Para responder a essa pergunta eu poderia falar: "Gostaria de criar uma criança perfeitamente feliz". Mas, como conseguir os dois?

Leia também: Criança também sente solidão? Saiba como lidar com a situação

crianças felizes arrow-options
shutterstock
Para que uma criança seja feliz, os pais devem abrir mão de projetar seus desejos nelas

Eu diria que é difícil, quase impossível, conciliar uma coisa com outra, mas dá para chegar perto, pelo menos um pouquinho de cada um desses objetivos. Para isso, os pais terão que abrir mão da realização de alguns de seus desejos, aqueles que projetam em seus filhos.

A sociedade contemporânea está cada vez mais competitiva. Por esse motivo, é natural que os pais queiram filhos muito bem preparados para a vida adulta. Nesse anseio de melhor prepará-los, acabem exigindo demais, provocando ansiedade e projetando seus sonhos não realizados para que os seus filhos os realizem.

As crianças , por sua vez, dificilmente conseguem atingir os patamares de perfeição desejados pelos pais e se tornam crianças inseguras, tristes e infelizes.

Leia também: Como lidar com uma criança preguiçosa?

Existem algumas atitudes que podemos tomar para tentar ajudar nossos filhos a não serem infelizes:

  • Orientá-los em atividades e tarefas, e não simplesmente impor a sua vontade
  • Não exercer pressão para que façam o que você quer
  • Dar ao seu filho o seu tempo
  • Ensinar a verdadeira gratidão, e não a idealizada
  • Estimular o desenvolvimento de atividades de escolha própria e não impostas
  • Respeitar a opinião da criança
  • Ser positivo
  • Conhecer a fundo o seu filho
  • Dar amor
  • Falar "não" quando necessário
  • Dar ferramentas para melhorar, e não para alcançar a perfeição
  • Converse com a criança sobre felicidade e o que representa para ela
  • Converse com a criança sobre perfeição e o que significa para ela

Parece uma lista enorme. E é, mas a maioria dos itens já é praticada por nós no dia a dia e o fato de o praticarmos pode fazer com que consigamos um equilíbrio entre felicidade e perfeição.

Leia também: Como evitar que as crianças interrompam as conversas dos adultos

Quando a criança esta acostumada à frustração, a cometer erros e enfrentar as consequências, ela entende que a situação vai ser resolvida e não se sente infeliz a cada vez que isso acontece, mas se superprotegermos a criança cada vez que ela for frustrada, a sensação de tristeza irá se apoderar, fazendo com que sofra e acumule sentimentos de incapacidade e inadequação.

É melhor criar filhos felizes e imperfeitos, a perfeição não existe.

    Veja Também

      Mostrar mais