Tamanho do texto

“Esse é meu corpo de verão, qual o seu?", dispara. Considerada uma inspiração, Thaís Carla costuma escrever mensagens empoderadas sobre autoaceitação no Instagram; veja outras mulheres que também são exemplos

O que você faz para ter um corpo de verão? Malha? Faz dieta? Tudo bem. Não há nada de errado em querer perder peso ou tonificar o corpo para se sentir bonita. Mas isso não deve ser uma regra. Deixar de curtir uma praia por não se encaixar nos padrões estéticos já ficou fora de moda há muito tempo e a bailarina da Anitta Thaís Carla faz questão de te lembrar disso.

Leia também: Modelo plus size posta foto de lingerie e dá recado para quem critica seu corpo

Bailarina da Anitta mostra o que é um corpo de verão e ajuda outras mulheres a se aceitarem sem preconceitos
Reprodução/Instagram @thaiiscarlaoficial
Bailarina da Anitta mostra o que é um corpo de verão e ajuda outras mulheres a se aceitarem sem preconceitos

Sempre compartilhando mensagens de empoderamento em suas publicações no Instagram, Thaís mostrou alguns momentos de sua viagem à Bahia que são motivo de inspiração para todos os tipos de corpos. Sem vergonha de não preencher os requisitos impostos pelo dito “ corpo de verão ”, ela mostra que já passou da hora de quebrar esse preconceito e dispara: “Esse é meu corpo de verão, qual o seu?”, na legenda de uma foto em que aparece de biquíni.

A publicação feita no domingo (13), já tem quase 40 mil curtidas. Muitas pessoas aproveitaram para dizer como se sentem representadas por ela e se inspiram na maneira como a bailarina aceita seu corpo. “Depois daquela foto sua na piscina, eu encarei o preconceito e voltei a usar também”, diz uma usuária, se referindo ao biquíni, peça que já foi vista como “proibida” para pessoas gordas.

Essa não é a primeira vez que Thaís Carla fala sobre autoaceitação. Em outra foto de sua viagem ela aparece tomando um sorvete e sorrindo, de top, pochete e uma calça pantacourt, deixando a barriga à mostra e dá o recado: “Olha a militância na pochete - BOA. Por que é assim que eu estou me sentindo: ‘Toda Boa’. Barriga de fora, calça pantacourt branca e um sorriso no rosto para quem acha que existe um tipo de roupa para cada tipo de corpo!”

No fim de dezembro, a dançarina também publicou fotos em que aparece de biquíni de fitas, tomando sol para conquistar aquela “marquinha” tão almejada. “Eu sempre tive vontade de ficar com aquela marquinha para o verão, mas nunca tive coragem de ir em um espaço de bronzeamento, porque nunca vi nenhuma mulher do meu tamanho fazendo (isso é falta de representatividade), e também por muitas pessoas falarem que em mulher GORDA a fita não sustenta”, contou.

Visualizar esta foto no Instagram.

TODAS NÓS PODEMOS SER MALANDRAS #GORDA #BRONZE #effyourbeautystandards

Uma publicação compartilhada por THAIS CARLA ♡ (@thaiiscarlaoficial) em

Ela afirmou que quando recebeu o convite para fazer o bronzeamento ficou em dúvida se iria ou não, mas resolveu enfrentar a insegurança por também se inspirar no que ela representa para outras mulheres. “Eu lembrei que tem muitas meninas aqui que se espelham em mim, e que provavelmente têm essa vontade de fazer o bronzeamento com fita, mas não tem coragem. Então eu aceitei. Aceitei por mim e por vocês! VAMOS FAZER DESSE VERÃO O MELHOR DAS NOSSAS VIDAS!!!”, completou.

Influenciadoras mostram o que é um corpo de verão

Muita gente pode até discordar, mas a verdade é que a fórmula
Reprodução/Instagram
Muita gente pode até discordar, mas a verdade é que a fórmula "secreta" de como ter um corpo de verão é tendo um corpo

Além de Thaís,  outras mulheres também aproveitam as redes sociais para mostrarem que não existe um padrão de beleza certo e errado e a melhor maneira de conquistar um corpo de verão é aceitando seu próprio corpo.

