Tamanho do texto

Eliminar a gordura localizada no abdômen e tonificar os músculos com o metabolismo mais lento por conta da idade não é impossível; veja as dicas

Dar adeus às gordurinhas nem sempre é fácil, e o processo fica ainda mais lento depois dos 50 anos. Ao Delas , Bruno Takatsu, nutrólogo especialista em emagrecimento da clínica boutique Hōraios Estética, explica que o acúmulo de gordura da região abdominal tende a aumentar conforme os anos passam, e isso pode ocasionar a dificuldade em perder barriga.

Leia também: Exercícios físicos após os 50: veja os benefícios e 5 sugestões para testar

como perder barriga depois dos 50 arrow-options
shutterstock
Devido ao metabolismo mais lento e às alterações hormonais, perder barriga após os 50 pode ser mais complicado

"O metabolismo tende a ficar mais lento com o passar dos anos. Além disso, passamos a nos movimentar menos, o que faz com que acabe acumulando gorduras localizadas em diversas regiões", diz ele. As áreas mais afetadas, em geral, são os braços e o abdômen.

Nós já indicamos  exercícios para acabar com a flacidez nos braços e ensinamos a ter um bumbum lindo após os 50 , agora vamos mostrar como perder barriga  nessa fase sem sofrimentos.

O que faz surgir a flacidez na barriga?

como acabar com a flacidez na barriga após os 50 arrow-options
shutterstock
Perder peso depois dos 50 anos exige alguns cuidados, em especial com a pele, para evitar a flacidez

Antes das dicas, porém, vale destacar os fatores que contribuem com a indesejada barriga flácida após essa idade. Segundo Takatsu, há muitas razões para isso. "O primeiro de todos é a falta de musculatura hipertrofiada nessa região. A maioria das pessoas acredita que a flacidez tem ligação só com a pele, porém, se trata da falta de musculatura na área", esclarece.

"Claro que também existem fatores relacionados à pele como a deficiência de colágeno, que é muito comum na terceira idade. Também existem outros fatores como o excesso de gordura subcutânea ou gordura visceral", acrescenta o nutrólogo.

Como perder barriga e eliminar a flacidez

como perder barriga depois dos 50 arrow-options
shutterstock
Praticar exercícios aeróbicos, como pedalar, caminhar e dançar, ajudam a "ativar o metabolismo"

Além das alterações hormonais e metabólicas, pessoas com 50 anos ou mais podem sofrer com problemas na absorção de vitaminas e de minerais, que contribuem com o surgimento da gordura localizada.

Por isso, um dos antídotos mais eficazes contra o acúmulo de gordura e a flacidez é o combo alimentação balanceada, atividades físicas e avaliações médicas com frequência.

Para acabar com a gordura localizada no abdômen, Bruno Takatsu orienta a prática de abdominais para "fortalecer a região" e exercícios aeróbicos, como caminhar, pedalar e dançar, que têm a função de "ativar o metabolismo".

"Porém, não adianta realizar os exercícios se não existir um esforço para baixar o percentual de gordura da região. Para isso, é preciso que além dos exercícios físicos se tenha cuidado com a ingestão calórica por meio de uma dieta equilibrada", alerta o especialista.

perder barriga arrow-options
shutterstock
O nutrólogo afirma que muitas pessoas sofrem com a gordura localizada, independentemente da idade

No caso de pessoas que não se sentem dispostas a praticar atividades físicas ou não podem restringir muito a alimentação, o nutrólogo aconselha a seguir a dieta "mais saudável possível" e tentar realizar exercícios em casa, como abdominais, polichinelos, agachamentos e flexões que, segundo ele, ajudam a fortalecer a musculatura.

Bruno Takatsu comenta que é comum ouvir pessoas reclamarem da dificuldade de combater a pele flácida e de perder gordura , e ressalta que o problema pode aparecer em qualquer idade. "O que eu sempre recomendo é procurar um médico especialista, uma nutricionista e um bom educador físico que vai ajudar a conquistar ótimos resultados, mas é preciso foco e acompanhamento adequado", finaliza.