Tamanho do texto

Imagens chocantes da reação ao procedimento foram divulgadas pela própria jovem em seu Facebook; ela ressalta que chorou de tanta dor

Jasmine Schofield, de 19 anos, da Inglaterra, ficou em choque após ter o couro cabeludo queimado enquanto fazia a descoloração do cabelo. A jovem diz que pagou 95 libras - aproximadamente R$ 460 - para uma cabeleireira fazer o procedimento, mas conta, em uma publicação do Facebook, que a profissional a deixou de lado por mais de 90 minutos.

Leia também: Mulher faz procedimento estético e fica com "quatro" sobrancelhas

couro cabeludo queimado
Reprodução/Facebook/The Sun
Jasmine Schofield ficou com o couro cabeludo queimado após fazer um procedimento de descoloração com uma cabeleireira

De acordo com Jasmine, a profissional disse que era “normal” a queimação que ela estava sentindo no couro cabeludo . No entanto, quando a dor começou a ficar mais intensa, ela foi até o hospital. Médicos disseram que ela teve queimaduras severas e recebeu um gel para ajudar a tratar a área.

"Parecia que eu tinha um monte de insetos rastejando por toda a minha cabeça. Estava coçando e queimando muito", diz Jasmine para a agência Kennedy News and Media . “Eu faço descoloração no meu cabelo há sete anos e nunca tive reação em todo esse tempo. Os médicos ficaram surpresos que o meu cabelo não havia caído”, completa.

Ela diz que, mesmo que não tenha sido de forma intensa, alguns fios se soltaram. Jasmine ainda conta que a cabeleireira foi indicada por amigos. “Nós falamos sobre o que eu queria fazer, então ela começou a aplicar o descolorante . Depois de cinco ou dez minutos, começou a queimar e ficar muito desconfortável”, explica.

Leia também: Preenchimento labial dá errado e blogueira quase perde o lábio

Jasmine Schofield
Reprodução/The Sun
Jasmine divulgou diversas fotos no Facebook para mostrar o resultado do procedimento e explicar toda a história

“Ela me perguntou se eu estava me sentindo bem e eu disse ‘não, está começando a queimar um pouco’, então ela me disse para eu aguentar o máximo que eu pudesse. Ela me deu uma bebida e eu não a vi mais por mais de uma hora. Ela apenas me deixou e eu estava sozinha”, completa.

Naquela noite, bolhas começaram a aparecer e a jovem pediu ajuda para a profissional. A mulher informou que era normal e a mandou aplicar condicionador de coco e deixar de quatro a cinco dias, sem lavar os fios durante esse tempo.

"Quando cheguei em casa, meu noivo ficou realmente chocado porque não achava que era tão doloroso quanto eu falava. Eu estava chorando e dizendo 'algo definitivamente não está certo'”, afirma.

Mesmo com a aplicação do gel como recomendação médica, Jasmine permaneceu com dor por uma semana. "Meu couro cabeludo está seco e descamando o tempo todo enquanto se repara. Meu cabelo é como um cobertor de segurança para mim. É tão longo. Tem crescido por anos e anos e, de repente, está quebrado”, aponta.

Ela ainda diz que não irá mais tingi-lo por até um ano pois sente que está muito frágil, além do medo que ele caia novamente.

Leia também: Corte undercut dá errado e revolta: "Destruiram meu cabelo e minha autoestima"

A cabeleireira em questão, que trabalha em casa, negou ter abandonado Jasmine por mais de uma hora e explica: "Sou cabeleireira há nove anos. Eu definitivamente não permitiria ela ficar com dor e eu não a deixaria sair assim. Quando ela saiu, não havia nada lá. Eu realmente sinto muito”, expõe a profissional sobre toda a situação envolvendo o couro cabeludo da jovem.