Tamanho do texto

Com a chegada das férias e do verão, os índices de insolação, desidratação e pequenos machucados aumentam. Veja os principais cuidados nessa época

O verão chega e, com ele, os dias mais quentes, as férias de fim de ano e várias mudanças na rotina da família. Também é nessa época que os pequenos ficam mais expostas ao  sol , à piscina e ao ar livre . Consequentemente, pequenos imprevistos podem acontecer, como insolação, desitradação e queimaduras. 

+ Protetor solar infantil: veja como proteger as crianças do sol

Durante o verão, mantenha as crianças bem hidratadas.
Flickr/ visitstpeteclearwater
Durante o verão, mantenha as crianças bem hidratadas.

Como as crianças são mais sensíveis que os adultos, o cuidado dos pais deve ser redobrado no verão .  Para que a família aproveite os dias quente s sem grandes complicações, a pediatra Maria Julia Carvalho listou 7 itens com os quais os pais devem ficar atentos. Confira:

1) Exposição solar

Nessa época, os pais devem se atentar muito ao sol. Bebês de até seis meses não devem ser expostos diretamente ao sol. Crianças mais velhas devem evitar a exposição solar das 10h às 16h, usar protetor, roupas leves e chapéu.

2) Insolação

O problema acontece quando há um aumento da temperatura do corpo, decorrente da exposição solar exagerada, podendo levar a sintomas como diarreia, vômitos, vermelhidão na pele e febre. Nesse caso, é aconselhável deixar a criança em local fresco, fazer compressas molhadas no corpo e oferecer uma alimentação de fácil digestão, além de sucos e água. 

3) Desidratação

Nos dias de calor excessivo, as crianças costumam perder mais líquidos que os adultos. Por conta isso, é importante mantê-las sempre hidratadas. Em caso de desidratação, além de oferecer muito líquido, é possível fazer soro caseiro. Para isso, misture 200 ml de água potável, duas colheres rasas de açúcas e a ponta da colher de chá de sal. 

+ 5 cuidados para manter as crianças saudáveis no verão

4) Intoxicação alimentar

Com a mudança da rotina, pode acontecer da criança ingerir alimentos ou água contaminada, resultando em uma intoxicação alimentar. Se isso ocorrer, certifique-se que ela irá ingerir muito líquido, alimentos leves e também fazer repouso.

5) Queimaduras

A parte do corpo queimada deve ser lavada com água corrente fria até que a região seja resfriada. Depois, aplique uma gaze molhada com água fria ou chá de camomila. Não use receitas caseiras ou pomadas, isso pode irritar a região. Também oriente a criança para que ela não estoure bolhas que podem aparecer no local. 

6) Queimadura por água viva

Em viagens à praia, fique atento! Se o acidente acontecer, lave o local com água do mar por cerca de meia hora e depois com vinagre. Para diminir a dor, coloque gelo na região e, no caso de alergia, consulte um médico. Não cometa o erro de lavar a região com água doce, isso fará com que mais veneno seja liberado. 

7) Ralados

No verão, as brincadeiras ao ar livre são mais frequentes, com isso cair e ralar alguma parte do corpo é comum. Em cortes pequenos e superficiais, a higienização pode ser feita com sabão neutro e água. Já no caso de cortes mais profundos, a criança deve passar por uma avaliação médica.

+ Como cuidar da pele e dos cabelos das crianças no verão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.