Tamanho do texto

Fugir de banhos quentes e apostar na hidratação são formas de manter tanto o cabelo quanto a pele bonitos e saudáveis durante o outono e o inverno

Apesar de o inverno estar apenas batendo à nossa porta, muitas regiões do Brasil já encaram dias frios. Além do clima gelado, estações como essas também são marcadas pela secura do ar, o que, como qualquer outro fator ambiental, afeta funcionamento do organismo.

Leia também: Descubra como conseguir um cabelo longo, bonito e saudável

Além de frio, o clima durante o outono e o inverno também fica seco, promovendo a perda de água nos cabelos e na pele
Shutterstock
Além de frio, o clima durante o outono e o inverno também fica seco, promovendo a perda de água nos cabelos e na pele

A pele e os cabelos, por sua vez, não escapam dessa mudança climática. No frio , eles se tornam mais ressecados e requerem alguns cuidados especiais para que se conservem bonitos e saudáveis. Confira algumas dicas do que é importante fazer durante essa época gelada do ano:

Cabelos

Durante climas mais gelados, os fios de cabelo passam por um processo de perder água, fazendo com que fique mais murcho, ressecado e opaco.

Para evitar que os fios sejam prejudicados pelo frio, é necessário apostar em hidratação e produtos naturais
Shutterstock
Para evitar que os fios sejam prejudicados pelo frio, é necessário apostar em hidratação e produtos naturais

De acordo com a especialista em tratamentos capilares naturais do SpaDios Renata Souza, há alguns procedimentos que podem ajudar a reverter os efeitos desse processo. 

Hidratação é a palavra-chave

De acordo com Renata, essas estações requerem que os cabelos sejam hidratados e, para isso, é necessário trocar a dupla xampu-condicionador que você usa normalmente e optar por cosméticos hidratantes. Renata afirma que uma boa dica é procurar produtos que tenham substâncias como óleo de jojoba e de castanha-do-Pará na composição, já que elas não só ajudam a devolver a água que os fios perdem como também promovem nutrição e, consequentemente, maciez.

Hora do detox

De nada adianta hidratar os cabelos sem antes fazer a higienização correta, tanto deles quanto do couro cabeludo. Promover uma limpeza profunda prepara o cabelo para receber os nutrientes da hidratação, e, para isso, o detox capilar é ideal. “Esse tratamento livra os fios e o couro de resíduos de xampu, finalizadores, poluição e tudo que se acumula neles”, afirma Renata. Tratamentos assim (que devem ser feitos ocasionalmente) ajudam a conquistar maciez, brilho e fugir do aspecto seboso que muitas vezes toma conta dos cabelos após um processo de hidratação.

De acordo com a especialista, o detox capilar pode ser feito tanto em salões quanto em casa, com produtos naturais. Ela afirma que o tratamento feito por profissionais tem mais eficácia, mas, caso você queira apostar em um detox caseiro, é importante avaliar a necessidade do procedimento com um especialista. Feito isso, você pode seguir a receita a seguir:

  • Misture meia xícara de vinagre de maçã, meia xícara de água e um ramo de alecrim ou sálvia;
  • Com o cabelo seco, divida os fios em mechas finas e espalhe a solução no couro cabeludo utilizando um pincel ou um chumaço de algodão;
  • Após aplicar a mistura em toda a superfície do couro, é necessário deixar a mistura agir por dez minutos, massagear a região e enxaguar utilizando os produtos de costume.

Fuja dos banhos quentes

Por mais que a ideia de tomar um banho bem quentinho, daqueles que lotam o banheiro de vapor, seja tentadora em um dia frio, as madeixas podem sair prejudicadas desse processo. “A água quente dilata as cutículas dos fios, deixando os cabelos opacos e ressecados”, afirma a especialista. De acordo com ela, um jato de água fria nos fios ao final do banho ajuda a selar as cutículas e deixá-los mais brilhantes, mas adotar uma temperatura morna e agradável já é o suficiente para mantê-los saudáveis.

