Bem-estar, pele natural e menos procedimentos estéticos invasivos; confira as tendências para 2021
Unsplash
Bem-estar, pele natural e menos procedimentos estéticos invasivos; confira as tendências para 2021



No universo do  skincare as tendências se renovam a cada temporada. As dermatologistas Cintia Cunha e Ana Lívia Bagatini e a farmacêutica e CEO de uma marca de cosméticos, Fernanda Chauvin, apontam as principais tendências de skincare neste ano de 2021. Confira.


Os cuidados com o olhar

Com a pandemia e a utilização das máscaras, os cuidados para realçar as áreas dos olhos vem ganhando destaque. A busca pela sobrancelha mais elevada e um olhar mais bonito estão entre as tendências mais procuradas. 

A dermatologista Cintia Cunha explica a toxina botulínica (o botox) é o artifício mais utilizado para obter este efeito, mas não é o único. Além dele, os bioestimuladores aplicados na região próxima ao couro cabeludo dão um efeito de elevação da sobrancelha e ajudam na produção do colágeno.

Para esta área do rosto a dermatologista indica ainda o uso de cremes para clareamento, drenantes e com ácido retinóico para atenuar olheiras, bolsas e pés de galinha. Sem esquecer, é claro, do protetor solar e óculos escuros, que auxiliam na prevenção do envelhecimento da pele facial .


O realçar da pele natural

Cintia Cunha diz que as pessoas estão buscando tratamentos mais simples e rápidos. “Passar apenas um protetor solar e se sentir bem com o espelho”, explica. Uma das opções em alta para conquistar uma pele mais lisa e viçosa, são os BB laser, tratamentos que visam fechar os poros e trabalhar a luminosidade da pele com efeito de “BB cream”. Essa tecnologia utiliza o laser de thulium e tem a recuperação e resultados mais rápidos que outros procedimentos. 

Você viu?

Wellness e a harmonia entre bem-estar e beleza estarão em alta nas rotinas de skincare em 2021
shutterstock
Wellness e a harmonia entre bem-estar e beleza estarão em alta nas rotinas de skincare em 2021



Wellness

Para a farmacêutica, Fernanda Chauvin, este ano o skincare estará muito focado no bem-estar. A tendência é que o consumo seja voltado para a autoestima com fortes pilares no wellness , estilo de vida que busca o bem-estar e saúde.

“A beleza será a harmonia entre a pele e a mente. De forma que parecer saudável será mais importante do que parecer jovem”, explica. Sendo assim, produtos com formulações ou que desencadeiam processos desconfortáveis deverão ser repensados.

A profissional aposta na alta de produtos com apelo ao bem-estar como os relaxantes, com bom desempenho sensorial. Os nutricosméticos terão um papel chave no mercado, pensando em suplementos que estimulam a beleza funcional e trazem benefícios nutricionais para a pele, de dentro para fora.

Menos é mais

Para a dermatologista Ana Lívia Bagatini, a tendência na área de dermatologia é a naturalidade nos procedimentos, com preferência para os menos invasivos, menos dolorosos e com menos tempo de recuperação. Segundo Chauvin, a tendência é uma queda na tendência de produtos injetáveis e procedimentos invasivos, pois “a busca estará ligada a corpo e pele saudáveis e que envelhecerão com qualidade e saúde”. Opções mais naturais e cuidados a longo prazo estarão em alta, como auto-massagem lifting.

Tendência para 2021: produtos naturais e que brinquem os os cinco sentidos
Freepik/reprodução
Tendência para 2021: produtos naturais e que brinquem os os cinco sentidos



Despertar dos cinco sentidos

Produtos que tenham apelo forte à visão, paladar, olfato, tato e audição serão um sucesso no mercado de skincare. O cheiro será um dos pontos chaves na produção de dermocosméticos neste ano, segundo Chauvin. A tendência é que os produtos que utilizem cheiro estejam ligados a ingredientes que remetem à natureza. A presença de óleos essenciais nas formulações tende a crescer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários