Pílula anticoncepcional
shutterstock
Pílula anticoncepcional




Instabilidade emocional, depressão, diminuição ou perda da libido, enxaqueca, náusea, dor nas mamas, sangramento uterino inesperado, sangramento vaginal, acne, alterações de peso, inchaço… e a lista continua. Quem já parou para ler a bula do  anticoncepcional  provavelmente se perguntou se valia a pena continuar tomando. Mas como será que o corpo reage ao interromper o uso dos contraceptivos orais?


Se você apresentou algum desses sintomas ou está pensando em interromper o uso da pílula anticoncepcional, não deixe de consultar sua ginecologista. Se você tem curiosidade em saber o que costuma acontecer no corpo quando o suprimento dos hormônios da pílula são interrompidos, confira os relatos de cinco mulheres que já passaram por essa experiência. Os relatos descrevem reações, como acne e aumento do fluxo menstrual. Contudo, todas as entrevistadas parecem satisfeitas com a decisão.

Xô, varizes!

"Comecei aos 15 anos, como um tratamento para ovários policísticos. Durante o uso do anticoncepcional ganhei peso, senti muita cólica e TPM. Minha circulação foi prejudicada, o que acabou resultando em varizes nas pernas. Parei por volta dos 25 anos por causa de todos esses efeitos, mas principalmente pelas varizes. Tenho histórico de trombose na família (minha mãe). Depois que fiz a cirurgia para retirá-las, parei a pílula e passei a usar DIU. Mesmo com um pequeno aumento no fluxo, minha experiência de parar o AC está sendo ótima, me sinto muito bem. Tenho muito menos TPM e cólica do que quando tomava pílula. Minha libido também melhorou muito".

Paula Dias de Carvalho, 36 anos, terapeuta

Você viu?

Terror da médica

"Aos 19 anos minha ginecologista praticamente me obrigou a tomar pílula. Naquela época, eu usava camisinha tranquilamente, mas ela fez minha cabeça. Toda vez que chegava ao consultório ela dizia "a menina que não toma anticoncepcional". Colocou tanto terror que eu não queria engravidar, então comecei a tomar. Sentia náuseas, dor de cabeça, dores nos seios, perda de libido, amenorreia [ausência de menstruação], mau-humor e retenção de líquido. Há 3 meses decidi parar.

Eu me acostumei desde o primeiro dia sem o AC, detesto tomar remédio. Meu corpo está se acostumando bem, apareceram algumas acnes e meu humor ficou bem instável no primeiro mês. Mas, desinchei e não sinto mais dores de cabeça com frequência. Eu nem lembro que tomei anticoncepcional por tanto tempo na minha vida".

- Danielle Ribeiro dos Santos, 31 anos, professora 


Ganho de peso 

"Tomei anticoncepcional por dez anos, dos 23 aos 33 anos, para  “tratar” da síndrome dos ovários policísticos. Sofria muito de enxaqueca. Há um ano decidi parar. As dores de cabeça diminuíram, mas ganhei muito peso. Ainda estou vendo como meus ovários vão reagir".

- Fernanda Tanaka, 34 anos, psicóloga

Olá, libido!

"Comecei aos 17 anos, pois estava pensando em iniciar minha vida sexual. Minha pele ficou muito boa, mas eu tive uma ferida no colo do útero, causada pelo uso de hormônios. Minha libido praticamente morreu. Tive que cauterizar duas vezes a ferida no colo do útero e parei de tomar logo em seguida, aos 19 anos. Após parar tive bastante acne, desequilíbrio emocional, queda de cabelo. Eu tive muita cólica e sangramento bem intenso. Lembro de ir para uma aula de duas horas e o absorvente encharcar nesse tempo. 

Após algum tempo, meu corpo se acostumou a ficar sem AC. Tenho espinhas em períodos específicos do mês. Meu fluxo reduziu muito e quase não sinto mais cólica. Foi muito bom sentir a minha ovulação e o período fértil de novo e o melhor: agora eu tenho libido!"

- Júlia Oliveira de Souza, 24 anos, estudante


Rosto cheio de espinhas

"Comecei aos 22 anos, para evitar gravidez, mas até meu corpo adaptar tive muitos enjoos, sempre tomava no horário antes de dormir para não sentir tanto. Tive uma série de escapes e hemorragias, fiquei mais de 20 dias sangrando. Além de outros sintomas como inchaço, retenção de líquido, dificuldade em manter e ganhar massa magra.

Parei o AC há mais ou menos 4 meses, porque fiz laqueadura. Tive um grande problema com acne, minha pele ficou super oleosa, cheia de espinhas e cravos no rosto, pescoço e costas. Antes de iniciar AC eu nunca tinha tido nesse nível tão grave. Mas agora que percebo o corpo terminando de se desintoxicar, é uma maravilha! Minha menstruação está voltando à normalidade". 

- Mayara Parise, 25 anos, bióloga

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários