A solidão já vem sendo considerada uma epidemia no mundo. Crianças, adolescentes, adultos e idosos, todos os seres humanos já sentiram ou sentirão em algum momento de sua vida.

Leia também: Como evitar que as crianças interrompam as conversas dos adultos

criança sozinha olhando para janela arrow-options
shutterstock
Crianças também pode sentir solidão; cabe aos pais saber lidar com isso

Mas, o que é solidão ? Solidão é um sentimento, uma sensação particular para cada pessoa, cada um pode descrevê-la de maneira diferente, porém a grande maioria concorda que traz um resquício de algo desagradável.

Podemos nos sentir solitários mesmo estando na companhia de muitas outras pessoas, na escola, no trabalho, na rua, geralmente quando no relacionamento não está envolvido afeto, mesmo nos relacionando com outras pessoas ainda assim sentimos solidão.

Quando nascemos já existe uma ligação afetiva com nossa mãe que foi iniciada na concepção e que levamos pela vida inteira. Essa ligação nos dá uma sensação de pertencimento, de estarmos sempre junto de alguém, mas é claro que não podemos estar juntos de nossas mães o tempo todo.

Criamos vínculos afetivos então com outras pessoas, pais, irmãos, amigos, avós, parceiros, pessoas que conhecemos ao longo de nossas vidas. E essas pessoas formam nossa rede de afetividade, preenchem nossa vida desse sentimento e nos impede de sentir solidão.

Leia também: Meu filho está de férias, e agora? Veja dicas de atividades

"O mal estar da civilização é o mal estar dos laços sociais", Freud

As crianças estão cada vez mais solitárias . As mães estão amamentado olhando para o celular e não paro os olhos dos seus filhos. Os pais estão trabalhando cada vez mais, ficam mais cansados e dão menos atenção aos seus filhos.

Crianças que moram em apartamento e não podem brincar na rua com outros amigos. Filhos únicos isolados em seus castelos, deixados de lado. As crianças brincam sozinhas, jogam sozinhas, assistem desenhos sozinhas.

O pouco tempo em que estão junto aos pais é um tempo pobre, pobre de atenção e carinho, é uma solidão imposta. Como repito sempre aqui, criança aprende pelo exemplo, e aprende a solidão pelo modo como são tratadas, infelizmente levarão isso adiante.

Observe coisas básicas para saber se seu filho é uma criança acometida pela solidão, fique atento a alguns desses comportamentos:

  • Baixa autoestima
  • Depressão
  • Alterações de peso
  • Mudança na alimentação
  • Isolamento
  • Alteração do sono
  • Baixo rendimento escolar

Leia também: Saiba a importância de sempre dizer a verdade aos filhos

As consequências da solidão na vida adulta influenciam a vida profissional e pessoal, através da dificuldade de relacionamento, e da falta de cuidados nos relacionamentos interpessoais.

Mude sua atitude com relação ao seu filho, abrace mais, sorria mais, trabalhe menos, dedique tempo exclusivo, faça de sua casa um real lar, aconchegante, cheio de amor, com atenção a família, um lugar onde o seu filho possa sentir o afeto.

O tempo passa, mas a solidão não passa, ela continua e aumenta, não é seu filho quem tem que lidar com a solidão, é você.

Solidão causa sofrimento a partir do momento que constatamos que estamos sujeitos a sentir a falta de outros, conectando-se afetivamente a outras pessoas, seus filhos também farão isso.

    Veja Também

      Mostrar mais