A quarentena acabou distanciando alguns casais que por alguma razão não podem estar juntos no mesmo espaço. Se isso aconteceu com você, é possível que já esteja sentindo os efeitos da relação esfriando e a sexualidade sendo deixada de lado. Para a terapeuta de relacionamentos Rosângela Matos (@descomplicandorelacoes), apesar das dificuldades, o casal não pode deixar a peteca cair. 

Leia também: Em tempos de isolamento, como o casal pode lidar com a distância?

mulher no celular arrow-options
shutterstock
Trocar mensagens picantes é uma forma de aproximar o casal e não deixar a relação esfriar devido à distância

“Nada de deixar a vida sexual de lado e focar apenas no problema. Pelo contrário, é importante que nesse momento o casal permaneça mais unido do que nunca”, pontua ao Delas. Segundo ela, o pilar da sexualidade é fundamental para isso. 

“Quando eu falo em sexo não é apenas o ato sexual. É o toque, olhar e conquista. É o quanto você desperta desejo no outro e o quanto o outro desperta desejo em você. E isso pode ser trabalhado mesmo que a distância”, complementa. 

Ela ainda acrescenta que quando o sexo está bom, o casal tem mais cumplicidade para lidar com outras questões da vida. Por isso é tão importante cuidar desse pilar, mesmo à distância. 

Pensando isso, a pedido do Delas, Rosangela listou algumas maneiras criativas para o casal conseguir receber e dar prazer nesse período de quarentena. São formas de  apimentar a relação e até de fazer sexo virtual . Confira:

Conheça o seu corpo

A terapeuta fala que é antes de qualquer coisa você precisa dar prazer a si mesma e isso acontece ao conhecer o próprio corpo para descobrir o que mais te agrada na hora no sexo. 

“No próximo banho que for tomar, deslize as mãos suavemente pelo corpo e perceba os pontos que mais te dão prazer e onde você gosta de ser tocada. Assim você vai poder ajudar o seu parceiro a entender mais sobre você e os seus desejos”, ensina. 

Ela também fala que esse é um bom momento para entender que o seu corpo é perfeito exatamente do jeito que nenhuma marca ou dobra, por exemplo, diminui o seu prazer ou tesão do outro. “Quando mais você se conhece, mais consegue se entregar no sexo, tanto virtual, quanto presencial”, completa.

Leia também: Minha primeira masturbação: passo a passo para se conhecer e chegar ao orgasmo

Mais criatividade e menos vergonha

Criatividade é o segredo do sexo virtual. Rosangela diz que esse é o ponto que vai ajudar o momento ficar realmente picante. Ela aconselha deixar a vergonha de lado e aproveitar cada instante que você compartilha com o outro. “Deixe que o seu lado criativo aflore para que você consiga visualizar e imaginar muitas situações”, sugere. 

Troque mensagens picantes

Ao deixar a vergonha de lado e se entregar para a criatividade você consegue apimentar a relação com mensagens eróticas. “As mensagens picantes ajudam o casal a imaginar coisas. Com essa imaginação solta, tem mais vontade ainda de dividir momentos quentes”, pontua. 

Contos e filmes eróticos

Contos e filmes eróticos também podem aproximar o casal. A terapeuta fala que o casal pode combinar de ler uma história ou assistir o mesmo filme, o que vai despertar a libido, além de deixar os dois mais criativos. 

Faça chamadas de vídeo

Muita gente recorre ao famoso “nude” para aproximar nos momentos de distância. No entanto, é válido lembrar que fotos e vídeos sensuais podem ser gravados e vir à tona em algum momento. Tenha cuidado! Uma alternativa sugerida por Rosangela é fazer uma ligação sensual em vídeo. Os dois podem, por exemplo, tomar banhos juntos. 

Masturbação guiada

A masturbação já foi sugerida anteriormente como forma de conhecer o próprio corpo, mas a prática também pode envolver a outra pessoa nesse momento em que estão longe. Vocês podem combinar de fazer uma ligação e um coordena o que o outro faz. Essa também é uma oportunidade para dizer o que gosta na hora do sexo. 

Leia também: Como falar de sexo com o parceiro?

Brinquedos eróticos

Você sabia que existem brinquedos eróticos que podem ser controlados à distância por aplicativos de celular. Assim, é possível que mesmo longe outra pessoa mude a intensidade e velocidade. Mais uma forma de aproximar o casal enquanto se proporciona prazer. 

Se entregue!

Para finalizar, Rosangela dá uma dica simples: se entregue. “Fale tudo o que vem à tua mente, sinta todas as sensações e no final de todo esse sexo virtual e à distância, goze. Aprenda que além de dar prazer, você pode sentir prazer . Isso vai te fazer muito bem”, encerra

    Veja Também

      Mostrar mais