Com o passar do tempo, é comum que mulheres e homens notem os sinais do  envelhecimento de pele e cabelos . Os sinais de expressões e as rugas começam a ficar mais marcados no rosto, a pele resseca com mais frequênci, os fios de cabelo parecem ficar mais ralos e sem formato. Isso sem falar nos cabelos brancos . Essas são só algumas queixas da inevitável passagem do tempo.

mulher olha no espelho e estica suavemente os olhos com os dedos indicadores arrow-options
shutterstock
Apesar de não ser possível evitar o envelhecimento de pele e cabelos, existem cuidados capazes de postergá-lo




Segundo a dermatologista e tricologista Kédima Nassif, os cabelos possuem seu próprio ciclo: no começo da vida, os fios são finos e sem pigmentação. Esses fios começam a adquirir tonalidade e volume conforme o nosso crescimento. Então, entre os 50 e 55 anos, se inicia o processo de afinamento; até que, aos 60, os fios perdem o volume e a pigmentação novamente. 

Leia também: Não é mito: o estresse pode causar cabelos brancos

Quanto à  pele , o dermatologista Jardis Volpe esclarece que o tipo de pele muda ao longo da vida e pode sofrer alterações de textura e aparência. Os motivos podem variar entre alterações hormonais, alimentação, uso de medicamentos e mudanças de estação.

No entanto, segundo o médico, o processo de envelhecimento é resultado de alterações que ocorrem no tecido cutâneo. Com o passar do tempo, as fibras de colágeno e elastina, que sustentam nossa pele, se quebram. Além disso, a produção de óleo pelas glândulas sebáceas começa a cessar, podendo deixar a pele ressecada, fina, flácida e sem brilho.

Hábitos que ajudam a retardar o envelhecimento da pele e dos cabelos

Essas alterações são inevitáveis, já que o processo de envelhecimento naturalmente acontece com todas as pessoas. Inclusive, o Delas já falou sobre as 5 principais causas para a pele ficar velha . No entanto, é possível adotar (ou abandonar) certos hábitos para manter a saúde e o aspecto jovem da pele e dos cabelos. Veja algumas dicas.

1. Tenha uma dieta balanceada

fatias de abacate arrow-options
shutterstock
O abacate é uma das frutas ricas em vitaminas - incluindo a vitamina C - e antioxidantes, que contribuem com o antienvelhecimento


É importante contar com uma alimentação repleta de nutrientes capazes de fortificar os fios e deixar a pele saudável. A vitamina C é a principal quando o assunto é retardar o envelhecimento, então pode apostar em vegetais e frutas como laranja, kiwi, morango e manga.

Leia também: 20 alimentos que deixam a pele, o cabelo e as unhas mais bonitos

2. Mantenha-se hidratada

copo de água; ao lado está uma rodela de laranja arrow-options
shutterstock
É importante beber dois litros de água por dia para que os cabelos e a pele mantenham absorvendo os nutrientes corretamente


Sem água suficiente, nosso corpo é incapaz de desenvolver uma série de funções da maneira correta. Isso inclui a absorção de nutrientes para equilibrar a pele e o cabelo. É importante ingerir no mínimo dois litros de água por dia.

No caso da pele, existem algumas cápsulas que podem dar uma ajuda extra. “Fosfolipídeo de Caviar (FC Oral) são indicadas, pois tem alto poder anti-inflamatório e boa concentração de ômegas, garantindo hidratação de dentro para fora”, diz Volpe.

3. Evite fumar

mulher quebra cigarro ao meio arrow-options
shutterstock
O tabagismo pode atrapalhar a chegada de nutrientes à raiz do cabelo e traz rugas profundas à pele


O cigarro é um dos contribuidores para o envelhecimento de pele e cabelos antes do tempo. No caso dos fios, o tabagismo atrapalha o fluxo sanguíneo e impede que os nutrientes necessários para mantê-los saudáveis cheguem à raiz. No caso da pele, a produção de colágeno é afetada, o que pode causar flacidez e rugas profundas.

Leia também: Dicas para se livrar de vez do cigarro

4. Use protetor solar e protetor térmico sempre

mulher com toalha na cabeça passa creme no rosto arrow-options
shutterstock
Inclua protetor solar FPS 30 e protetor térmico na rotina de cuidados com a pele para preservar o aspecto jovem


Para manter o aspecto jovial, tanto os cabelos como a pele precisam de cuidados redobrados para se expor ao calor. Lavar os fios com água morna ou fria e usar protetor térmico antes de secar os cabelos são algumas medidas para preservar os nutrientes e a textura dos fios.

No caso da pele, use sempre protetor solar. “A fotoproteção deve ser realizada diariamente com protetor solar FPS 30, que deve ser reaplicado a cada duas horas”, diz Volpe.

5. Evite alguns procedimentos capilares

cabeleireira realiza descoloração em cabelo arrow-options
shutterstock
Certos procedimentos capilares, como a descoloração, podem danificar os cabelos e envelhecê-los


Alguns tratamentos químicos feitos em excesso, como alisamentos e descolorações, podem danificar severamente os fios. “Se feitos de forma incorreta, os procedimentos podem alterar a estrutura dos cabelos de um modo negativo, causando ressecamento, quebra e opacidade a longo prazo”, alerta Kédima. E tem mais: a densidade dos fios ainda pode diminuir, tirando o movimento dos cabelos.

Leia também: Aprenda o passo a passo para reconstruir os cabelos em casa

6. Limpe bem a sua pele

mulher limpa a pele na pia do banheiro arrow-options
shutterstock
Inclua em sua rotina de skincare cosméticos que contenham em sua fórmula vitaminas E, C e A


É importante higienizar a pele diariamente, ao menos duas vezes ao dia . Segundo Volpe, vale a pena incluir na rotina de skincare cosméticos formulados com ingredientes como antioxidantes, que são moléculas antienvelhecimento. Para identificá-los, “basta procurar no rótulo dos cosméticos ativos como o Expo-P, Alistin, Resveratrol e as vitaminas E, C e A”, explica o médico.

Lembre-se: sempre consulte um especialista

Para conseguir retardar com eficácia o envelhecimento de pele e cabelos , é importante sempre buscar um profissional. Volpe argumenta que dermatologistas podem receitar fórmulas com efeitos de anti-idade de dentro para fora. 

Kédima reafirma que cada cabelo tem suas particularidades. O tratamento incorreto pode ser ineficiente ou até mesmo agravar o problema dos fios. Então, sempre converse com o especialista de confiança!

    Veja Também

      Mostrar mais