Tamanho do texto

Alguns hábitos simples que fazem parte do seu dia a dia podem estar impedindo você de alcançar os resultados desejados com a dieta; saiba mais

Sua dieta parece estar equilibrada, você faz exercícios, mas os resultados estão demorando tanto para aparecer... Logo passa pela sua cabeça a seguinte frase: "Não consigo emagrecer". E agora, o que fazer? Onde está o erro? 

É vítima da frase
shutterstock
É vítima da frase "Não consigo emagrecer"? Esses maus hábitos podem ser o problema

Leia também: 5 hábitos que fazem você comer demais e como deixá-los de lado para perder peso

Quem vive o dilema do " não consigo emagrecer " pode ter alguns hábitos que parecem inofensivos, mas que estão impedindo a perda de peso esperada. É como diz a estrategista de emagrecimento Mari de Chiara: "Milagres não existem quando o assunto é emagrecimento. Se a pessoa não muda hábitos nocivos, inevitavelmente, volta a engordar". 

Portanto, rever o que faz no dia a dia além das dietas e exercícios pode ser a chave para obter os melhores resultados. Veja quais são esses hábitos que podem impedir o emagrecimento: 

1. Bebo alguma coisa durante as refeições e não consigo emagrecer

Hábito ruim que contribui para a frase
shutterstock
Hábito ruim que contribui para a frase "não consigo emagrecer": ingerir líquido durante as refeições

Esse é um hábito muito comum, às vezes passado de geração para geração. Sempre que vai sentar para almoçar ou jantar, há um copo de líquido para acompanhar, e muitas vezes trata-se de bebidas açucaradas, como sucos industrializados ou refrigerantes. 

Por mais que seja tentador pedir uma bebida para acompanhar a refeição, cuidado com esse hábito. "Beber água ou líquidos durante as refeições estimula o aumento do volume do estômago, o que faz com que você tenha vontade de comer mais”, explica Mari. 

Se já está acostumado a fazer isso e quer mudar, a estrategista, uma das responsáveis pelo método de emagrecimento Afine-se, indica ir aos poucos. Uma sugestão é trocar o momento da ingestão do líquido. Se antes bebia ao longo da refeição, deixe para isso no final. 

Tente chegar a 100 ml de água após o almoço ou jantar, por exemplo. Aos poucos, tente reduzir essa quantidade até se livrar completamente do hábito. 

2. Não bebo muita água e não consigo emagrecer

Hábito ruim que contribui para a frase
shutterstock
Hábito ruim que contribui para a frase "não consigo emagrecer": não beber água

E já que o assunto são as bebidas, vale ressaltar a importância da água no emagrecimento . O corpo precisa estar bem hidratado para funcionar da maneira adequada e, consequentemente, ocorrer a perda de peso.

A ingestão de água também ajuda o organismo a absorver de forma correta nutrientes dos alimentos. É o caso das fibras, por exemplo. Elas trazem saciedade e, geralmente, a dieta para perder peso conta com diversos alimentos ricos em fibra. Entretanto, sem uma boa hidratação, essa alimentação tratá problemas. 

Como já foi apontado em outras reportagens do Delas, algumas fibras são chamadas de solúveis, ou seja, absorvem a água presente no intestino. Se o corpo não está hidratado da maneira correta, há um efeito rebote.

"Para as células não ficarem sem água o corpo acaba reabsorvendo a água que está presente no intestino, deixando as fezes mais ressecadas, o que leva a constipação", diz Carla Santos. nutricionista da Clínica NutriCilla em entrevista prévia. Saiba mais detalhes sobre a  importância da água e das fibras na dieta. 

Outro ponto é que a ingestão adequada de água ajuda a diminuir o  inchaço causado pela retenção de líquido e ainda contribui para o corpo elimine toxinas. 

A quantidade ideal de água por dia depende de cada um e também da rotina da pessoa. Quem faz atividade física, por exemplo, deve ingerir mais água para se manter hidratado. Em linhas gerais, Mari de Chiara tem uma regra: 

"Beber diariamente 35ml para cada quilo. Uma pessoa que pesa 60 quilos, por exemplo, deve beber cerca de 2 litros ao longo do dia", comenta a estrategista em emagrecimento. 

3. Não tomo café da manhã e não consigo emagrecer

Hábito ruim que contribui para a frase
shutterstock
Hábito ruim que contribui para a frase "não consigo emagrecer": pular o café da manhã

Para algumas pessoas, essas duas ações podem estar relacionadas. Como ressalta Mari de Chiara, deixar de se alimentar pela manhã faz com que o corpo não fique preparado para o dia. O resultado é que a pessoa pode se sentir cansada e sem energia. 

Fazer a primeira refeição do dia tem várias vantagens. "Tomar um bom café da manhã repõe as energias depois de uma noite de sono e impede que você coma exageradamente no almoço, por exemplo", destaca a profissional. 

E um bom café da manhã quer dizer uma refeição equilibrada. Se exagerar e, por exemplo, abusar de alimentos refinados ou industrializados, também vai sentir com a ideia do "não consigo emagrecer". 

