Para muita gente, carnaval é sinônimo de liberdade e pegação. É uma festa para conhecer gente nova e se entregar às experiências. Nesses momentos, é comum que o beijo esquente, o casal se empolgue e aquela ficada no bloquinho se transforme em sexo casual. Quando isso acontece, é interessante ter algumas “cartas na manga” para aproveitar a relação da melhor forma.

Leia também: Veja dicas para arrasar na paquera durante o carnaval

casal se beijando arrow-options
shutterstock
O beijo de carnaval ficar mais intenso e se transformar em sexo casual, a famosa 'rapidinha'

Para te ajudar a curtir a famosa ‘ rapidinha ’ de carnaval, listamos algumas dicas para apimentar o momento, as melhores posições sexuais e cuidados em relação à saúde. 

Rapidinha perfeita

Como o nome já diz, a ideia da rapidinha é ter prazer sem muita “burocracia”, ou seja, sexo casual sem se alongar muito ali. Em entrevista prévia ao Delas, Cátia Damasceno, especialista em relacionamentos e sexualidade, dá algumas dicas para deixar a rapidinha ainda melhor. Confira:

  • Relaxe

Sabemos que a adrenalina fica alta nessas horas, principalmente porque nem sempre o casal está em um local adequado fazendo sexo. Às vezes recorrem ao banheiro, carro, escada de incêndio etc. No entanto, cuidado para não deixar que isso se transforme em estresse. Curta o momento!

  • Preliminares são importantes

Engana-se quem pensa que sexo rápido significa apenas penetração. “Explore o corpo do parceiro, estimule o sexo oral ou outro tipo de brincadeira para que o momento fique mais intenso, e não se limite ao básico”, fala a especialista.

  • Cuidado para não ser tão rápido

“Sexo rápido não significa de má qualidade, então aproveite para tomar aqueles dez minutinhos de toque e estímulos para não transformar a atividade em uma ejaculação precoce”, aconselha.

Leia também: Sexo casual no carnaval: dicas para curtir a pegação sem se decepcionar

Melhores posições

Sexo de carnaval nem sempre acaba em casa. Muitas vezes, os casais precisam encontrar um lugar alternativo para curtir o momento e apostam em posições sexuais mais “práticas”. Inspire-se em algumas posições para experimentar na folia:


Cuidados

A pegação também exige responsabilidade. Dados do Quinto, aplicativo de opinião pública, revela que mais da metade das pessoas não leva preservativo para o carnaval – o que é extremamente perigoso. A camisinha é o único método contraceptivo que também protege contra infecções e doenças sexualmente transmissíveis, as ISTs e DSTs.

Esqueça aquela velha ideia de o homem é o responsável pela camisinha. Deixe a vergonha de lado, compre alguns preservativos e leve com você para o carnaval. Assumir essa responsabilidade é sinônimo de independência!

Vale lembrar que há distribuição gratuita de camisinhas em postos de saúde, terminais de ônibus e outros pontos públicos. Clique aqui para mais dicas sobre o uso da camisinha no carnaval .

Além disso, muita atenção em relação ao lugar escolhido para fazer sexo. Cuidado com banheiros e outros espaços compartilhados! A higiene é fundamental para garantir uma rapidinha segura para todos os envolvidos.

    Veja Também

      Mostrar mais