Tamanho do texto

Ganhar mais tempo na rotina é um sonho comum. Descubra como conciliar filhos, casa, trabalho e prática exercícios e ainda ter uma folga para você

Quantas vezes você não já desejou que o dia tivesse mais que 24 horas? Cuidar dos filhos , organizar a casa, trabalhar, estudar, malhar. São tantas tarefas para realizar diariamente que é comum ter a sensação de que você não tem tempo para mais nada. Para otimizar o tempo e conseguir organizar melhor a rotina, saiba que é fundamental ter disciplina.

Sempre deixando tudo para a última hora, quem procrastina vive uma luta diária contra o relógio
Thinkstock Photos
Sempre deixando tudo para a última hora, quem procrastina vive uma luta diária contra o relógio



O especialista em inteligência motivacional e gestão de pessoas Marcus Garcia revela que muitas atitudes colaboram para a falta de tempo. Ficar adiando os afazeres, ter dificuldade de cumprir prazos e chegar frequentemente atrasado aos locais são alguns exemplos. “É fundamental estabelecer prioridades para classificar assuntos importantes e urgentes para otimizar o tempo. A classificação pode ser feita de acordo com os objetivos a serem atingidos”, afirma o especialista.

Falta de tempo 

A empresária Carolina Giglio se desdobra para cuidar do próprio negócio, da casa, do marido e das duas filhas. “Meu dia começa bem cedo . Meu despertador se chama Marina e tem 3 meses. Logo depois que ela mama e é trocada, ela volta a dormir, mas eu não posso me dar a esse luxo. Aproveito para levantar e fazer algumas coisas de casa ou checar alguns e-mails e tentar antecipar algumas pendências já que trabalho em casa, antes que a minha filha Helena, que tem 2 anos, acorde”, conta.

Por volta das 9h, a filha mais velha acorda e começa outra etapa. Entre brincadeiras, refeições, passeio no parquinho do condomínio e banho, ela ainda arruma tempo para cuidar da loja e-commerce de produtos personalizados que possui. “Durante o dia me revezo entre atendimento ao cliente, divulgação dos produtos e execução. Como não tenho empregada, minha casa fica daquele jeito! Quando eu consigo, vou juntando as coisas que ficam espalhadas pela casa e vou lavar e passar roupa”, diz.  

Organizando o tempo

Para otimizar o dia , Carolina estrutura seus afazeres. “Se no início do dia eu não começar com uma organização mínima , tudo sai uma loucura! O que eu faço para organizar meu tempo é anotar tudo. Uso um caderno e tudo que vai passando pela minha cabeça eu anoto lá como ‘a fazer’. Pode ser de casa, do trabalho, consultas, exames, anoto absolutamente tudo”, expõe.

Carolina tenta otimizar seu tempo anotando tudo que tem para fazer
Arquivo pessoal
Carolina tenta otimizar seu tempo anotando tudo que tem para fazer

Porém, entre anotar e conseguir executar há uma grande diferença. A empresária assume que centraliza muito as coisas e que muitas vezes não dá conta de fazer tudo o que planejou. “Tem dia que a frustração é grande. Demoro muito pra responder minhas clientes e acabo até perdendo vendas por conta disso. Às vezes planejo fazer 10 coisas e quando eu vejo, mal fiz uma ou duas, mas não pode desanimar”, desabafa.

O especialista Marcus Garcia aconselha elaborar uma lista com as tarefas do dia e classifica-las com grau de importância e urgência, que podem ser definidos por níveis, como baixo, médio e alto. Por exemplo, buscar o filho na escola é algo que precisa ser feito em um horário específico, então possui uma importância alta.

Para as atividades que demoram mais para ser feitas, estipule um prazo limite para finalizá-las, como organizar a dispensa da cozinha ou passar toda a roupa acumulada. Uma dica para quem trabalha em casa é tentar estabelecer um horário para resolver os problemas, pode ser quando as crianças estiverem na escola ou no soninho da tarde.

Ganhando tempo

Carolina fala que, se tivesse mais tempo , adoraria cuidar se cuidar mais, fazer a unha, a sobrancelha, hidratação no cabelo, depilação e praticar exercício físico. Ela também confessa que sente falta de ler, ir ao cinema e ouvir qualquer música diferente de "Galinha Pintadinha". “No fundo eu não me importo de abrir mão de tudo isso pelas minhas filhas, porque é uma fase única que quero passar com elas. Não que eu ache que a mãe tem que se esquecer de si, mas é fato que simplesmente não dá para fazer tudo o que gostaríamos”, explica.

+ Criar uma rotina positiva no lugar de um mau hábito é chave para mudança

Rotina agitada

A supervisora de importação Lilian Hata se desdobra em um rotina pesada. De segunda a sexta-feira, ela acorda às 4h da manhã para estar às 5h na academia. Depois, ela vai para o trabalho, onde fica das 7h20 às 17h20 e só chega em casa às 19h.

Em casa, nada de descanso. Lilian é mãe do Arthur, de apenas 9 meses, e enquanto cuida do filho, faz a janta, ajeita a casa e prepara as coisas para o dia seguinte. “No sábado eu lavo roupa, limpo a casa e faço comida para o meu bebê. No domingo passo roupa e já deixo separado as peças que vamos usar a semana inteira”, conta a supervisora.

Adiantar tarefas e lidar com imprevistos

Para conseguir realizar tudo o precisa, Lilian diz que no final de semana ela deixa tudo encaminhado para a semana que vai começar, assim fica mais fácil de seguir a rotina e ajuda caso apareça um imprevisto . “Consigo fazer tudo o que preciso, mas confesso que se tivesse mais tempo, eu dormiria, passearia mais e visitaria meus familiares com mais frequência”, revela.

Adiantar as coisas  quando você tem um tempinho livre pode tornar os dias mais tranquilos e as tarefas rotineiras podem ficar mais simples. Marcos completa dizendo que, quando um imprevisto acontecer, verifique se você realmente precisa parar o que está fazendo para realizar a nova tarefa, ou se consegue primeiro finalizar a tarefa atual para depois reorganizar as tarefas sem esquecer da importância de otimizar o tempo.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.