Foi com a ajuda de amigas que Raissa Galvão descobriu que a forma de como ter um corpo de verão é apenas se amando
Reprodução/Instagram/rayneon
Foi com a ajuda de amigas que Raissa Galvão descobriu que a forma de como ter um corpo de verão é apenas se amando

A vida é melhor na praia e é ainda melhor quando você ama cada partezinha de você”, afirma a jovem Raissa Galvão. Pelo seu Instagram, ela contou que há um tempo jamais imaginaria que seria um pessoa a compartilhar uma foto posando apenas de maiô em uma praia.

“Eu sempre fui apaixonada por água - não é atoa que a minha brincadeira de criança era de sereia na piscina de plástico - mas raramente ia à praia porque, infelizmente, não moro tão perto assim.

“Conforme fui crescendo, além de ser longe e só poder ir com meus pais, começou a surgir uma insegurança com meu corpo, e eu falava que odiava praia, que odiava sol e odiava areia.”

Em sua busca de como ter um corpo de verão Mariana descobriu que não há tempo a perder buscando um corpo perfeito
Reprodução/Instagram/marianatorquato
Em sua busca de como ter um corpo de verão Mariana descobriu que não há tempo a perder buscando um corpo perfeito

“Gente, verão está chegando e eu quero saber: tem alguma coisa que você deixa de fazer ou usar porque tem vergonha? Eu, por exemplo, nunca usava maiô porque achava que era um atestado de gordura. E quando era obrigada a usar biquíni, escondia minha barriga e meu bracinho embaixo de vestidinhos, blusas, almofadas, enfim, tudo que desse pra esconder o meu corpo.”

O processo de descobrir como ter um corpo de praia para Mariana foi um pouco diferente, já que ela também tem uma deficiência física. O ódio que desenvolveu pelo próprio corpo, porém, começou por volta dos 11 anos, quando primos passaram a chamá-la de “gordinha”.

“Dali em diante, deixei de fazer e usar muita coisa que queria porque achava que não era pra mim. Sabotei minhas vontades e chances de ser feliz por vergonha, cheia de ódio por um corpo que eu não conseguia mudar.”

Mônica Marchette mostra que na busca de como ter um corpo de verão precisamos encarar nossas inseguranças
Reprodução/Instagram/momarchette
Mônica Marchette mostra que na busca de como ter um corpo de verão precisamos encarar nossas inseguranças

Após compartilhar uma foto em que deixa sua barriga em evidência, Mô Marchette incentivou seus seguidores a compartilhar uma insegurança que já superaram. “Precisamos sair da zona de conforto, para nos libertamos da insegurança.
dessa vez botei a barriga pra jogo.”

Com mais de 22 mil pessoas acompanhando suas fotos, ela afirma que “claro que ficou insegura”, mas a vontade de perder essa insegurança em mostrar a barriga era maior.

“Me joguei nesse biquíni lindo, cintura baixa e fio dental(duas inseguranças de uma vez só), além da parte de cima ‘cortininha’ que eu jamais usaria. Quando cheguei na praia amei tanto sentir o sol em 90% do meu corpo, todas vocês merecem um momento desse.”

No caso de Mônica, ela evidencia que, além da gente reconhecer nossas próprias características, precisamos também encarar inseguranças na busca de como ter um corpo de praia.

Leia também: Para questionar padrões de beleza, modelo publica foto de calcinha fio dental

Esses são só alguns exemplos para quem está buscando ganhar autoconfiança para colocar aquele maiô ou biquíni que tanto gosta. Lembre-se que ter um corpo que você se sinta bem é importante, mas esse pode ser o corpo que você já tem. Ficar tentando alcançar um padrão de " corpo de verão " pode acabar te fazendo perder momentos especiais. Você merece ser feliz e nenhum padrão estético pode te dizer como.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.