Tamanho do texto

Esses alimentos e bebidas, segundo especialista em emagrecimento, dificultam a perda de peso. Saiba quais são as alternativas para substituí-los

Para emagrecer rápido é preciso fazer alguns esforços, como abrir mão de alimentos que prejudicam a queima de gordura e aderir a uma dieta mais regrada. Outro ponto é ficar atento aos produtos que parecem saudáveis, mas que podem acabar atrapalhando a jornada da perda de peso.

Leia também: Pipoca emagrece? Pode fazer parte da dieta? Como deixá-la mais saudável?

emagrecer
shutterstock
Consumir esses alimentos pode não ser uma boa ideia se a sua intenção é emagrecer rápido. Saiba quais são eles


Há alimentos que funcionam como sabotadores de dietas como a low carb, em que o objetivo é emagrecer . O especialista em emagrecimento, Rodrigo Polesso, que também é idealizador do site “ Emagrecer de Vez ”, diz que esses produtos são ricos em glicose, substância que estimula a produção de insulina.

A insulina tem a missão de controlar a glicose no sangue, mas também pode bloquear a queima de gordura. Esse impedimento gera aumento no estoque de gordura no corpo e, consequentemente, eleva o peso.

Polesso conta que alguns alimentos populares são amplamente recomendados, entretanto contribuem com a ação da insulina em excesso e dificultam a perda de peso.

Pães feitos com farinha de trigo

pães
shutterstock
Ele afirma que pão, integral ou não, não ajuda a perder peso, e indica o consumo de pães de farinhas de oleaginosas


O especialista afirma: integral ou não, o pão não colabora com o emagrecimento. “Não é segredo para ninguém que pão colabora para o ganho de peso e deve ser evitado”, declara. Ele explica que o alimento tem farinha de trigo em sua composição, e trigo é, basicamente, amido. Depois do processo de digestão, o trigo se transforma em açúcar no sangue.

Para substituir esse alimento, ele sugere pães feitos com farinhas de oleaginosas, como é o caso da farinha de amêndoa e da farinha de coco.

Sucos de frutas

suco de frutas
shutterstock
O açúcar presente nos sucos de frutas, por mais que seja natural, não colabora com a perda de peso


Polesso vai na contramão de muitos especialistas e garante que o suco de frutas não ajuda a perder peso . “É fisiologicamente impossível que açúcar, natural ou não, promova a queima de gordura”, enfatiza ele.

A laranja, uma das frutas mais escolhidas para fazer sucos, é composta basicamente por açúcares, ou seja, carboidratos. Para Polesso, é melhor comer a fruta ao invés de tomar o suco, e dar preferência àquelas que possuem baixo índice glicêmico.

Além disso, água com gás ou água saborizada com limão, por exemplo, também podem ocupar o lugar dos sucos, porém com moderação. “O objetivo é não ter bebida doce toda refeição para não criar uma espécie de vício com este hábito”, acrescenta.

Leia também: Como aumentar o consumo de alimentos com fibras e ainda emagrecer?

Café e chá com açúcar

café e chá
shutterstock
O café e o chá, para não prejudicarem a alimentação, devem ser adoçados com adoçantes, não açúcar


O alerta para o café e o chá serve para quando essas bebidas são adoçadas com açúcares brancos, de coco, demerara e mel, por exemplo. Para dar um gosto doce ao chá e o café, o especialista aconselha a substituir o açúcar por adoçantes sem calorias, como o eritritol e a stévia.

Apesar disso, Polesso ressalta a importância de tomar bebidas puras. “Ao acostumar o paladar com o gosto doce, acabamos ficando reféns desse hábito. É sempre melhor controlar o seu gosto por doce do que ser controlado por ele”, pontua.

Tapioca

tapioca
shutterstock
Tapioca não é recomendada para quem quer emagrecer, mas pode ser eficaz na manutenção do peso


A tapioca, tal como o pão, é uma fonte de energia, mas não de nutrientes, e se torna ainda mais prejudicial para perder peso quando é consumida com outras formas de gordura.

“Trata-se de uma questão de prioridade metabólica: o amido (glicose) será transformado em energia antes pelo corpo e a gordura consumida junto será estocada em velocidade recorde”, esclarece Polesso. Para substituir, ele aconselha omeletes ou panquecas de farinha de amêndoa.

Embora não seja recomendada para quem quer emagrecer rápido , a tapioca pode fazer parte de dietas. “Não se trata de um alimento tóxico e pode ser muito bem-vinda no estilo da alimentação forte, desde que a pessoa tenha como objetivo simplesmente a manutenção do peso”, reforça.

Barrinha de cereal

barrinha de cereal
shutterstock
Polesso declara que barras de cereal são "terríveis" e indica o que pode substituir o alimento na rotina


O especialista salienta que juntar grãos integrais e barras de cereal e vincular à ideia de emagrecer está errado. “A ingestão de algumas delas pode até fazer a pessoa engordar mais do que se tivesse comido uma barra de chocolate”, diz.

Leia também: Não consegue perder peso? Veja 5 motivos que podem explicar essa dificuldade

Ele explica a afirmação e expõe que esses alimentos são adoçados e os cereais que também estão na composição são amidos, ou seja, açúcar. Para Polesso, as barrinhas de cereais são muito prejudiciais, e podem ser trocadas por nozes, amêndoas, avelãs e pedaços de coco. ­­­