Pretinho básico e saudável?

Se você está pensando em mudar a cor dos fios durante essa estação ou tem luzes e não tem tempo de cuidar intensamente do cabelo, é hora de apostar em tons mais escuros. O processo de descoloração naturalmente deixa os fios mais ressecados, enquanto tons mais escuros promovem o fechamento das escamas capilares, evitando esse processo. Além disso, a especialista afirma que cabelos escuros combinam mais com o frio.

Aposte em produtos natureba

Segundo Renata, é uma boa ideia aproveitar o friozinho para deixar de lado os cosméticos capilares com ingredientes sintéticos e os processos químicos como a escova progressiva ou outros tipos de alisamento. Ela afirma que produtos e procedimentos como esses intensificam ainda mais o ressecamento dos fios e do próprio couro cabeludo em si. Nesse momento, o ideal é apostar em xampus, condicionadores, cremes e finalizadores mais naturais.

Volume

A especialista afirma que, com a queda na umidade do ar, o cabelo tende a perder o volume e o balanço. Nesse caso, ela indica o uso de produtos que deixem o fio mais leve para recuperar a forma natural dos cabelos. “Dentre os [produtos] compostos por ingredientes naturais, a pitanga é recomendada para essa finalidade”, recomenda Renata.

Leia também: Saiba quais são os cuidados com a pele em cada idade

Pele

Assim como ocorre com os cabelos, a pele também sofre algumas mudanças com o frio, tornando-se mais ressecada, áspera e podendo até descamar em algumas áreas. Esse ressecamento, por sua vez, pode promover um aumento na produção de óleo nas pessoas que, por natureza, já têm a pele oleosa.

Assim como os cabelos, a pele também resseca no frio e requer cuidados especiais para se manter vistosa
Shutterstock
Assim como os cabelos, a pele também resseca no frio e requer cuidados especiais para se manter vistosa

De acordo com a dermatologista Catarine Padoveze, isso pode fazer com que a dermatite seborreica (descamação da pele) e outras doenças piorem. Para que isso não aconteça, a especialista dá algumas dicas.

Definitivamente fuja dos banhos quentes

Não são só os cabelos que sofrem quando você decide tomar um banho escaldante, seja no frio ou no calor. A água quente também promove o ressecamento da pele, então é importante optar por temperaturas mais amenas.

Evite agredir a pele

De acordo com a dermatologista, usar sabonete demais na hora do banho ou esfregar a pele com buchas na hora do banho retira a hidratação natural da pele. Segundo ela, o mais indicado é buscar um sabonete de composição mais hidratante e deixar as esponjas para outra hora.

Você é o que você come

De acordo com a dermatologista, ingerir bastante água e adotar uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras também é algo importante para ter uma pele hidratada e vistosa.

Protetor solar continua sendo importante

Mesmo em dias nublados ou chuvosos, o protetor solar é essencial. A dermatologista indica procurar um produto que, além de proteger contra os efeitos dos raios solares, também seja hidratante.

Leia também: Confira 20 alimentos que deixam a pele, cabelos e unhas mais bonitos

Aposte em produtos hidratantes

Para evitar que a pele fique áspera e esbranquiçada em razão do ressecamento promovido pelo clima, é importante aplicar produtos hidratantes em todo o corpo. É indispensável utilizar um creme hidratante logo após o banho e dar atenção especial às áreas mais ressecadas, como cotovelos e joelhos. Além disso, mascar uma consulta com um dermatologista para descobrir qual é o produto ideal para o seu tipo de pele também é importante.

Dar uma atenção especial aos lábios durante o frio  também é essencial, já que o clima gelado pode fazer com que eles ressequem e rachem, o que, muitas vezes, acaba gerando feridas desagradáveis. A dica aqui é usar e abusar dos protetores e hidratantes labiais, como a manteiga de cacau.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.