Tamanho do texto

Kim Wall achava que estava tudo bem até descobrir a doença e, como não sabe quanto tempo tem de vida, quer fazer viagem em família para a Disney

Kim Wall e seu marido Stuart Wall já eram pais de quatro filhos jovens quando, em setembro de 2017, decidiram aumentar a família e adotar mais quatro filhos. Tudo parecia ir maravilhosamente bem até que, um ano depois da adoção, a mãe de agora oito filhos descobriu um tumor no cérebro.

Kim Wall descobriu um tumor no cérebro um ano depois de adotar 4 filhos e formar uma grande família
Reprodução/Facebook
Kim Wall descobriu um tumor no cérebro um ano depois de adotar 4 filhos e formar uma grande família


Segundo informações do canal americano “KOIN”, os primeiros sintomas fez Kim achar que estava enlouquecendo, pois se esquecia de fazer algumas coisas, como buscar as crianças na escola e preparar o jantar. Stuart notou que algo estava errado e levou a esposa no médico sem desconfiar de que se tratava de um tumor no cérebro .

Stuart tentou tratar o assunto da forma mais leve possível e Kim lembra aos risos que, no hospital, ele disse brincando ao médico que algo não estava normal porque a esposa estava sendo muito legal com ele nos últimos tempos. Quando o casal descreveu os sintomas de Kim, logo os médicos desconfiaram do que poderia ser e os exames comprovaram que era um tumor.

Os médicos tentaram remover o tumor, mas Kim conta que eles não conseguiram por causa da posição em que está no cérebro dela. A alternativa encontrada foi submeter à mãe a sessões de radioterapia para tentar impedir que a doença se espalhe para o resto do corpo.

Desde que descobriu o tumor, o foco da mãe passou a ser a família e ela confessa que os filhos têm sido uma motivação para continuar, mesmo quando está cansada. “Eu sinto que Deus bloqueou a parte da dor em mim, como a parte da dor mais emocional”, afirma Kim. “Não estou com medo. Não estou com raiva. Estou triste porque  quero ter mais tempo para fazer o máximo de coisas que puder com essas pequenas pessoas.”

Tumor no cérebro adianta viagem em família

Kim passou por uma cirurgia e teve a cabeça toda cortada, mas os médicos não conseguiram retirar o tumor no cérebro
Reprodução/GoFundMe
Kim passou por uma cirurgia e teve a cabeça toda cortada, mas os médicos não conseguiram retirar o tumor no cérebro


Desde que seus primeiros quatro filhos biológicos do casal eram pequenos, a família tem poupado dinheiro para ir aos parques da Disney World , mas com atual quadro de saúde de Kim, a filha dela resolveu pedir doações online para aumentar as economias e ajudá-los a viver esse sonho, assim como realizar uma viagem de cruzeiro.

O plano era fazer a viagem no ano que vem, mas os médicos disseram para Kim que para ela fazer uma viagem com qualidade precisa ir até dezembro, por isso, a família está tão empenhada em conseguir o dinheiro. O intuito de todos é viver bons momentos para gerar boas memórias e celebrar o amor que existe entre eles.

Entretanto não está sendo fácil lidar com uma possível perda precoce de Kim para um tumor no cérebro . Kira Bracken, uma das filhas dela, fala: “Eu não quero passar a vida sem ela. Ela é minha melhor amiga”. A mãe está com um aperto no coração, mas afirma que se sente muito abençoada por ter uma família tão especial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.