Tamanho do texto

"Doe sua energia para aceitar quem você é e contribuir para o mundo, sendo você", afirma Iskra Lawrence sobre a crença de que existe um "corpo ideal"

Com 4,2 milhões de seguidores no Instagram, a modelo britânica Iskra Lawrence costuma publicar fotos que mostram seu corpo. Como muitas dessas imagens acabam passando pelo  processo de edição antes de chegarem às redes sociais , os seguidores começaram a acreditar que Iskra tem o "corpo perfeito". A modelo, porém, quis mostrar que não é bem assim. 

Iskra Lawrence publicou a foto sem retoques para reafirmar que existem diferentes biotipos, mas não um 'corpo perfeito'
Reprodução/Instagram/iskra
Iskra Lawrence publicou a foto sem retoques para reafirmar que existem diferentes biotipos, mas não um 'corpo perfeito'


Para desmistificar a ideia do " corpo perfeito ", Iskra compartilhou uma foto sua usando biquíni. O registro foi feito por um papparazzi e não passou por nenhum processo de retoque, então é possível ver que a modelo, assim como a maior parte das mulheres, também tem celulites nas coxas, por exemplo. 

Na publicação, ela afirma que decidiu publicar a foto depois que viu alguns comentários de seguidores dizendo que se tiverem o corpo como o dela, eles não teriam mais problemas. "Talvez isso tenha sido dito em tom de brincadeira, mas os pensamentos se transformam em algo consciente e podem começar a afetar a nossa mentalidade, aparência e como nós nos enxergamos", escreveu na legenda. 

Iskra conta que, quando era mais nova, costumava olhar fotos de modelos que eram magras e bem-sucedidas e se comparar à elas. "Eu acreditava que se eu me parecesse com elas (incluindo a edição de foto irrealista), também teria uma carreira mais bem-sucedida, amaria a vida, seria mais feliz e a vida seria melhor. Mas esses pensamentos só me levaram à ficar instatisfeita comigo mesma, com meu corpo e com a minha vida." 

Os pensamentos negativos sobre si, fizeram com que a modelo tivesse  dismorfia corporal , um distúrbio que faz com que a pessoa não se veja como ela é na realidade. "Sou grata que eu consegui me recurar e me transformar na mulher que sou hoje, que sei o meu valor."

"Você nunca pode ser outra pessoa e ninguém pode ser você. É isso que faz de você um tipo único, então nunca esqueça que você está destinado a ser você. Doe sua energia para aceitar quem você é e contribuir para o mundo, sendo você. Deus te criou por uma razão, então deixe seu eu único brilhar e irradiar amor, confiança e suficiência", disse.

Iskra Lawrence já havia falado sobre não ter o 'corpo perfeito' antes

A modelo disse que não se envergonha de sua participação no clipe de Zayn Malik, mesmo não tendo o 'corpo perfeito'
Reprodução/Instagram
A modelo disse que não se envergonha de sua participação no clipe de Zayn Malik, mesmo não tendo o 'corpo perfeito'


Em julho deste ano, Iskra participou do clipe da música “Sour Diesel”, de Zayn Malik. Na época, ela recebeu centenas de críticas dos fãs do cantor já que, para alguns, ela não merecia esse trabalho por estar fora dos padrões de beleza e ser “grande demais”.

Em apelo aos "haters", a modelo resolveu esclarecer a polêmica, afirmando que ela realmente não tem o " corpo perfeito " e magro, como os internautas gostariam, mas que representatividade é importante. “Vamos parar de colocar limitações a nós mesmos e aos outros e começar a comemorar nossas conquistas. Não vamos nos envergonhar porque não devemos aceitar o bullying. Seja gentil com os outros e com você mesmo", disse. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.