Tamanho do texto

Na carta foi escrita por alunos na Escócia que estudavam sobre piratas

Durante uma caminhada em uma praia na Flórida, nos Estados Unidos, o casal americano Ruth e Lee Huenniger encontrou uma garrafa de plástico com uma carta dentro. Eles abriram e ficaram surpresos com o que encontraram escrito.

Leia também: Antes de morrer, australiana deixa carta aberta que vai te fazer repensar a vida

Ruth e Lee Huenniger responderam a uma carta que encontraram dentro de uma garrafa na praia e tiveram resposta
Reprodução/Daily Mail
Ruth e Lee Huenniger responderam a uma carta que encontraram dentro de uma garrafa na praia e tiveram resposta


De acordo com o portal britânico “Daily Mail”, a americana e o parceiro estavam analisando os estragos causados pelo furacão Irma – que passou pela região em setembro do ano passado – quando encontraram o objeto que chamou a atenção deles. “Lee ia jogar a garrafa no lixo, mas decidiu abri-la antes disso”, conta.

No bilhete que estava dentro do recipiente estava escrito: “Nós estamos aprendendo tudo sobre piratas e gostaríamos de ver quão longe essa mensagem pode chegar. Por favor, escreva e nos conte onde você encontrou esta garrafa”. No final tinha a informação de que aquela carta foi escrita em uma escola na Escócia.

Carta respondida 

O casal decidiu escrever para a escola e para a surpresa deles, recebeu uma resposta seis semanas depois, de uma professora chamada Fiona Cargill, de 60 anos. Atualmente, ela é aposentada e lembra que ensinava sobre piratas e fez essa atividade com as crianças na década de 1980.  

Leia também: Mãe com câncer terminal deixa carta para filhos após um deles desenvolver tumor

“Ficamos agradavelmente surpreendidos quando recebemos a resposta da professora. Nós jogamos a garrafa fora porque achamos que não íamos mais ouvir falar sobre essa história. Ela estava incrivelmente bem conservada, principalmente por estar tanto tempo no oceano”, afirma Ruth.

Mensagem resistente ao tempo

Para que a garrafa não voltasse com a maré, a professora pediu para seus amigos pescadores levassem a mensagem para soltá-la em alto mar. “É incrível! Tenho certeza de que era uma das minhas principais aulas na década de 1980. Gostava de ensinar e fazer esse projeto sobre piratas, porque ajudava a desenvolver muitas habilidades diferentes nas crianças”, expõe Fiona.

A professora fazia todos os anos uma aula especial para explicar sobre os piratas
Reprodução/Daily Mail
A professora fazia todos os anos uma aula especial para explicar sobre os piratas


Leia também: Água do mar traz benefícios para a saúde da pele; saiba o motivo

A professora não consegue lembrar que aluno escreveu o bilhete, mas brinca dizendo que, na época, não percebeu que a palavra “rua” estava escrita errada. “Também esqueci de pedir para eles colarem data na carta. Isso teria ajudado [a relembrar quando tudo aconteceu]”, fala.  O papel só resistiu todo esse tempo porque ele foi envolto por um plástico que garantiu que não sofresse danos enquanto viajava pelo mar dentro da garrafa.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.