Tamanho do texto

Existem fatores que influenciam na eficácia desses cremes, como seu tipo de pele, grossura dos pelos e até o tempo que eles demoram para crescer

Diferente de outras técnicas, os cremes depilatórios são os que prometem remover os pelos de forma indolor. Mas apesar do modo de usar ser bem simples — basicamente é passar, esperar o produto fazer efeito e depois remover durante o banho —, sempre fica uma dúvida: o produto é eficaz?

Leia também: Confira 3 dicas para evitar bolinhas na pele depois de fazer depilação com lâmina

cremes depilatórios arrow-options
shutterstock
Segundo especialista, os cremes depilatórios funcionam como método de depilação paliativa, pois os pelos crescem rápido

Ao Delas , a fundadora e CEO do Instituto Pello Menos Regina Jordão explica como os  cremes depilatórios funcionam. "O produto quebra a estrutura da queratina, que são as proteínas do pelo, através de compostos químicos. Assim, ele acaba dissolvendo-o de forma rápida até um pouco abaixo da superfície da pele", completa. 

Assim, ao aplicar o creme nas penas, axilas, buço ou qualquer outra área do corpo que queira depilar, a recomendação é esperar um tempo (entre 8 e 15 minutos) para que esses compostos químicos fazerem efeito antes de remover o produto da pele. Geralmente, esse modo de uso está descrito na embalagem e é bastante prático. 

A eficácia, porém, vai depender de outros fatores, como o tempo demora para o pelo crescer e se o produto é capaz de remover todos os pelos daquela área, por exemplo. Em alguns casos, principalmente de mulheres que tem pelos mais escuros e grossos, ainda "sobram" áreas não-depiladas mesmo depois do tempo máximo indicado para ficar.

Nota da redação: A repórter que está escrevendo esse texto testou cremes de várias marcas, como Veet, DepiRoll e Avon. Com a frequência de uso, todos perderam efeito nos pelos. 

Segundo a profissional, isso significa que o produto é bom como uma medida paliativa — já que ele não remove o pelo pela raiz. "Todos os cremes funcionam da mesma forma, mas, no geral em até 3 dias a pessoa já vai estar com o pelo novamente aparente. Porém, quando o método escolhido não remove o pelo pela raiz ou até mesmo pelo bulbo, ele vai ser eliminado de forma parcial do corpo. Existem outros métodos onde os pelos demoram mais para crescer."

Sua pele também influencia os resultados dos cremes depilatórios

cremes depilatórios arrow-options
shutterstock
A sua pele influencia os resultados dos cremes depilatórios, já que é ela o que define qual melhor produto para sua depilação


Outra questão que também está diretamente ligada à essa eficácia é o seu tipo de pele. "Pela facilidade de adquirir o produto, muitas pessoas acham que podem comprar qualquer um que a facilidade no resultado vai ser o mesmo, porém não é bem assim", diz Regina. 

"Existem vários tipos de pelos e peles, cada um com os seus diferentes tipos de sensibilidade, sendo assim é importante encontrar o produto mais adequado, testando uma quantidade de creme em uma pequena parte do corpo para ver se causa algum tipo de irritação ou alergia."

Na hora de escolher o melhor, ela recomenda procurar por aqueles sem álcool ou químicos agressivos na composição para não causar algum tipo de irritação durante a  depilação . "É indicado fazer uma esfoliação no pré-depilatório, pois auxiliam a remoção dos pelos. Para o pós, cremes com extratos de camomila auxiliam no fechamento dos poros”, acrescenta.

A profissional ressalta que os cremes depilatórios não devem ser aplicativos em regiões mais sensíveis , já irritadas ou machucadas. "Se quiser usar, procure uma orientação profissional de um dermatologista antes de sair comprando qualquer produto", finaliza.