Costumamos levar adiante algumas ideias sobre sexo que nem sempre são verdade; que tal deixá-las em 2019?
shutterstock
Costumamos levar adiante algumas ideias sobre sexo que nem sempre são verdade; que tal deixá-las em 2019?


Você já muito provavelmente já ouviu falar sobre a ‘chuca’.  Voltado para a prática do  sexo anal , a ‘chuca’ nada mais é que a limpeza do ânus antes da relação, para evitar qualquer constrangimento durante o ato. Para saber mais sobre o assunto, conversamos com a fisioterapeuta especialista em fisioterapia pélvica e colaboradora da Sexo Sem Dúvida, Daniele Varela. Confira. 



Como fazer a chuca? 


Existem duas formas de fazer a chuca: com o chuveirinho e a ducha higiênica. O primeiro passo antes de começar o procedimento é lubrificar a região do ânus, pois como não tem a lubrificação natural, ele precisa estar bem lubrificado antes de qualquer tentativa. 

Você viu?

Varela explica que a do chuveirinho é muito usada, porém não é recomendada. “- Pode ter bactérias no chuveirinho e a região anal é super sensível, você pode se machucar e entrar muita água levando a sérias complicações”, esclarece. 

Para evitar qualquer problema, a ducha higiênica é o método indicado. Ela pode ser encontrada tanto em sex shops como em farmácias. “Deve ser colocada água mineral até a indicação, na cânula passa um lubrificante a base de água e insere no ânus. Aperte de uma vez e conte até 10 e retire apertado (não pode soltar). Vá até o vaso sanitário, conte até 10 novamente e despreze essa água. Não é bom fazer uma força de expulsão porque você só vai retirar essa água com resíduos fecais. Repita esse processo até a água sair clara e limpa”, explica Varela. 

Outra coisa importante que precisa ser falado, é que a chuca não pode ser feita todos os dias, pois altera a flora intestinal. “O fluxo intestinal aumenta o risco de doenças anorretais, fissuras anais e hemorroidas. Nesse caso você pode optar por uma lavagem mais simples, com o dedo você faz uma boa limpeza no esfíncter anal externo”, diz a especialista. 


O que não fazer na hora da chuca? 


Agora que você já sabe como fazer a chuca, existem algumas coisas que não são aconselháveis de serem feitas durante o processo. Uma delas é durante o processo, na hora que você colocar a cânula no ânus, você aperta a ducha e tem que manter assim por 10 segundos antes de retirar. “Se você soltar vai fazer vácuo e você vai se machucar”, explica Varela.  

Outra coisa que não pode ser feita é compartilhar a ducha com outra pessoa. Cada uma tem que ter a sua. “ Já foi comprovado cientificamente que que o uso compartilhado de ducha higiênica transmite hepatite A e B”, explica. 

É importante lembrar que fazer a ‘chuca’ é um método de higiene, mas não substitui o uso de preservativos durante o sexo anal. “Nada melhor que conversar com a pessoa e explicar que pode sujar com as fezes, mas é primordial o uso do preservativo para  evitar de IST’s e infecções”, encerra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários