Tamanho do texto

Michelle acredita no poder do leite materno e afirma que não deixará de amamentar a filha por causa das pessoas: "Estou deixando ela me guiar"

Michelle Emerson, de 33 anos, postou uma foto em que aparece amamentando sua filha de dois anos e recebeu duras críticas de internautas. Para muitos,  a amamentação prolongada não é vista com bons olhos e o post da inglesa é “ofensivo e nojento”.

A mãe, que defende a amamentação prolongada, foi criticada pelos internautas ao publicar foto no Instagram
Reprodução/Instagram
A mãe, que defende a amamentação prolongada, foi criticada pelos internautas ao publicar foto no Instagram


“Estou fazendo o que julgo ser melhor para minha filha, que está feliz e saudável”, diz a mulher. Em entrevista ao “Daily Mail” Michelle afirmou ainda que já se informou sobre a importância da amamentação para uma criança e entende que as pessoas não deveriam opinar sobre algo tão íntimo e pessoal se não foram questionadas a respeito. 

“Essas pessoas não são corajosas o suficiente para falarem comigo pessoalmente e se escondem em perfis da internet para me atacar. Estou bloqueando e excluindo quem envia essas mensagens negativas”, revela a mãe, que não vai parar de alimentar a filha em público .


“Não faço planos. Estou deixando Emmeline me guiar. Eu não pensava em amamentar por muito tempo, mas estou sendo forte pela minha filha. Tenho orgulho disso e acredito que quanto mais imagens de mães amamentando nas áreas públicas houver, mais normal esse comportamento se tornará”, defende.

Amamentação já foi tabu para a mulher

Além de fotos em que aparece defendendo a amamentação, Michelle gosta de mostrar outros momentos com a filha
Reprodução/Instagram
Além de fotos em que aparece defendendo a amamentação, Michelle gosta de mostrar outros momentos com a filha


Michelle teve sua primeira filha aos 20 anos e conta que tinha muita vergonha de amamentar a garotinha em público. Hoje, porém, ela acredita que esse constrangimento tinha a ver com falta de confiança e lamenta pelas vezes em que deixou de oferecer uma alimentação mais nutritiva para a pequena por causa das outras pessoas.

Com mais maturidade, na segunda gravidez, a funcionária pública conta que prometeu que não repetiria o mesmo erro e agora faz questão de mostrar para outras mulheres que vale, sim, enfrentar os olhares das pessoas para oferecer um leite de qualidade para os herdeiros.

Leia também: Com filha de 4 anos que mama no peito, fotógrafa incentiva outras mulheres

“Às vezes, tenho a impressão de que as mães que são a favor da amamentação prolongada ficam com uma imagem de hippie, mas eu não sou. Quero que outras mulheres vejam a minha história e entendam que não são as únicas nessa posição”, desabafa. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.