Conheça a decoração Japandi, que alinha elegância, funcionalidade e bem-estar
Fernando Crescenti
Conheça a decoração Japandi, que alinha elegância, funcionalidade e bem-estar




Equilíbrio e minimalismo são os dois principais pilares que guiam a decoração do Japão. O estilo escandinavo também é muito querido por unir elegância à funcionalidade das ambientações. Todos esses conceitos se unem no estilo de decoração chamado Japandi, que vem conquistando diversos adeptos ao redor do mundo.

A decoração Japandi tem como objetivo ampliar o bem-estar e o conforto por meio da maneira como os ambientes são projetados e decorados. É a união da filosofia japonesa Wabi-sabi, que representa a beleza e aceitação das imperfeições, e a escola escandinava Hygge, que diz respeito à transmissão de felicidade e alegria aos moradores pelo décor.


Muito além da estética, o estilo busca reforçar a importância de um lar em que os moradores possam se sentir felizes, seguros e em paz. “O estilo caiu nas graças justamente por trazer um olhar diferente para as nossas casas. Ele ressalta o desejo de usufruirmos os ambientes com muito mais comodidade, especialmente nesse período de confinamento que seguimos vivendo”, afirma Bruno Moura, um dos sócios do escritório Blaia e Moura Arquitetos.

Decoração minimalista


O minimalismo entende que o estilo de decoração ideal é o "menos é mais" , ensinamento apropriado pelo Japandi. Os ambientes costumam ter poucos elementos, isto porque a decoração tem como prioridade construir ambientes fluidos e aderir a móveis funcionais.

Desta maneira, esse tipo de décor pode atrair quem tem uma metragem reduzida. Cada pedaço do imóvel será desfrutado e a disposição de móveis e itens decorativos será pensada para criar uma atmosfera acolhedora e suave.

Você viu?

“Mesmo com poucos móveis, a distribuição proposta pelo Japandi agrega personalidade, pois ele tem uma característica singular”, afirma Lucas Blaia.

Elementos naturais


A priorização de elementos naturais, seja em móveis ou objetos decorativos, é um ponto importante da decoração Japandi. Os arquitetos sugerem materiais como vime, bambu, madeira e fibras para estreitar a conexão com a natureza. Peças artesanais e mobiliários mais antigos podem ser acrescentados ao ambiente para evocar ares mais bucólicos.

Moura explica que os elementos naturais podem tornar a decoração mais agradável. “Itens naturais e artesanais como o crochê e a corda, além de tecidos como o linho e o algodão, se encaixam perfeitamente nesse pensamento de construir ambientes que acolhem os moradores”, explica.

Cores claras


As cores em tonalidades mais claras são muito presentes nas decorações escandinavas e são muito empregadas na Japandi. Essas cores são capazes de salientar sutileza e brandura nos espaços.


Blaia afirma que, em relação às paredes, é importante levar em conta cores que se harmonizem com os elementos decorativos e a mobília. Assim, se evita a poluição visual. “As cores seguem na mesma linha com paletas cromáticas serenas mescladas com tons terrosos, branco, cinza e rose”, afirma.

Iluminação natural


A janela é uma das partes mais importantes da casa na decoração Japandi, já que é por ela que se consegue iluminação natural, fator determinante para arrematar este estilo de décor. Aqui no iG Delas, já ensinamos 7 maneiras de deixar a casa mais iluminada sem fazer reformas e nem gastar muito , o que pode ajudar a cosneguir o efeito desejado.

A maneira de "vestir" as janelas também diz muito. Em vez de optar por cortinas de tecidos pesados, escolha versões mais suaves que vão garantir privacidade e evitar incômodos, mas que não impeçam totalmente a entrada da luz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários