Tamanho do texto

Será que a dieta keto pode fazer com que o corpo exale um cheiro ruim? Dúvida tem dominado Twitter e fóruns do Reddit recentemente

A dieta keto está cada vez mais famosa. São diversos os casos de pessoas que afirmam ter  eliminado muitos quilos ao seguir esse tipo de alimentação. Porém, recentemente, muitos adeptos dessa dieta foram às redes sociais reclamar de um efeito colateral inusitado. 

Seguidores da dieta keto reclamam que alimentação restrita causa mau odor na vagina
shutterstock
Seguidores da dieta keto reclamam que alimentação restrita causa mau odor na vagina

No Twitter e nos fóruns do Reddit, diversas mulheres estão reclamando que notaram um mau odor na vagina depois de um tempo seguindo a dieta keto  - ou dieta cetogênica, em português. O assunto está estampado em vários sites e jornais internacionais e está dando o que falar. Mas há mesmo alguma relação entre essa alimentação restritiva e os odores vaginais? 

Segundo reportagem da revista Women's Health, não há nenhum artigo científico que comprove essa relação. Entretanto, uma dieta tão cheia de restrições como é a cetogênica  pode causar alguns efeitos colaterais no corpo. 

Os seguidores dessa dieta consomem pouco ou nada de carboidrato, têm um controle na quantidade de proteínas ingeridas e um aumento na quantidade de gordura que consomem ao longo do dia. Com isso, a proposta é se sentir mais satisfeito, controlando a gula, e conseguir emagrecer rápido. 

Nessa dieta, a ideia é que o corpo use as gorduras, e não os carboidratos, como fonte de energia no chamado estado de cetose. Com isso, o corpo passa por processos químicos e produz mais cetonas e, de acordo com a revista norte-americana, isso pode fazer com que sejam liberados odores semelhantes ao de removedor de esmalte nas fezes e na respiração. 

Entretanto, a revista conversou com Jessica Shepherd, ginecologista de Dallas, nos Estados Unidos, que explica que o possível mau odor na vagina tem outra causa. A especialista diz que a dieta pode mudar o PH do corpo e também da região íntima, e isso causa um odor diferente. 

Ela diz ainda que esse efeito colateral insutado não é restrito a dieta keto. "Qualquer dieta [alimentação restritiva] pode mudar o PH vaginal", afirma a ginecologista. 

A revista diz ainda que alguns adeptos da dieta também reclamaram de uma coceira na virilha e na região íntima. Mais uma vez, de acordo com a publicação, não há nenhuma base científica que comprove essa relação. Ou seja, quem apresentar um sintoma como esse não deve culpar a alimentação e, sim, procurar um médico especialista.

Outros efeitos colaterais da dieta keto

A dieta keto pode ainda causar outros problemas, como sensação de gripe ou diarreia
shutterstock
A dieta keto pode ainda causar outros problemas, como sensação de gripe ou diarreia

 Apesar de dar um resultado rápido , essa dieta nem sempre é vista com bons olhos por especialistas. Segundo relatório anual elaborado por especialistas em alimentação dos Estados Unidos, ela é a pior quando o assunto é saúde. 

Leia também: Dieta cetogênica fica em último lugar em ranking de dietas; veja riscos

Além disso, há efeitos colaterais já conhecidos entre os adeptos do método, como a "gripe da keto". Isso na verdade não é uma gripe de fato, mas é comum a pessoa ter sintomas como se estivesse ficando resfriado ao começar a dieta restritiva.

Como o corpo sente falta dos carboidratos, muitos relatam dores de cabeça e dores no corpo, fadiga, tontura e náuseas. Isso pode durar de 24 horas e duas semanas enquanto o organismo se acostuma com o estado de cetose. 

A dieta também pode causar diarreia, já que segundo especialista consultado pela Women's Health, o aumento da ingestão de gorduras pode fazer com que as fezes fiquem mais líquidas que o usual. 

No final, vale ressaltar que é sempre importante consultar um nutricionista antes de começar um novo tipo de alimentação, ainda mais um tão restritivo como a dieta keto, ou os efeitos podem ser piores que os resultados.