mas nós realmente precisamos que você se cubra’”, completa.

Sadie fala que naquele momento ficou chocada e se posicionou firmemente dizendo que não deixaria de amamentar sua filha. “Eu disse: ‘Eu não vou cobri-la. Estou alimentando o meu bebê’. Então, ele jogou o guardanapo sobre a mesa e bufou”, fala.

Algum tempo depois, Sadie viu o gerente conversando com outras clientes e, depois, voltando a ela pedindo novamente que cobrisse a filha durante a amamentação . Após o segundo pedido, Sadie e o marido deixaram o restaurante.

Nos Estados Unidos, há uma lei de 2006 que permite que mães amamentem seus filhos em público, estejam eles cobertos ou não.

Leia também: Amamentação em público: mulher é 'orientada' a se cobrir e tem reação surpreendente

Repercussão do caso da mãe que foi impedida de amamentar

Gerente de restaurante afirma que clientes reclamaram de amamentação e, por isso, a mãe deveria cobrir o rosto da criança
shutterstock
Gerente de restaurante afirma que clientes reclamaram de amamentação e, por isso, a mãe deveria cobrir o rosto da criança

A norte-americana fez uma publicação sobre o caso e conta que voltou para casa muito chateada. Para a surpresa da mãe , a mensagem viralizou, sendo compartilhada por mais de 34 mil pessoas, e Sadie recebeu o apoio de muitas mães. “Quando acordei às 7h da manhã, a publicação tinha milhares de comentários de pessoas não acreditando no que havia acontecido”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.