Uma sugestão é incluir na primeira refeição do dia bons carboidratos - os integrais, que são ricos em nutrientes e fazem com que tenha a sensação de saciedade por mais tempo -, gorduras boas, fibras e proteínas. 

Leia também: Qual o café da manhã ideal para quem quer emagrecer? Nutricionistas respondem

4. Sempre tenho uma distração na hora da refeição e não consigo emagrecer

Hábito ruim que contribui para a frase
shutterstock
Hábito ruim que contribui para a frase "não consigo emagrecer": comer sem prestar atenção ou mastigar direito

De acordo com a estrategista de emagrecimento do Afine-se é preciso prestar atenção às refeições - do momento de planejar o que vai colocar no prato à hora da refeição em si. 

Quem não planeja o que vai comer, por exemplo, pode até saber quais os melhores alimentos da dieta, mas pode ser perder na quantidade e acabar com um prato com muito mais carboidrato que o necessário e bem menos proteína. Portanto, atenção ao montar o prato. 

Essa dica vale também para quem costuma fazer as refeições fora de casa. "Uma dica para quem come em restaurantes por quilo é observar o que há disponível, planejar a refeição e depois entrar na fila para pegar os alimentos", sugere Mari de Chiara. 

Se comer em casa, a ideia da profissional é planejar as compras da semana, assim garante que sempre terá à disposição frutas, verduras e legumes.

E mais uma dica vale para ambos os casos: "Também vale a pena escolher um prato pequeno para servir a comida. Pratos muito grandes disfarçam o tamanho das porções e a pessoa nem percebe que exagerou", completa Mari de Chiara. 

Entretanto, não fique apenas no planejamento e na montagem do prato. Preste também atenção ao momento da refeição. Desligue a televisão ou outro aparelho que a distraia, por exemplo. Parte do "não consigo emagrecer" pode ser resultado da maneira como você se comporta nas refeições. 

"Você deve se alimentar com calma para que seu organismo entenda exatamente quando está saciado”, indica a especialista. 

Prestar atenção na alimentação e na mastigação também ajuda a não cometer exageros e, consequentemente, engordar. De acordo com um estudo da Universidade de Surrey, na Inglaterra, divulgado pelo Journal of Health Psychology, manter o foco na comida durante as refeições provoca maior sensação de saciedade.

5. Não durmo direito ou durmo pouco e não consigo emagrecer

Hábito ruim que contribui para a frase
shutterstock
Hábito ruim que contribui para a frase "não consigo emagrecer": dormir pouco

O sono de má qualidade pode ser um problema e tanto para o emagrecimento. Como lembra Mari de Chiara, dormir bem é fundamental para controlar níveis de grelina e leptina, hormônios que, respectivamente, regulam a fome e a sensação de saciedade.

Ou seja, quando isso está fora dos eixos, mais uma vez há grandes chances de cometer exageros na alimentação. Segundo a especialista, a pessoa, nesse caso, sempre vai achar que está com fome. 

Cada um necessita de uma quantidade de sono para dormir, recuperar o corpo e a mente e regular tais hormônios. O indicado, em linhas gerais, são 8 horas de sono por noite. Mari de Chiara defende que não ter uma rotina de sono adequada, com pelo menos 6 horas por noite, atrapalha a perca de peso. 

O que ajuda a emagrecer de fato

Para fugir do
shutterstock
Para fugir do "não consigo emagrecer", procure um especialista, siga boa alimentação e cuidado com as dietas da moda

Como já disse a estrategista de emagrecimento, não há milagres na questão da perda de peso. Portanto, para conseguir bons resultados, além de se atentar para esses hábitos citados, é importante consultar um especialista e montar um plano alimentar para você. 

O que não faltam são dietas da moda e que prometem resultados rápidos. Algumas até podem dar certo, mas devem ser vistas com cautela. Um exemplo recente foi um  desafio proposto pela cantora Jennifer Lopez no qual deveria passar 10 dias sem açúcar ou carboidratos. 

Ao Delas, Gabriela Cilla, nutricionista da Clínica NutriCilla, disse que não grandes riscos em seguir tal desafio e ele ainda pode ajudar a "secar" às vésperas de uma festa ou grande evento. Mas tudo isso porque a ideia é ficar pouco tempo em uma dieta tão restritiva. 

"Tem gente que faz dieta restritiva, como a low carb, por mais de 15 ou 20 dias, e isso já constitui um tempo muito longo. Nesse período a pessoa desenvolve essa compulsão alimentar", afirmou a nutricionista.

E aí aparece um dos grandes problemas dessas dietas: a pessoa volta a comer muito mais e acaba engordando até mais do que conseguiu emagrecer. 

Nesse caso, além de sofrer com a frase " não consigo emagrecer ", pode encarar o "não consigo manter o peso e volto a engordar". Por isso um bom caminho é procurar um especialista e aliar a dieta a uma atividade física. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas