null
Banco de Imagens/Pexels
undefined

Você já se perguntou por que os seus relacionamentos ou encontros nunca dão certo?  Uma pesquisa do app de relacionamentos Inner Circle, indica que 3 em cada 4 pessoas (72%) têm um ‘tipo’ ideal.  sendo assim, os solteiros já sabem exatamente o que querem antes mesmo de começar a procurar por alguém, criando um ciclo vicioso em seus relacionamentos, onde eles insistem em sair com os mesmos tipos de pessoas esperando resultados diferentes. 

Na pesquisa esse tipo de comportamento é chamado de groundhopping,em referência ao filme "Feitiço do Tempo" (Groundhog Day, em inglês). No filme, o personagem principal fica preso no tempo e revive o mesmo dia várias e várias vezes, fazendo as mesmas coisas, apenas esperando sair do loop temporal. É o que a maioria das pessoas faz em seus relacionamentos: repete a mesma experiência muitas vezes, se relacionando com pessoas parecidas e vendo a relação naufragar com todas elas. 

Segundo a pesquisa, 4 em cada 5 solteiros relatam que sair como seu "tipo ideal" não está indo tão bem – apesar de ter alguns bons encontros, ninguém os surpreende e eles não têm certeza do porquê não dá certo. Apenas 18% dos solteiros dizem que vão a muitos encontros legais.

Para Charly Lester, especialista em relacionamentos, a aparência física não deveria ser levada em conta como um tipo ideal, porque ela se torna irrelevante na hora de uma boa conversa e da construção de um bom relacionamento. 

“Não me lembro da última vez que ouvi falar que se relacionar com um ‘tipo’ funcionou. Para a maioria das pessoas, quando pensam em seus melhores encontros, é com alguém que os surpreende - alguém que normalmente não sairiam. E a realidade é que uma certa altura ou cor de cabelo não deve ser um tipo. Esses fatores não contribuem para uma conversa mais interessante ou uma conexão mais forte. Os solteiros precisam descartar essa maneira de pensar e parar de praticar groundhogging”, diz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários