Tamanho do texto

Terroir Gastronomia tem criações com produtos e ingredientes regionais, como porcini, ouriços-do-mar, PANCs e o famoso marreco. Confira!

O Terroir Gastronomia tem pratos autorais, que usam e abusam dos ingredientes regionais. O menu Confiance, por variar conforme a cada estação do ano, é um processo criativo constante e virou uma forte assinatura da casa, que graças empenho do Chef Willian Vieira em valorizar a gastronomia catarinense, colocou o Bistrô em destaque no cenário nacional.

Leia tambem: 

Conheça 4 lugares para comer falafel

além da receita tradicional em São Paulo

ouriços-do-mar
Divulgação
ouriços-do-mar

Hostspot da cidade de Joinville, hoje é parada obrigatória para quem que saborear cogumelos porcini recém colhidos na época do outono/inverno, ou  ouriços-do-mar super frescos na primavera/verão. Em suas andanças pela cidade ou visitando fornecedores, é  normal o Chef identificar PANCs e trazê-las consigo para o jantar, ou outros produtos como alface do mar, codium,  pólen de abelha nativa, óleo de cúrcuma, ovas de tainha defumada e curada, enfim, a verdadeira gastronomia catarinense .



"Joinville é conhecida como a cidade das flores, acaba tenho flores comestíveis (PANCs) por todo lugar, por isso ando sempre por aí para colhê-las para meus pratos", conta Willian.  

Leia tambem: Notas Rápidas: confira os destaques da semana por Livia Clozel

Chef Willian Vieira, Terroir Gastronomia
Divulgação
Chef Willian Vieira, Terroir Gastronomia


Menu Confiance

Leia tambem:

Confira12 dicas para alcançar uma saúde perfeita

Pescada amarela com ovas de tainha defumada, com broto de bambu colhido pela manhã, temperada com pólen de abelha nativa, alface do mar e kombucha
Livia Clozel
Pescada amarela com ovas de tainha defumada, com broto de bambu colhido pela manhã, temperada com pólen de abelha nativa, alface do mar e kombucha

Chegou a minha vez de provar o tão famoso Menu! Ele veio dividido em snacks da terra : papel de cogumelos com poejo e queijo boursin; papel de batata doce de Campo Alegre com melão assado; e papel de polenta com marreco. Do mar : pupunha com peixe curado e azeitonas desidratadas; mandioca com botarga e limão; caramoela com limão sicilianoe tilapia defumada.

A entrada foi muito especial, uma pescada amarela com ovas de tainha defumada, com broto de bambu colhido pela manhã, temperada com pólen de abelha nativa, alface do mar e kombucha.


Principais

Leia tambem: 

Isenção de visto para Dubai

incentiva brasileiros a visitar o país

Confit de marreco com bolinho de aipim, com molho de mostarda e PANCs
Livia Clozel
Confit de marreco com bolinho de aipim, com molho de mostarda e PANCs

Peixe ou pato? Na dúvida os dois! O peixe poche sobre uma caminha de fatias de maça e escamas de cogumelo porcini frescos estava muito delicado. Já o confit de marreco com bolinho de aipim, regado ao molho de mostarda e PANCs, estava extremamente suculento e saboroso.

Para fechar com chave de ouro, uma sobremesa sob medida na  Gastronomia Catarinense , queijo bousin com espuma de abacate, com chip de tapioca coberto de pólen e mel trufado.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.