Tamanho do texto

A adolescente quer se tornar a adulta com os cabelos mais longos do mundo e, mesmo há tantos anos longe da tesoura, não pretende cortar os fios; veja

Nilanshi Patel, de 17 anos, bateu o próprio recorde do Guinness World Records e se tornou pela segunda vez a adolescente com os cabelos mais longos do mundo. Em 2018, ela já havia ganhado um certificado, exibindo fios de 1,7 metro de comprimento. Agora, com cabelos de 1,9 metro de comprimento, a "Rapunzel" indiana chama atenção por onde passa.

Leia também: Rapunzel "real" lava o cabelo uma vez por semana e leva 10 horas para secá-lo

Nilanshi arrow-options
Reprodução/The Sun
Os cabelos da 'Rapunzel' da Índia medem quase dois metros de comprimento; ela bateu dois recordes mundiais

Ao The Sun , a jovem de Gujarat, Índia afirma que ama os longos fios e acredita que eles são "uma benção". Nilanshi conta que não corta os cabelos há 11 anos, mas o comprimento de quase dois metros ainda não são suficientes - e, por isso, ela não pretende ver uma tesoura tão cedo.

Segundo ela, a intenção é bater o recorde de adulta com o cabelos mais longos do mundo e entrar para o livro dos recordes pela terceira vez. 

Leia também: Mulher diz que manteiga de amendoim é segredo para cabelo digno de Rapunzel

Rotina para cuidar dos cabelos de 1,9 metro

Nilanshi arrow-options
Reprodução/Instagram/guinnessworldrecords
Nilanshi bateu dois recordes no Guinness como a adolescente com os cabelos mais longos do mundo

A adolescente diz que dá bastanta trabalho manter fios tão longos saudáveis e bonitos. Para isso, ela mantém uma rotina, que inclui usar um óleo feito com "ingredientes secretos" pela mãe dela, e lavar uma vez por semana. Para secar e pentear, ela demora uma hora e meia. 

Leia também: Com fios de 1,8 metro, "Rapunzel" da vida real não lava o cabelo há quase 20 anos

No dia a dia, Nilanshi faz tranças ou coques para evitar que os cabelos fiquem embaraçados ou com nós, e também para que ela não pise nas pontas - já que tamanho dos fios é maior do que a altura da moça. "É uma parte do meu corpo e sou orgulhosa disso", finaliza.