Tamanho do texto

A norte-americana estava amamentando o bebê no restaurante de um hotel no México quando o homem desconhecido pediu que ela cobrisse o seio

Embora seja algo completamente natural, a  amamentação em público ainda é um tabu. Muitas pessoas consideram o ato de expor parcialmente o seio para dar de mamar ao bebê como um gesto obsceno, afirmando que esse momento deve ser "íntimo" entre a mãe e a criança. Por causa disso, as mães são "orientadas" a cobrir a parte exposta quando estão dando de mamar.

Defendendo a amamentação em público, a mãe cobriu a própria cabeça com uma fralda de pano em vez de cobrir os seios
Reprodução/Facebook/Carol Lockwood
Defendendo a amamentação em público, a mãe cobriu a própria cabeça com uma fralda de pano em vez de cobrir os seios


A norte-americana Melanie Dudley, que não vê problema na amamentação em público , estava alimentando seu bebê de quatro meses quando foi "orientada a se cobrir" por um homem que estava hospedado no mesmo hotel que ela em  Cabo San Lucas, no México. Surpreendendo o desconhecido e todos que estavam no restaurante do hotel, ela cobriu a própria cabeça com um lençol em forma de protesto. 

O caso foi compartilhado por Carol Lockwood no Facebook e já acumula 114 mil reações, 201 mil compartilhamentos e 16 mil comentários. "A nora de um amigo foi  'orientada a se cobrir' enquanto estava amamentando, então ela se cobriu! Não a conheço, mas já acho que ela é incrível", escreveu na legenda. "Para evitar especulações, foi um homem que fez esse pedido. Estava fazendo 32°C e não era um país muçulmano, então ela não desrespeitou tradições." 

Em entrevista ao portal "Yahoo Lifestyle", Melanie conta que o ato foi espontâneo. "Eu estava de férias com a minha família. Geralmente, sou bastante discreta, mas nós estávamos de sentados no fundo do restaurante." Então, quando o homem solicitou que ela "se cobrisse", ela pediu o lençol ao marido, jogou sobre o próprio rosto e continuou a amamentar .

Mães protestam pela amamentação em público

Nicolle Blackman cobriu o próprio rosto para defender amamentação em público após ser constrangida em lanchonete
Reprodução/Daily Mail
Nicolle Blackman cobriu o próprio rosto para defender amamentação em público após ser constrangida em lanchonete


Apesar da reação viral, Melanie não é a primeira mãe a protestar após ser constrangida por amamentar o filho em público. Em 2017, a norte-americana  Nicolle Blackman  estava alimentando seu bebê de três meses em uma rede de fast-food e uma mulher pediu para ela se cobrir porque o marido dela não conseguia parar de olhar a cena. 

Nicolle usou uma fralda não para cobrir o filho, mas, sim, para esconder o próprio rosto. Ao portal britânico “Daily Mail”, ela afirmou que ficou irritada com o pedido, mas não vai deixar de defender a amamentação em público por causa disso. "Eu percebi que ele estava olhando. Entendo que as pessoas ficam curiosas e isso não me incomoda. Eu vou alimentar meu filho, independentemente disso”, disse a mãe. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.