Tamanho do texto

Nada de princesas perfeitas ou príncipes encantados! Veja sete livros para crianças que quebram com os padrões

Para construir um mundo mais justo, é essencial abordar a questão de gênero e a igualdade entre homens e mulheres com as crianças. Para isso, os livros infantis são ótimos aliados, afinal, as histórias que lemos e ouvimos na infância nos ajudam a construir nosso futuro.

Leia também: Como ensinar uma criança a ler? Veja as dicas

Livros infantis são um bom caminho para falar sobre o tema com as crianças
Shuttersock
Livros infantis são um bom caminho para falar sobre o tema com as crianças

Pensando nisso, listamos 7  livros infantis que quebram com os estereótipos de gênero e mostram muito mais do que princesas perfeitas em seus castelos e príncipes encantados. Confira: 

1. Para educar crianças feministas

Lançado recentemente, "Para educar crianças feministas" é um manifesto escrito por Chimamanda Ngozi Adichie com quinze sugestões de como criar as crianças de forma igualitária e dentro de uma perspectiva feminista . "Nunca lhe diga para fazer ou deixar de fazer alguma coisa 'porque você é uma menina'", é um dos conselhos. 

2. Coisa de menina

Autora e ilustradora, Pri Ferrari quer romper com a ideia de que existem coisas para meninas e para meninos. "Por que, então, temos que nos adaptar a certos padrões de comportamento? Por que ainda dizem por aí que certas coisas não são apropriadas para mulheres?", diz a apresentação do livro. 

Leia também: 5 dicas para fazer uma biblioteca para as crianças em casa 

3. A princesa e a costureira

O livro conta a história da princesa Cíntia, que quando nasceu foi prometida em casamento para um príncipe do reino vizinho. Quebrando com todas as expectativas, ela se apaixona por Isthar, a costureira do seu vestido de casamento.  

4. Olívia não quer ser princesa

Será que todas as meninas querem ser princesas? Parece que não. É isso que o livro de Ian Falconer pretende mostrar. Ao contrário de suas amigas, a porquinha Olivia não quer vestidos rosa e varinha de condão.

5. Eugênia e os robôs

Eugênia mostra a todos que ciência é, sim, coisa de garota! A personagem de 11 anos é apaixonada por elétrica e mecânica que vive em um cenário parecido com um filme de ficção científica.

6. A Cinderela mudou de ideia

O livro conta a história de uma personagem que se sente sufocada com um destino que não planejou: casar-se com um príncipe. Felizmente, Cinderela conhece a fada do Chega!, que mostra a ela que as mulheres podem ser e querer muito mais do que isso. 

Leia também: Filosofia polêmica propõe educar crianças fora de padrões de gênero

7. Histórias de ninar para garotas rebeldes

A publicação reúne 100 histórias inspiradoras sobre a vida de mulheres extraordinárias que viveram em diferentes épocas. Além disso, o livro foi ilustrado por artistas do mundo todo. "Um mundo onde gênero não defina quão alto você pode sonhar nem quão longe você pode ir", diz  a apresentação do livro. 

Escolha alguns livros infantis e prepare um cantinho confortável em casa para reunir os pequenos e ler histórias inspiradoras!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.