Tamanho do texto

O Delas indicou 30 posições sexuais diariamente para você apimentar as coisas; última sugestão visa incentivar carinho entre você e seu parceiro

Para apimentar as coisas na cama e não deixar a chama da paixão se apagar, alguns casais criaram na web o desafio dos 30 dias de sexo: fazer sexo durante 30 dias seguidos sempre inovando de alguma forma, testando por exemplo uma posição sexual nova ou transando em um local diferente.

Leia também: Melhora da memória está entre os benefícios do sexo, aponta estudo

Para o último dia do desafio, separamos uma posição sexual mais carinhosa, que promete unir e aumentar a intimidade
shutterstock
Para o último dia do desafio, separamos uma posição sexual mais carinhosa, que promete unir e aumentar a intimidade


O Delas se propôs a ajudar, indicando uma posição sexual diferente por dia ao longo de toda a duração do desafio para as mulheres testarem com seus parceiros, sempre com proteção, respeito e consentimento, a fim de estimular a intimidade entre os casais.

Apesar de esta ser a última pose do desafio , você pode começá-lo quando quiser, basta cumpri-lo por 30 dias. Lembrando que as nossas sugestões de posição sexual não precisam ser seguidas à risca. Você pode realizá-las como preferir ou mesmo buscar outras e até pular um dia ou outro quando faltar disposição ou vontade. O mais importante é se divertir!

Confira aqui a lista completa de posições e participe!

Para o último dia do desafio, separamos uma posição sexual mais carinhosa, que promete unir e aumentar a intimidade do casal, o que é benéfico não apenas para o relacionamento, mas para melhorar a qualidade do sexo. Assim, não tenha vergonha de experimentá-la com seu parceiro, seja ele de longa data ou apenas do momento - afinal, sexo deve ser bom sempre!

30º dia - “Posição do abraço”

A
Renato Munhoz (Arte iG)
A "posição do abraço" é mais carinhosa e, por isso, aumenta a intimidade entre o casal


Nesta pose, o homem se senta na cama com as pernas esticadas. A mulher se encaixa no colo dele, virada para ele, com as pernas esticadas de forma confortável, para ocorrer a penetração. O importante nessa posição é o contato físico, então o encaixe deve ser bem próximo, para que o casal consiga se abraçar durante o ato.

Para quem ela é boa?

Esta posição promete agradar todos os gostos, pois permite que a penetração ocorra de várias formas diferentes: mais ou menos profunda, mais ou menos rápida, além de que tanto o homem quanto a mulher podem controlar o ritmo.

Leia também: 50 perguntas sobre sexo respondidas por especialistas

Para mulheres com dificuldade de atingir o orgasmo apenas pela penetração, vale ir um pouco mais devagar, com movimentos de cintura circulares. É importante que ela controle o ato para que, durante esse momento, o parceiro consiga estimular seu clitóris.

Já para as mulheres que preferem penetração mais profunda, é indicado flexionar levemente os joelhos, apoiando os pés na cama, para conseguir se impulsionar com a ajuda das pernas durante a penetração - segurando o parceiro pelo pescoço, por exemplo, para manter o equlíbrio durante o balanço. O homem também deve ficar com as pernas mais abertas e os joelhos um pouco mais dobrados, para permitir o movimento. Ele ainda pode ajudar a parceira empurrando e puxando seu quadril.

Estímulo extra

Como a intenção da “posição do abraço” é promover intimidade, nada melhor do que uma sessão caprichada de preliminares entre você e seu parceiro, cheia de carícias e carinhos quentes. A dica para isso, segundo Celine Kirei, Carlos Kadosh e Celso Marzano no livro “Performance Sexual - O Poder do Sexo”, é concentrar-se ao máximo na pessoa que está com você.

Preliminares mais sofisticadas prolongam o ato sexual, escrevem os autores. “Para a mulher, os estímulos e carícias estendidas nas preliminares asseguram mais receptividade e capacidade de entregar-se ao prazer. Para o homem, a resposta sexual será ampliada pela postura de se concentrar ao máximo no prazer da parceira”, dizem.

Para apimentar as coisas, você pode experimentar comidas afrodisíacas. Morangos e calda de chocolate são uma excelente pedida. Brinque de passar fios da calda pelo seu corpo ou do parceiro e então removam a calda com lambidas sensuais.

Já durante a penetração, que tal testar alguns brinquedos eróticos? O anel peniano, por exemplo, é ótimo para manter a ereção do homem durante mais tempo ao mesmo tempo em que estimula o clitóris da mulher com sua ponta vibratória.

Leia também: Tudo que você precisa saber (e ninguém te conta) sobre as preliminares

Ainda pensando no pênis, existem capas penianas, que aumentam o diâmetro e mudam a textura do membro, gerando diferentes sensações na mulher, e já existem alguns modelos com estimuladores de clitóris embutidos.

Outra possibilidade é o plug anal, para quem gostar ou quiser experimentar algo diferente. O plug é um vibrador específico para o ânus, feito com uma base para que ele possa ser removido com facilidade. Ele é ideal principalmente para casais que estão a fim de experimentar o sexo anal, mas têm medo de que machuque, pois os plugs vêm em diferentes tamanhos para você e seu parceiro (que também pode usá-los) irem provando e avançando até passar para a penetração de fato. Nesse caso, é importante lembrar de higienizá-los corretamente e passar bastante lubrificante - sempre à base de água.

Mas os brinquedos não são tudo: nesta posição, as mãos ficam livres. Encoraje seu parceiro a acariciar seus seios ou mesmo seu clitóris, se o movimento permitir, para sensações mais intensas. Enquanto isso, você pode estimular as zonas erógenas dele, como o pescoço, as orelhas e as costas.

Aproveitando que é uma posição sexual em que vocês podem variar o ritmo, indo mais rápido ou mais devagar, tente incorporar alguns movimentos de pompoarismo. Procure contrair e relaxar a vagina rápida e continuamente. Seu parceiro pode fazer o mesmo com o pênis dele.

O sexo não acaba com o fim da penetração. Celine, Carlos e Celso, em seu livro, falam sobre a importância de expressar afeto após a relação sexual, ainda que o parceiro não seja fixo ou seja alguém com quem você não tem tanta intimidade emocional. Beijos e outros carinhos não são necessariamente sinal de amor, mas são, sim, sinais de que você se importa com o bem-estar do outro e que você o valoriza.

Leia também: Descubra quais são as melhores preliminares para a hora do sexo anal

Tem alguma dúvida sobre sexo, sexualidade, sobre a posição sexual sugerida ou até alguma outra? Entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br e nós trazemos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas