As crianças podem ter ideais e vontades diferentes de nós, adultos, isso faz com que contestem, reclamem, ou façam cara feia toda vez que recebem uma ordem ou mesmo uma sugestão que não gostam, ou não querem fazer, mas há crianças que são “do contra” contestam absolutamente tudo o que lhes é solicitado e estão sempre de cara feia, essas são as crianças “do contra”.

Leia também: É melhor criar crianças perfeitas ou felizes? Psicanalista discute

criança emburrada arrow-options
shutterstock
É importante que os pais sejam firmes diante de crianças "do contra"


Porque uma criança age assim?

Em algumas fases da vida dos nossos filhos é normal que eles busquem certa autonomia, quando crianças por volta dos dois aos quatro anos, e depois novamente na adolescência, existe a necessidade de contestar para conquistar seu espaço, o problema é quando a criança faz isso o tempo todo, existem alguns motivos para isso:

  • Educação muito rígida por parte de um ou dos dois pais, quando os pais são extremamente autoritários e não dão margem a criança de satisfazer nenhuma de suas vontades
  • Ciúmes, entre irmãos, de um novo irmão, do pai ou da mãe
  • Sentimento de insignificância, a criança quer ser notada
  • Observação de pai ou mãe, ou ambos, que são do contra
  • Sentimento de crescimento e amadurecimento
  • Necessidade de tomar suas próprias decisões

Leia também: Como lidar com uma criança preguiçosa?

É muito difícil para os pais lidarem com isso, você ama o seu filho, mas estar o tempo todo com uma criança emburrada e de cara feia, cansa qualquer um.

Algumas coisas você pode fazer para tentar melhorar isso e voltar a ter uma convivência agradável:

Comece oferecendo alternativas para as negativas do seu filho, se você fala pra ele ir tomar banho e ele diz não, pergunte a ele, que horas então ele gostaria de fazer isso, e tente acomodar um bom horário para os dois, se ele fizer birra e cara feia para ir brincar com os amigos, sugira que ele escolha outra atividade no mesmo horário, mas que lhe agrade, só não deixe ele “mandar” em você, na verdade o que você deve fazer é contornar os problemas para que o seu filho perceba que ele é ouvido.

Os castigos deverão ser sempre proporcionais aos atos e de acordo principalmente com a idade e entendimento da criança, ser castigado sem entender o motivo vai piorar ainda mais o problema.

Leia também: Criança também sente solidão? Saiba como lidar com a situação

Independente do que estiver acontecendo com seu filho, não tolere alteração de voz, a conversa deve sempre ser num tom ameno e de respeito entre ambas as partes.

Quando estiver muito cansado de “aturar” cara feia, simplesmente ignore, não de foco a essa conduta, é importante que a criança não pense que esta conseguindo atingir o objetivo de irrita-lo, para que não continue fazendo.

Acima de tudo isso você deve pensar em qual motivo esta fazendo o seu filho adotar esse procedimento, ele está sofrendo, e você deve ajuda-lo, é mais fácil ser feliz do que ser triste, do que sofrer, escolher o sofrimento, mesmo que de forma inconsciente, é uma maneira de dizer que alguma coisa esta errada, cabe a você como pai ajuda-lo.

    Veja Também

      Mostrar mais